Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Como dar a volta ao mundo sem sair do mesmo sítio

Como dar a volta ao mundo sem sair do mesmo sítio

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Outros
Visitas: 2
Como dar a volta ao mundo sem sair do mesmo sítio

As pessoas estão ali na rua, de manga curta e o calor não é mais que humano.

Umas horas antes o motivo do protesto já havia apanhado o avião para fazer uma visita de estudo a um desses países em que é normal corromper-se as almas por meia dúzia de tostões. Enquanto isso o clone aparecia nas filmagens, defendendo mais alguém que afinal não ficaria assim tão podre, perdão queria dizer pobre.

As pessoas protestam enquanto pensam naquele exemplo do caneco em que os corruptos foram presos pelos sucessores, outros ainda num episódio do Star Trek em que por força de campos magnéticos as dimensões cruzavam-se, sendo que o comandante ia parar àquela em que para se subir na hierarquia tinha que se matar o superior. Outros apenas se irritavam por aquele ar de desprezo de quem cospe para cima de quem não lhe dê o cu com o fruto do seu suor.

As pessoas fartaram-se de ser apelidadas de amorfas, das comparações com frutas podres e de ter de usar vaselina a toda a hora para que o grande líder se fosse satisfazer quando quisesse. Um exagero, parece que afinal todos se viraram para ele e acabou-se o festim negro.

E se a Terra parar de girar e os corruptos caírem no seu núcleo, é provável que não aguentem os milhares de graus, apesar de toda a influência e dos que ainda votam porque o senhor é bonito e a língua debita palavras que excitam o sub-consciente.

A música deixou de ser natural, apesar do pastor entrar numa nova remix e de os tubos de escape deitarem fumo negro que inspiram o improvisador. Uma dose de erva e o cúmulo da paciência pode ser que se altere. Felizmente que os mandaremos a todos para o núcleo da Terra e que nem as memórias dos festins negros restarão.

Afinal parece que há uma discoteca aberta, que o clone foi para lá. O povo já mais retemperado, pega nos tachos e nas panelas e canta umas chulas, como se fossem as primas do chulo no poder, pura coincidência de nomes.

A polícia lança rosas para o ar, laranjas podres para a boca do clone e cravos para a estrada.

O povo e os tachos jamais serão unidos!

E como seria se tivessem de dar a volta ao mundo, num infinito orgasmo de sons, com a satisfação que todos estivessem já no núcleo da Terra, perfeitamente derretidos, esquecidos até da Lua perdida, em constante fuga.


António Borges

Título: Como dar a volta ao mundo sem sair do mesmo sítio

Autor: António Borges (todos os textos)

Visitas: 2

617 

Comentários - Como dar a volta ao mundo sem sair do mesmo sítio

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Receptores digitais

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: TV HIFI
Receptores digitais\"Rua
Os receptores digitais são instrumentos que têm a função de receber sinal por via de canais digitais.

De acordo com a sua função, estes canais poderão ser satélite ou por cabo. Actualmente, já existem bastantes serviços de televisão por cabo que funcionam apenas com estes receptores, uma vez que é através deles que se consegue ter acesso não só aos canais de serviço, mas também a pacotes codificados.

O serviço de recepção de canais por satélite é um sistema independente para o qual é necessário ter um disco receptor satélite de modo a poder ter canais digitais fora dos serviços prestados pelos operadores de televisão digital.

Este instrumento permite que os próprios ecrãs sem tecnologia digital passem a usufruir desta através destes receptores. No entanto, a melhor qualidade só é garantida com um ecrã já com esta tecnologia.

Os receptores digitais permitem também aceder a uma multiplicidade de serviços, desde que devidamente configurados. Por exemplo, com estes receptores, é possível aceder a menus específicos de pausa de emissão para depois ser continuada, de serviços on-demand ou acesso a portais específicos, entre outros.

Esta pequena caixinha permite ao seu utilizador usufruir da televisão a um novo nível, de modo a que possa ter todas as comodidades no conforto do lar. 

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Receptores digitais

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    04-06-2014 às 06:53:28

    Gostei dos receptores digitais. Bom texto abordando isso.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios