Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Literatura > Romeu e Julieta

Romeu e Julieta

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Literatura
Visitas: 6
Romeu e Julieta

A história de Romeu e Julieta começa com uma briga entre Montecchio e Capuletos. O Príncipe Verona intervém para acabar com o confronto. Páris pede a Capuleto para casar com Julieta e este decide dar uma festa, que chegou ao conhecimento de Romeu, um Montecchio, que, nesta altura, ainda estava de olho em Rosalina. A ama e Lady Capuleto tentam persuadir Julieta a casar com Páris, mas como Julieta pode casar com um homem que não ama?!

Romeu, Mercúcio e Benvólio decidem ir à festa organizada pelos Capuletos, e é na festa que Romeu vê Julieta e estes beijam-se. Infelizmente, Julieta descobre que Romeu é um inimigo da sua família tarde demais, pois já está apaixonada.
Romeu entra no jardim da casa dos Capuletos, e o casal decide casar, o que acontece de forma secreta.

Disputa de Benvólio, Mercúcio e Romeu contra Tebaldo, leva Mercúcio a um ferimento fatal. Revoltado com a morte do seu amigo, Romeu mata Tebaldo, primo de Julieta. O Príncipe Verona manda exilar Romeu, mas este refugia-se com o seu amigo Frei Lourenço. A ama revela a Julieta o que aconteceu e que Romeu está escondido na cela de Frei Lourenço.

Capuleto está mesmo decidido em casar Julieta com Páris, mas no calor do amor, o casamento de Romeu e Julieta é consumado. Julieta prevalece com a sua ideia em manter-se fiel a Romeu não casando com Páris.

Julieta procura Frei Lourenço para a ajudar a escapar ao casamento arranjado pelo pai. Frei Lourenço oferece-lhe um frasco de remédio e Julieta, à noite, toma o remédio. No dia seguinte, a família descobre Julieta, supostamente, morta. A mensagem de Frei Lourenço não chega a Romeu a tempo de evitar a tragédia dos dois amantes. Baltasar, criado dos Montecchio, diz a Romeu que Julieta está morta. Romeu decide comprar um veneno fatal a um boticário e vai à cripta dos Capuletos, onde se depara com Páris. Estes lutam e Páris morre. Romeu bebe o veneno e morre de seguida.

Entretanto, Julieta acorda e descobre que Romeu está morto. Apercebendo-se que não há mais veneno no frasco que Romeu tomou, suicida-se com o punhal deste.

Perante a desgraça, as famílias Montecchio e Capuleto reconciliam-se.

“Jamais história alguma houve mais dolorosa do que a de Julieta e a do seu Romeu.”


Daniela Vicente

Título: Romeu e Julieta

Autor: Daniela Vicente (todos os textos)

Visitas: 6

643 

Comentários - Romeu e Julieta

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como fazer disfarces de Carnaval

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Vestuário
Como fazer disfarces de Carnaval\"Rua
O ano começa e depressa chega uma data muito ansiada principalmente pelos mais jovens: o desejado Carnaval!

Esta é uma data que os pequenos adoram e deliram com as fantasias. O problema maior é a despesa que os disfarces representam e no ano seguinte já não usarão o mesmo disfarce ou, no caso dos mais pequenos, já não lhes serve.
O melhor nesta data é mesmo reciclar e aprender a fazer disfarces caseiros utilizando truques mais económicos e materiais reciclados para preparar as fantasias dos pequenitos!

Uma sugestão para os meninos é o traje de pirata que pode facilmente ser criado a partir de peças que tenha em casa. Procure uma camisa de tamanho grande e, de preferência, de cor branca com folhos. Se não tiver uma camisa com estas características facilmente encontrará um modelo destes no guarda-vestidos de alguma familiar, talvez da avó.

Precisará de um colete preto. Na falta do colete pode utilizar um casaco preto que esteja curto, rasgue as mangas pelas costuras dos ombros. As calças devem ser velhas e pretas para poderem ser cortadas na zona das pernas para envelhecer a peça. Coloque um lenço preto ou vermelho na cabeça do menino e, de seguida, com um elástico preto e um pouco de velcro tape um dos olhos.

Para as meninas não faltam ideias originais para fazer disfarces bonitos e especiais para este dia. Uma ideia original é a fantasia de Flinstone. É muito fácil e prática de fazer e fica um disfarce muito bonito. Comece por arranjar um pedaço de tecido branco. Coloque o tecido em volta do corpo como uma toalha de banho e depois amarre num dos braços fazendo uma alça. Depois corte as pontas em ziguezague mantendo um lado mais comprido que o outro. Amarre o cabelo da menina todo no cimo da cabeça, como se estivesse a fazer um rabo-de-cavalo mas alteie-o mais. Com o auxílio de um pente frise o cabelo, pegando nas pontas e passando o pente em sentido contrário até que fique todo despenteado. Numa loja de disfarces compre um osso de plástico e prenda na fita da criança.

Pegue nos materiais, puxe pela imaginação e ponha mãos ao trabalho!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Como fazer disfarces de Carnaval

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    09-06-2014 às 04:01:21

    Não em carnaval, mas em bailes de fantasia, sempre usei o TNT. Eles são ótimos para trabalhar o corte, para costurar e deixa bem bonito!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios