Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > De encontro ao Tratado de Tordesilhas

De encontro ao Tratado de Tordesilhas

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Outros
De encontro ao Tratado de Tordesilhas

Na primeira viagem às Antilhas, Cristóvão Colombo contou com o apoio dos Reis Católicos, após um período de grande indecisão. Foi difícil angariar uma tripulação para a sua expedição com três caravelas: a Pinta, comandada por Martin Alonzo Pinzón, a Niña por Vicente Yañes Pinzón, e a Santa Maria por Colombo. A 3 de agosto de 1492, Colombo largou rumo às Canárias, onde chegou dia 9 de agosto. A 16 de setembro alcançou o Mar dos Saragaços. A 12 de outubro, atingiu, finalmente, São Salvador. A 16 de janeiro de 1493, chegou a Lisboa, onde foi muito bem acolhido pelo monarca português, D. João II, deixando este bem claro que aquelas terras lhe pertenciam. A 15 de março, estava em Sevilha, e rumou de encontro aos Reis Católicos, que estavam em Barcelona. ~

Em 25 de outubro de 1493, Cristóvão Colombo iniciou a segunda expedição às Antilhas. Saiu de Cadiz, agora com 17 navios. Levou consigo os primeiros colonizadores escolhidos por D. Leonor de Castela e por D. Fernando de Aragão. A 17 de outubro deixaram as Canárias com destino a La Navidad, ao encontro do forte construído por Colombo. Contudo, encontraram novas ilhas, nomeadamente, Guadalupe, e só depois chegaram a La Navidad, onde se confrontaram com o forte destruído.

Outra figura importante que contribuiu para a realização das expedições foi o seu irmão Bartolomeu Colombo. Este foi na viagem de Bartolomeu Dias ao Índico. Ele e Cristóvão Colombo insistiram com o monarca português para a realização da viagem. D. João II, seguro que o caminho para a Índia fazia-se pelo Cabo da Boa Esperança, não se interessou pelo projeto dos irmãos Colombo. Resolveram apresentar o seu projeto ao monarca inglês e os Reis Católicos. Bartolomeu foi a Londres, onde não teve apoio integral e depois foi para França. Em Castela, Cristóvão tinha mais sorte.

A 3 de maio, o Papa Alexandre VI expediu uma bula papal (Inter Coetera), concedendo aos monarcas espanhóis as terras a Ocidente. Mais tarde, sai outra (Eximiae Deuotionis), confirmando os direitos espanhóis.

A fase final das negociações deu-se com o Tratado de Tordesilhas, onde a paz entre Portugal e Castela ficou assegurada, vindo a ser confirmada mais tarde por D. Manuel ao casar com a infanta D. Isabel e, mais tarde, com a infanta D. Maria.



Daniela Vicente

Título: De encontro ao Tratado de Tordesilhas

Autor: Daniela Vicente (todos os textos)

Visitas: 0

614 

Comentários - De encontro ao Tratado de Tordesilhas

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Manutenção Automovel

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Automóveis
Manutenção Automovel\"Rua
Faça você mesmo a revisão do seu automóvel e poupe dinheiro em oficinas. Primeiro verifique com a ajuda de outra pessoa a iluminação exterior. Uma pessoa fica no interior do carro e liga as luzes, verifique á frente os mínimos, os médios, os máximos e os piscas. Depois atrás verifique os mínimos os stop a marcha atrás e o farol de nevoeiro.

A seguir verifique a iluminação do interior do veículo e do painel de instrumentos e a afinação do travão de mão.

Agora está na hora de verificar os filtros de ar, gasóleo e habitáculo. Dependendo da utilização eles podem fazer em média 40.00km, se estiverem sujos substitua-os por novos.

A seguir vem a mudança do óleo este em geral pode-se retirar pelo bujão de vazamento do cárter, convém substituir a anilha e o filtro de óleo. O óleo novo deve respeitar as especificações do fabricante, verificar no livro de manual de utilizador do veículo os litros de óleo do motor. Meter o óleo novo pelo bucal superior do motor com a ajuda de um funil, o nível do óleo não pode ultrapassar o máximo. Se não sabe a quantidade de óleo deite 4 litros e depois verifique o nível pela vareta de verificação de nível e vá deitando até chegar ao nível certo.

Agora é preciso verificar as pastilhas de travões, hoje em dia como quase todos os veículos têm jantes especiais consegue verificar sem desmontar as rodas. Substituir se necessário as pastilhas, ao desmontar repare como desmonta para depois voltar a montar tudo de novo. Por fim verifique a pressão dos pneus com um manómetro, a pressão indicada varia de carro pra carro se não sabe a pressão indicada ponha 2.2bar que é em média a pressão que todos utilizam.

Convém dizer que qualquer material que precise basta procurar numa loja de peças auto próxima de si ou então encomendar via net pois existem vários sites especializados em peças e materiais de manutenção auto. Vai ver que não custa nada se eu aprendi você também pode aprender e além disso fica a conhecer melhor o seu carro.

Com isto tudo pode poupar em média 200€ por cada revisão.
Obrigado e até a próxima.

Outros textos do autor:
Manutenção Automovel

Pesquisar mais textos:

Vendas Online

Título:Manutenção Automovel

Autor:Vendas Online(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    17-06-2014 às 04:55:10

    Há inúmeros benefícios para fazer a manutenção do automóvel, pois isso garante melhor preservação do veículo e se prolonga o uso por muitos e muitos anos.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios