Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Literatura > Poemas da Semana

Poemas da Semana

Categoria: Literatura
Comentários: 2
Poemas da Semana

Entrega-se
Entrega-se ao meu coração
Já que não há nada que a prenda
Nessa mesma vida,
Recheado por rotinas que lhe tanto
Priva-te que viva até o último segundo,
Até o último suspiro de vida,
Até os últimos fortes batimentos de um coração
Que mesmo sendo recinto para tanto rancor,
Me abriga com tanto amor,
Mesmo que tão facilmente não se entregue
Ao meu calor presente
Na união de nossos corações,
Na união de nossas almas que se veem
Rachadas devido uma só causa do conhecimento
Efêmero de nossos corações que unidos são como
O fogo que exala de um vulcão raivoso com o ser-humano
E com quem o fez chegar ao ápice.

Abriga-me
Abriga-me em seu coração
Tão quão maior do que todo o universo
A que os nossos corpos de alma vagão por aí,
Sem eira nem beira,
Sem que juntos estejamos a
Nos entregar à escuridão e
desperdiçando a paixão,
Ignorando a luz da salvação para me
Entregar à uma estúpida ilusão,
Até que solutos sejamos para a solidão
Como um comprimido que nos livra de todas
Enfermidades do corpo de carne que ao vento não
Sobrevoa o Céu às vezes poluído por quase nunca
Estar límpido quanto ao horizonte eterno onde nossa história
Escrita será pelos anjos que rastreiam dentro de nós,
A verdadeira essência que dá sentido
As nossas emoções que invadem o nosso coração
E fazem dele um campo minado.

Aqui Dentro
Aqui dentro do meu coração
Mora uma tangente solidão que
Somente se dispersou com a invasão
Desse sentimento que pensava ser doce,
Angelical e bom como essa eloquente paixão,
Que infelizmente não é a tangente mais forte que o calor
do sol
Para expulsar de uma vez por todas essa sensação
De não pertencer com os méritos mais que dignos
Para essa tal supremacia,
Digno dessa emoção tão grande,
Dessa sensação maravilhosa a que tanto prazer
Eu tenho em expor nessa tela,
Ao alcance de seus olhos do corpo,
Do coração e da alma de todos quem
Perdem tempo lendo para rejuvenescer a alma
De cada um,
Deixando que a poesia por si
Fale através de seus sentimentos.

Através
Através dessa sensação de leveza
E de peso que adentra em meu peito por seu
Ignorante golpe contra esse amor,
Contra essa emoção
De estar sendo vitimado por uma
Paixão que parece fazer minha alma de
Sua vítima partindo em pedaços,
Fatiando o meu coração sem dó e nem piedade
De quem por uma vez se entregou ao fogo até ser consumado,
Como um sonho que tanto queremos que se realize antes
Que de uma forma ou de outra que desse mundo não façamos
Mais parte por tanto conceder-se
Aos princípios angelicais de uma emoção
Tão gostosa para uma supremacia que induz a
Sua alma há uma liberdade até que alcance
O infinito horizonte.

Sufocante
Sufocante é essa paixão
Que parece não mais permitir
Que minha alma com autonomia respire,
Que o meu coração continue a bater,
Que meu cérebro continue a comandar
Uma vida que já trilha um caminho coberto por neblina,
Coberto pelo medo por assaltado será por essa emoção
Que ao mesmo tempo me angustia,
Me apresenta a pureza de um anjo
Tranquilizando um coração
Consumada pela sensação de oprimido ser
Pela paixão por alguém quem
Dedico à vida a quem me dedica sempre
O seu coração.


Kaique Barros

Título: Poemas da Semana

Autor: Kaique Barros (todos os textos)

Visitas: 0

0 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • Jhon Erik VoeseJhon Erik Voese

    07-07-2016 às 22:11:37

    olá, gostaria de saber qual é sua relação com o site e em média quantos dias demora para os seus textos serem aprovados, pois tenho enviado alguns materiais para eles e não aceitam nem rejeitam meus textos, já cheguei a publicar vários, mas de um tempo pra cá, parece que estou sendo "boicotado", talvez vc como autor não tenha nada a ver com isso, mas como colega possa me dizer se isso é comum, ou qual pode ser o problema. Parabéns pelas poesias e até mais!

    ¬ Responder
  • Kaique BarrosKaique Barros Moraes

    14-07-2016 às 14:34:38

    Oi. Tudo bem? Bom dia.
    É assim, eles demoram para aprovar quando você tenha publicado em alguma hospedagem própria e muitas vezes eles acabam não aprovando.
    A análise deles é muito rigoroso. Antes eu enviava texto todos os dias e acabava não sendo publicado por isso.
    Se o caso não for esse, faça novamente uma revisão ortográfica. - Ofender-lhe.

    ¬ Responder

Comentários - Poemas da Semana

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.