Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > A vida nos desertos

A vida nos desertos

Categoria: Outros
A vida nos desertos

Os desertos são lugares realmente fascinantes e cobrem cerca de um quinto da superfície da Terra.

O mais antigo deserto é o do Nabibe, que se localiza no sul da Àfrica. Na verdade é considerado o maior e já poderá estar seco há um milhão de anos.

Este porêm chega ao mar ao longo da costa dos Esqueletos, que deve o seu nome aos navios encalhados da costa.

A sul deste deserto fica a zona proibida, Sperrgebiet, que tem o seu acesso muito restrito, para impedir os caçadores de diamantes, vasculharem as dunas da costa e as pedras preciosas.
O Nabib é um deserto muito quente, cujas temperaturas são de 40 graus centígrados, embora haja também desertos frios.

È o exemplo do continente da Antártida, sem dúvida o maior deserto da Terra.
De entre os maiores desertos estão ainda incluídos o vasto deserto do Sara em África, com correntes atmosféricas que obrigam o ar a descer, com quedas de chuva.

Porêm, tanto o Nabib como o Atacama são desertos costeiros, que ficam próximo de Benguela e do Peru, respetivamente.

A maior parte da sua humidade vem das neblinas do desserto, que são formadas com a condensação do ar quente com o frio.

Os climas e a vida selvagem dos desertos varia muito de uns para outros e as temperaturas nalguns podem atingir 49 graus durante o dia e menos de 18 graus, á noite.

Os animais mamíferos que aí vivem costumam procurar comida durante o dia e as plantas típicas são os arbustos baixos com folhas coriáceas.

Em certos desertos, especialmente na América, as temperaturas não sobem tanto, e aí abundam outras plantas como as Larrea Tridentata.

As paisagens dos desertos são contudo, degradadas por veículos todo o terreno, perfurações e minas e as suas temperaturas ameaçam a vida selvagem que está habituada ao seu habitat.
Ultimamente o número de fogos e a seca dos poços de água aumentou devido á alteração do clima e da ação nefasta do homem.

A natureza dos desertos não é a mesma, pois alguns podem ser rochosos, oásis, lagos salgados ou planaltos.

Na realidade nem só de dunas se faz um deserto mas há também os lagos salgados secos, oásis, wadis e muito mais.

Para quem gosta de viajar para os desertos deve hidratar-se com água, procurar sombras, água fazer uma fogueira à noite ou fazer sinais com ela aos aviões. Isto para se salvar nele, é evidente!


Pedro gil Ferreira

Título: A vida nos desertos

Autor: Pedro gil Ferreira (todos os textos)

Visitas: 0

651 

Comentários - A vida nos desertos

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Smartphone inovador

Ler próximo texto...

Tema: Máquinas
Smartphone inovador\"Rua
O novo Xperia S é um novo smartphone que é produzido pela sony, que foi pensado para a reprodução multimédia de alta resolução, atenuando deste modo as diferenças entre um telefone e uma consola de jogos portátil.

Este inovador softwere é capaz de apresentar vídeos de alta definição, a 1080p.

Contêm uma cãmara integrada de 12 MP, sendo capaz de capturar imagens em full HD. O processamento de imagem é feito por um motor de nome Bravia, que é uma tecnologia a pensar na reprodução de imagem e de áudio.

O hardwere e softwarwe deste smartpfhone foi optimizado para ser compatível com o playstachon Suite, que se trata de uma plataforma de videojogos , onde podem ser descarregados e jogados no telemóvel vários títulos previamente lançados na playstation.

O seu ecrâ é quase todo em vidro, separado apenas do revestimento no fundo por uma faixa transparente.

Esta faixa funciona como uma antena do dispositivo, bem como a área visívil para os principais botões, no fundo.

O seu formato é ligeiramente curvo e com uma espessura de apenas um centímetro, o qiue lhe dá um ar muito elegante e leve.

A energia que alimenta o dispositivo é fornecida por uma pequena bateria, que dura para 420 horas em standby, horas para música e outras para vídeo.

De salientar que a Sony Ericsson sempre foi muito forte na qualidade da fotografia, e o destaque deste aparelho vai para o seu sensor Exmor R, que é retroiluminado com circuitos integrados, permitindo tirar fotos com pouco ruído , em situações de fraca luz.

Além de todos os pormenores inovadores, o sensor recebe a luz de trás por um substrato de sílica, garantindo mais eficácia .

Por outro lado, o xperia S, é ainda compatível com várias plataformas de comunicação, tal como a near-fild comunication.

O ecrã é sem dúvida alguma o mais elevado do mercado atual, apresentando milhões de cores.

As características invadoras ddeste smartphone, são: o modelo, aplaystachion, o ecrâ de alta definição, o processador, o software e as suas ligações

No que concerne às ligações, inclui uma superabundância delas, incluindo uma porta HDMI2 para ligar o dispositivo diretamente a um monitor para reproduzir vídeos, audio e imagem.

O lançamento deste sistema da sony, foi lançado só recentemente em Las Vegas, EUA, em Janeiro de 2012, no convention Center.

Para os fâs das novas tecnologias o smartphone Xperia S, é com efeito, uma óptima aquisição, para as férias de verão.

Pesquisar mais textos:

Pedro gil Ferreira

Título:Smartphone inovador

Autor:Pedro gil Ferreira(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios