Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > A Guerra Fria

A Guerra Fria

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Outros
Visitas: 10
A Guerra Fria

A guerra fria consiste no período que se procedeu após a Segunda Guerra Mundial e no qual teve como característica a divisão implícita do mundo político entre socialismo e capitalismo. Com as super potências Estados Unidos e União Soviética, houve um gigante período de desenvolvimento tecnológico e armamentista, provocando um grande clima tensão.
Todos os laços intermediados pela ONU, criada em 1945, não apaziguaram os países, e a guerra continuou, mesmo que indiretamente.

Até a vida dos civis acabou sendo afetada, e neste cenário, as agências de inteligência CIA (Central Intelligence Agency) e KGB (омитет государственной безопасности) tiveram papel fundamental em suas respetivas sociedades.
No lado ocidental, os Estados Unidos tomaram como medida preventiva a Aliança da Boa Vizinhança com os países da América Latina. Iniciada no início dos anos 40, ela previamente promovia o intercâmbio de intelectuais para homogeneizar os ideais capitalistas entre os países. Mas a aliança aos poucos foi tomando outras áreas, como a economia e desenvolvimento.




Na mesma época a “terra do tio San” promoveu a caça de todos e quaisquer intelectuais ou pessoas públicas que dessem indícios de terem ideais esquerdistas. Esta posição conservadora apareceu novamente algumas décadas depois, em países que foram governados por ditaduras.
Com o avanço do domínio da União Soviética em países do oriente os Estados Unidos mudaram sua política externa. Em 1947 o presidente, Harry S. Truman definiu linhas de defesa para a “proteção” da democracia e do capitalismo no ocidente. Seguiu-se então o Plano Marshall, que deu ajuda aos países capitalistas entre 1950 e 1960 para a reconstrução de seus países, e o estabelecimento de alianças comerciais. Reino Unido, França e Inglaterra obtiveram boa ajuda financeira neste período.

O Plano Marshall disseminou a cultura capitalista e enfraqueceu a socialista na Europa, com exceção da Grécia e Espanha, que estavam em um período de ditadura, e Portugal, que na época estava sob o regime salazarista. A partir destas alianças nasceu o Tratado de Roma, em 1957, assinada pela Alemanha, França, Bélgica, Itália, Países Baixos e Luxemburgo. O tratado de Roma, constituiu a Comunidade Europeia, e possibilitou a expansão econômica da região, e a integração de trocas comerciais.

Wallace Randal

Título: A Guerra Fria

Autor: Wallace Randal (todos os textos)

Visitas: 10

657 

Comentários - A Guerra Fria

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Contador de moedas

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Material Escritório
Contador de moedas\"Rua
O mundo dos negócios exige um grande dispêndio de energia e muitas horas de trabalho. No entanto hoje já é possível fazer recurso da alta tecnologia para poupar tempo e dinheiro. O recurso às funções do computador para o comércio facilita e atrai muitos clientes para empresas e comerciantes. No que diz respeito a contas é possível fazer uma contagem rápida e eficaz do dinheiro, sem passar horas a contar e com o risco de engano. É por isso que cada vez mais pessoas ligadas a negócios e serviços optam por adquirir um contador de moedas. Deste modo sabem que poupam tempo e não falham na sua contagem.

Dos inúmeros equipamentos que a alta tecnologia põe ao dispor, este é sem dúvida um equipamento que beneficia em muito o trabalho de muita gente. Por ser pequeno é muito cómodo e exige pouco espaço, ou melhor pode ser colocado em qualquer lugar.

Torna-se evidente que as novas tecnologias vieram para simplificar a vida e trazem muitas vantagens, rentabilizam e poupam tempo. No caso do contador de moedas, sem enganos, falhas e complicações. É o ideal para ter num escritório de uma empresa, em escolas, cafés, pastelarias, salões de jogos, bancos, cinema, serviços financeiros e de tesouraria e outros ligados a serviços públicos e privados.

Em resumo, se está ligado a qualquer trabalho de comércio ou serviços pode poupar muto tempo e problemas apenas colocando um equipamento destes no seu espaço de trabalho. As suas vantagens são inúmeras, em especial: permite realizar uma contagem rápida das moedas dividindo-as e fazendo a sua soma, conta o total das moedas, o valor total em cada tipo de moedas e a quantidade de todas as moedas.

Contem e separa no mínimo duzentas e vinte moedas por minuto, sem erro, conta e separa tudo no mesmo equipamento, permite alimentar o aparelho com quantidades entre as trezentas e quinhentas moedas de cada vez e continuar a adicionar mais moedas enquanto está a contar. Além disso o aparelho pode ser programado para separar um número de moedas predeterminado.

O seu design é bastante inovador e resistente. Os materiais de elevada qualidade, de fácil ligação e paragem automática.

Possui uma elevada funcionalidade, baixo consumo (70W), pouco peso, aproximadamente quatro kg, velocidade ultra rápida, pequena dimensão e estão todos certificados pela EU. Deste modo também possuem garantia, são fáceis de usar e de arrumar.

As suas funções práticas permitem que o contador de moedas possa estar em qualquer lugar.

Pesquisar mais textos:

Teresa Maria Batista Gil

Título:Contador de moedas

Autor:Teresa Maria Gil(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios