Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Literatura > Mitos Urbanos e Boatos – Um livro a não perder

Mitos Urbanos e Boatos – Um livro a não perder

Categoria: Literatura
Mitos Urbanos e Boatos – Um livro a não perder

Todos nós conhecemos mitos e boatos. Quem não gosta de uma boa conversa entre amigos sobre fantásticos mitos em que acreditamos e juramos a pés juntos ter visto, ouvido ou acreditar piamente em que os contou. Faz parte da nossa essência gostar de um bom boato, então se for de um actor, cantor ou apresentador conhecido, a nossa satisfação fica completa.

Para nos contar mais sobre isto, Susana André, jornalista da SIC, decidiu escrever sobre histórias e mentiras em que teimamos acreditar. Através do seu livro “Mitos Urbanos e Boatos” ficamos a conhecer muitas histórias, a forma como cresceram e a maneira como muitas vezes não morrem, porque puro e simplesmente nós, povo Português, adora um bom boato.

Mesmo para quem não é apreciador, nada como um livro que desmente as mentirinhas que tantos anos levamos a acreditar e a crer que fossem verdades juradas.

Neste livro fantástico encontramos mitos como o da lata de refrigerante e a urina de rato. Dizia-se no fim do milénio passado (meados de 1998), que uma mulher tinha falecido após ingerir o sumo do refrigerante directamente da lata. A sua morte devia-se ao facto da lata ter estado em contacto directo com urina de rato, e que esta era letal ao Ser humano. Ora desmistifica a autora do livro toda esta história. O livro explica-nos a bactéria da urina do rato morre após contacto com o suco gástrico.

Outro mito e este muito mais bem elaborado tem a haver com o tráfico de órgãos. Dizia-se há uns tempos, que uns quantos homens tinham sido seduzidos por uma bombástica loira uma bem conhecida discoteca Lisboeta. Após um convite para uma bebida na casa dela, o conquistado ingeria uma substancia psicotrópica e que quando acordava encontrava-se numa banheira cheia de gelo. Ao seu lado estava um bilhete com um telefone que dizia “ligue para o 112, pois acabámos de lhe tirar um rim”. A história era de tal forma credível que havia quem jurasse que tal tivesse acontecido a um amigo e que ele ostentava uma cicatriz na zona dos rins. Porém, nenhuma queixa foi até hoje apresentada em qualquer polícia Portuguesa com tais contornos.

Mitos e boatos vão sempre existir e cá estaremos nós para os alimentar. No entanto já nenhum de nós tem desculpa para acreditar neles, com o excelente trabalho executado e publicado neste livro. “Mitos Urbanos e Boatos” de Susana André. A não perder.


Carla Horta

Título: Mitos Urbanos e Boatos – Um livro a não perder

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 0

747 

Imagem por: delphaber

Comentários - Mitos Urbanos e Boatos – Um livro a não perder

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Jardinagem Fonte de Vida

Ler próximo texto...

Tema: Bricolage Jardim
Jardinagem Fonte de Vida\"Rua
A jardinagem é conhecida há anos como uma forma de emprego que possibilita a muitos uma renda familiar mensal. A jardinagem também pode ser artística onde a arte do profissional é aplicada. A jardinagem pode ser de inúmeras formas conhecida e exercida, trazendo benefícios imensuráveis a aqueles que dela são adeptos.

Muito mais que fonte de renda ou arte a jardinagem é uma fonte de inúmeros beneficio a vida do ser humano, fonte de alegria, relaxamento e distração. E por ser uma atividade tão simples não é difícil de ser realizada. A jardinagem é por si só fonte de vida, fonte de aprendizado e principalmente fonte de intimidade do ser humano.

Ser adepto da jardinagem não é somente revirar terra, ser adepto da jardinagem é decisão de vida que transforma seu dia-a-dia mudando a rotina de dias estressantes e cansativos.

Ao olhar de muitos a tarefa possa parecer penosa, cansativa e até chata, mais somente estando envolvido na jardinagem para perceber que muito mais ter um corpo cansado após a tarefa, você na verdade descansa seu corpo sua mente e seu espírito da agitação do dia-a-dia.

Alguns minutos dedicados à jardinagem são o suficiente para inibir grande carga emocional e física do nosso dia-a-dia, e proporcionando uma energia a mais para os próximos dias.

A jardinagem pode ser realizada de varias formas simples que vão trazer todos estes benefícios a sua vida e não são necessários grandes investimentos ou mudança radical da sua rotina de vida ou qualquer outra mudança que você possa imaginar. Na verdade as maiores mudanças são comportamentais e só depende de você.

Para detalhar um pouco o que você poderá fazer com alguns minutos dedicados à jardinagem você irá perceber que não há nenhuma dificuldade em realizar esta tarefa.

Com um mínimo de espaço você pode cultivar plantas simples, em vasos pequenos que não irão ocupar espaço e serão na verdade uma linda forma de ornamentar sua casa.

Você poderá cultivar uma espécie de planta conhecida como:
- Rosa de pedra

É uma suculenta, planta que armazena água nas folhas e caules, que tem o formato parecido com o de uma rosa. É muito usada para fazer arranjos em vasos com outras suculentas e cactos. Deve ser regada apenas uma vez por semana, pois a umidade pode apodrecer suas raízes. Não tolera muito sol.

E você vai perceber que se dedicar alguns minutos a jardinagem é muito bom para você, os resultados não tem como ser calculados, somente há possibilidade de experimentar o quanto bom é o resultado final.

Então não espere muito é dedique-se um tempo a descobrir o quanto é bom a jardinagem para sua vida.

Pesquisar mais textos:

Rodrigo Junio Ferreira

Título:Jardinagem Fonte de Vida

Autor:Rodrigo Junio Ferreira(todos os textos)

Imagem por: delphaber

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Briana AlvesBriana

    13-10-2014 às 04:43:33

    É tão gratificante nós mesmos realizarmos a jardinagem. Essa atividade relaxa, gera prazer e o resultado nos deixa muito felizes. Vale a pena!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios