Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > É Possível Viajar No Tempo?

É Possível Viajar No Tempo?

Categoria: Outros
É Possível Viajar No Tempo?

O futuro está sendo constantemente transformado em passado, com o presente durando apenas um instante. Tudo o que está sendo feito agora rapidamente vai para o passado, o que significa que continuamos a nos deslocar no tempo. Será esse o nosso limite de viagem no tempo?

No decorrer dos anos, muitos escritores e diretores tiveram ideias de diversos tipos de máquinas do tempo, porém ainda não foi construída nenhuma no mundo real. Acredita-se que as possibilidades de viagem no tempo se darão por meio de fenômenos naturais, que nos transportarão instantaneamente de um ponto para outro.

A viagem no tempo será feita, provavelmente, por meio de fenômenos naturais que nos transportarão instantaneamente de um ponto para outro. Há alguns fenômenos espaciais que, não sabemos ao certo se existem que são: Buracos negros , Buracos de minhoca e Cordas cósmicas.

De acordo com o físico teórico Nikodem Poplawski (2010), “Talvez os massivos buracos negros que existem no centro da Via Láctea e outras galáxias sejam portais para outros universos”.

Um tipo de buraco negro, que poderia ser utilizado como portal para viajar no tempo, são os buracos negros rotativos, propostos, em 1936, pelo matemático neozelandês Roy Kerr.

Nessa teoria, as estrelas que estariam morrendo colapsariam em um anel de nêutrons rotativo que produziria força centrífuga suficiente para impedir a formação de uma singularidade.

Entretanto, acredita-se que, caso existam os buracos de Kerr, talvez seja possível atravessá-los e sair num buraco branco. Esse buraco teria a função inversa à do buraco negro.

Portanto, em vez de atrair tudo que estiver ao alcance de sua força gravitacional para dentro de si, ele usaria algum tipo de matéria exótica com energia negativa para empurrar tudo para longe de si.
A forma mais famosa de matéria exótica, atualmente, é a misteriosa matéria escura.

Esse tipo de matéria, que instiga os cientistas da área, não emite luz. Trata-se de uma força misteriosa que age na gravidade, unindo as galáxias. Segundo o professor pesquisador do IFSC-USP, Luiz Vitor de Souza (2012): “É algo possível, mas não detectado pela teoria, pois é uma massa com características muito particulares, ou seja, suas partículas não se comportam como as partículas que temos aqui perto da Terra”.

Além disso, os buracos de minhoca enfatizam essa possibilidade de mobilidade espaço-temporal juntamente com os buracos negros. Esses buracos de minhoca servem de atalho levando em consideração a curvatura do espaço. Eles encurtam o espaço e promovem uma mobilidade instantânea. São buracos que funcionam na teoria, mas alguns físicos acreditam nas suas existências.

Assim, essa hipótese não está descartada, uma vez que sua teoria resume numa possibilidade de viagem no tempo e funciona. Entretanto, é sabido que, na prática, a sua possibilidade de existência se torna impossível com a atual física que temos.

Outra teoria, proposta pelo físico inglês Tom Kibble, é a das Cordas Cósmicas que se comportam como tubos extremamente finos e longos. Caso existam, elas teriam sido formadas na infância do Universo, após a explosão do Big Bang.

Essas cordas cósmicas gerariam uma enorme quantidade de atração gravitacional sobre quaisquer objetos que passassem perto delas. Os objetos presos a uma corda cósmica poderiam viajar a velocidades incríveis e, já que a força gravitacional delas distorce o espaço-tempo, elas poderiam ser usadas em viagens no tempo.

Contudo, tanto as possibilidades de viagens ao passado quanto as de viagens ao futuro provocam indagação no ser humano, tendo em vista a Física que ainda não foi “descoberta” para o tal avanço científico.

Assim como ainda não foi descartada nenhuma possibilidade, também não sabemos se todas essas possibilidades podem funcionar um dia, uma vez que na teoria tudo funciona.


Larissaalb.

Título: É Possível Viajar No Tempo?

Autor: Larissaalb. Larissaalb. (todos os textos)

Visitas: 0

327 

Comentários - É Possível Viajar No Tempo?

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Receptores digitais

Ler próximo texto...

Tema: TV HIFI
Receptores digitais\"Rua
Os receptores digitais são instrumentos que têm a função de receber sinal por via de canais digitais.

De acordo com a sua função, estes canais poderão ser satélite ou por cabo. Actualmente, já existem bastantes serviços de televisão por cabo que funcionam apenas com estes receptores, uma vez que é através deles que se consegue ter acesso não só aos canais de serviço, mas também a pacotes codificados.

O serviço de recepção de canais por satélite é um sistema independente para o qual é necessário ter um disco receptor satélite de modo a poder ter canais digitais fora dos serviços prestados pelos operadores de televisão digital.

Este instrumento permite que os próprios ecrãs sem tecnologia digital passem a usufruir desta através destes receptores. No entanto, a melhor qualidade só é garantida com um ecrã já com esta tecnologia.

Os receptores digitais permitem também aceder a uma multiplicidade de serviços, desde que devidamente configurados. Por exemplo, com estes receptores, é possível aceder a menus específicos de pausa de emissão para depois ser continuada, de serviços on-demand ou acesso a portais específicos, entre outros.

Esta pequena caixinha permite ao seu utilizador usufruir da televisão a um novo nível, de modo a que possa ter todas as comodidades no conforto do lar. 

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Receptores digitais

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    04-06-2014 às 06:53:28

    Gostei dos receptores digitais. Bom texto abordando isso.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios