Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Dopamina: O Hormônio Das Metas E Objetivos

Dopamina: O Hormônio Das Metas E Objetivos

Categoria: Outros
Visitas: 2
Dopamina: O Hormônio Das Metas E Objetivos

A dopamina é um neurotransmissor que, quanto ativada no cérebro, gera uma enorme felicidade e aquela sensação de bem-estar!

É ela que nos motiva a agir em direção a metas, desejos e necessidades, e dá um impulso reforçando o prazer quando atingimos essas metas.

Seu poder é tão grande que muitas pessoas até a desconhecem. Mas, o melhor é que ela age de forma positiva em nossas vidas e temos que nos beneficiar dela enquanto estamos vivos.

É a dopamina que pulsa os batimentos do nosso coração quando nos apaixonamos por alguém. E é bom demais, não?

A procrastinação, a insegurança e a falta de entusiasmo estão ligadas com baixos níveis de dopamina. Estudos feitos com ratos mostraram que aqueles que tinham baixos níveis de dopamina sempre optaram por uma opção fácil e buscavam menos alimentos; aqueles com níveis mais altos de dopamina exerciam um esforço necessário (e maior) para receber o dobro da quantidade de alimentos.

Divida em pequenas partes os seus grandes objetivos, pois isso não apenas permite que os nossos cérebros comemorem como fica mais fácil de chegar ao topo.

Podemos criar uma série de pequenas linhas no cérebro que acabam por liberar a dopamina. E isso é fundamental para realmente comemorar - comprar uma garrafa de vinho, ou ir de cabeça para o seu restaurante favorito, sempre que você conquistar aquele pequeno objetivo.

Em vez de ficar com uma ressaca de dopamina, crie novas metas antes de alcançar o seu atual. Isso garante um fluxo contínuo para experimentar a dopamina.

Como um empregador e líder, reconhecendo as realizações de sua equipe, por exemplo, o envio de um e-mail, ou dando um bônus, vai permitir que as pessoas que trabalham com você tenham um sucesso gigantesco de dopamina e vão aumentar no futuro a sua motivação e sua produtividade.

Tente estimular as pessoas sempre. Assim, elas poderão liberar esse hormônio e conseguirão atingir metas e objetivos. Uma pessoa motivada vai muito mais longe do que se pode imaginar.

Você também pode conquistar qualquer coisa quando ativa esse hormônio, a dopamina. Então, dê a si mesmo essa combustão de força e viva sempre melhor a cada dia de sua vida.


Yuri Silva

Título: Dopamina: O Hormônio Das Metas E Objetivos

Autor: Yuri Silva (todos os textos)

Visitas: 2

387 

Comentários - Dopamina: O Hormônio Das Metas E Objetivos

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios