Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Literatura > Quinze Leis do Triunfo Por Napoleon Hill: Parte I

Quinze Leis do Triunfo Por Napoleon Hill: Parte I

Categoria: Literatura
Quinze Leis do Triunfo Por Napoleon Hill: Parte I

Napoleon Hill foi um grande estudioso na área de descobrir o segredo dos excelentes bilionários da história mundial. Estudou a fundo as melhores mentes brilhantes de todas as épocas. E formulou estas 15 Leis do Triunfo a fim de que as pessoas possam obter o mesmo caminho!

Se você deseja grandemente mudar o rumo de sua vida e se tornar uma pessoa mais realizada na área financeira, mesmo que não se torne um bilionário, mas cresça em meio ao sucesso, então leia estas instruções e siga todas elas.

Como é extensa, então dividi em 2 partes. Essa primeira está sendo descrita 6 Leis do Triunfo; a segunda parte trará o restante. Aconselho que leia os dois e tome as medidas certas para aplicá-las em sua vida. Desejo sucesso a todos!

1— Tenha um objetivo principal definido
Economiza os esforços desperdiçados pela maioria das pessoas que vivem eternamente procurando encontrar a sua verdadeira ocupação na vida. Essa lição mostra como se pode abandonar para sempre as coisas vagas e se fixar em qualquer objetivo definido e justo.

2 — A confiança em si mesmo
Ajuda a dominar os seis temores básicos que constituem um tormento para a vida de todas as pessoas: o medo da pobreza, o medo da doença, o medo da velhice, o medo da crítica, o medo de perder o amor de alguém e o medo da morte.

3 - O hábito de economizar
Eensina a maneira de distribuir sistematicamente os rendimentos, a fim de que seja possível acumular uma percentagem, formando-se assim uma das maiores fontes de poder individual que se conhece.

4 - Iniciativa e liderança
Mostra que é possível tornar-se um líder, em vez de um adepto, em qualquer campo de atividade.

5 - A imaginação
Estimula o cérebro de tal forma, que ele conceberá novas ideias para a realização do objetivo principal.

6 – O entusiasmo
Torna possível infundir em todos aqueles com quem entramos em contato um grande interesse por nós e por nossas ideias.

Leia a segunda parte que descreverá as últimas 9 Leis do Triunfo. Espero que tenha gostado e comece já a aplicá-las no seu caminhar na busca de uma vida mais próspera!


Adriana Santos

Título: Quinze Leis do Triunfo Por Napoleon Hill: Parte I

Autor: Adriana Santos (todos os textos)

Visitas: 0

20 

Comentários - Quinze Leis do Triunfo Por Napoleon Hill: Parte I

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios