Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Agrotóxicos e outros produtos na lavoura: como aplicar com qualidade

Agrotóxicos e outros produtos na lavoura: como aplicar com qualidade

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Outros
Visitas: 2
Comentários: 3
Agrotóxicos e outros produtos na lavoura: como aplicar com qualidade

Christofoletti dizia que dentre as várias etapas que constituem o processo de produção agrícola, a aplicação de agrotóxicos é uma das mais exigentes, pois deve atender não somente ao tratamento da lavoura, mas também a cuidados com a preservação do ambiente e com a qualidade final dos alimentos, que chegam à mesa do consumidor.

Fatores ambientais como temperatura e umidade relativa do ar afetam na absorção e na translocação dos agrotóxicos aplicados nas plantações. Quando a umidade relativa diminui e / ou a temperatura do ar aumenta, as gotas do produto aplicado secam mais rapidamente, fazendo com que o produto aplicado seja menos absorvido pela planta, reduzindo seu desempenho na mesma. Para controlar eficientemente plantas daninhas com herbicidas, é necessário preocupar-se com a quantidade de água usada como veículo em sua aplicação, da pressão de regulagem e da velocidade com qual o pulverizador aplica o herbicida.

Na aplicação de agrotóxicos, é possível acompanhar a qualidade da operação através da utilização de indicadores de desempenho que possibilitem coletar dados no campo e conferir com exatidão as conformidades de acordo com o que prescrevem os técnicos. A qualidade de aplicação de agrotóxico pode se tornar marcante para que atinja a produtividade pretendida de uma lavoura, e essa operação tem como principal objetivo aplicar a dose correta do agrotóxico no alvo desejado. Uma pulverização de baixa qualidade pode trazer como consequências perdas significativas na produtividade, ocasionadas por reincidências de doenças, pragas e plantas daninhas na área. Portanto, o acompanhamento da qualidade da aplicação de defensivos agrícolas é muito importante para que se consiga controlar com eficiência fatores danosos à lavoura.

Bonilla afirma que o controle de qualidade é possível de ser aplicado na produção agrícola, o qual, corrigindo e eliminando desperdícios e erros, reduzindo custos e aumentando a produtividade, traz grandes vantagens na competitividade do campo. De acordo com o pensamento dele, fica evidente que só sobreviverão as empresas agrícolas que aplicam técnicas eficientes na administração de seus custos.

O controle de processos é constituído de ferramentas que possibilitam a melhorar a qualidade e a produtividade nas empresas. É um conjunto de técnicas úteis para resolver problemas, alcançar a estabilidade do processo e aumentar a capacidade produtiva, reduzindo as grandes diferenças nas operações, que quase sempre remetem a erros. Para o mesmo Bonilla utilizar ferramentas estatísticas para controlar a qualidade ajuda a detetar erros nas operações agrícolas, a tempo de ser possível corrigi-los.

Vários autores têm estudado a utilização de técnicas estatísticas de controle de qualidade em operações agrícolas mecanizadas nas mais diversas lavouras, sendo o milho a cultura agrícola de maior destaque nessa linha de pesquisa.

Controlando custos, reduzindo desperdícios e produzindo com eficiência, chegam alimentos na mesa de todos, tornando esses fatores grandes aliados no combate a fome mundial.


Cláudio Júnior

Título: Agrotóxicos e outros produtos na lavoura: como aplicar com qualidade

Autor: Cláudio Júnior (todos os textos)

Visitas: 2

800 

Imagem por: photofarmer

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 3 )    recentes

  • Yuri SilvaYuri

    17-08-2014 às 23:18:23

    Grande texto sobre agratóxicos e como aplicar com qualidade. Muitas vezes, não há resultados por não saberem como utilizar. Maravilhoso!

    ¬ Responder
  • gabrielgabriel

    02-09-2011 às 13:22:33

    o site é muito interessante fala de como se aplicar agrotóxicos

    ¬ Responder
  • kananda moreira araújokananda moreira araújo

    16-11-2010 às 15:45:55

    kra eu tava relizando um trabalho sobre o uso do agrtóxico e esse site me ajudou bastante. ta super bem elaborado PARABÉNS!!! adorei.

    ¬ Responder

Comentários - Agrotóxicos e outros produtos na lavoura: como aplicar com qualidade

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: photofarmer

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios