Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Literatura > Machado de Assis: Pensamentos E Citações

Machado de Assis: Pensamentos E Citações

Categoria: Literatura
Machado de Assis: Pensamentos E Citações

Um dos maiores nomes da literatura brasileira, Joaquim Maria Machado de Assis, teve grande contribuição com suas obras. Nasceu no dia 21 de junho de 1839 e chegou a falecer no dia 29 de setembro de 1908.

Foi escritor, crítico literário, cronista, novelista, dramaturgo, poeta, romancista, contista, jornalista e folhetinista. Suas obras mais conhecidas são: Memórias Póstumas de Brás Cubas, Dom Casmurro, Quincas Borba, Esaú Jacó, Helena.

Pensamentos e citações de Machado de Assis

“Não precisa correr tanto, o que é seu às mãos lhe há de vir...”

“A gratidão de quem recebe um benefício é bem menor que o prazer daquele de quem o faz”

“O dinheiro não traz felicidade — para quem não sabe o que fazer com ele”

“A arte de viver consiste em tirar o maior bem do maior mal”

“As melhores mulheres pertencem aos homens mais atrevidos”

“A primeira condição de quem escreve é não aborrecer”

“Não se ama duas vezes a mesma mulher”

“Eu gosto de olhos que sorriem, de gestos que se desculpam, de toques que sabem conversar e de silêncios que se declaram”

“A ausência diminui as paixões medíocres e aumenta as grandes, como o vento apaga as velas e atiça as fogueiras”

“Defeitos não fazem mal, quando há vontade e poder de os corrigir”

“Pois o silêncio não tem fisionomia, mas as palavras muitas faces...”

“Há coisas que melhor se dizem calando. As feridas do coração, como as do corpo, deixam cicatrizes. Nossos corpos são nossos jardins, cujos jardineiros são nossas vontades”

“A primeira glória é a reparação dos erros”

“Trata de saborear a vida; e fica sabendo, que a pior filosofia é a do choramingas que se deita à margem do rio para o fim de lastimar o curso incessante das águas. O ofício delas é não parar nunca; acomoda-te com a lei, e trata de aproveitá-la”

“Não há alegria pública que valha uma boa alegria particular”

“O Mestre deve ser meio sério, para dar autoridade à lição e meio risonho, para obter o perdão da correção”

“Não importa ao tempo o minuto que passa, mas o minuto que vem”

“Espere o homem certo chegar, aquele que é valente o bastante para escalar até o topo da árvore”

“_Mas a tristeza é necessária à vida...”

“Entretanto, vida diferente não quer dizer vida pior;”


Adriana Santos

Título: Machado de Assis: Pensamentos E Citações

Autor: Adriana Santos (todos os textos)

Visitas: 0

356 

Comentários - Machado de Assis: Pensamentos E Citações

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Fine and Mellow

Ler próximo texto...

Tema: Música
Fine and Mellow\"Rua
"O amor é como uma torneira
Que você abre e fecha
Às vezes quando você pensa que ela está aberta, querido
Ela se fechou e se foi"
(Fine and Melow by Billie Holiday)

Ao assistir a Bio de Billie Holiday, ocorreu-me a questão Bluesingers x feminismo, pois quem ouve Blues, especialmente as mais antigas, as damas dos anos 10, 20, 30, 40, 50, há de pensar que eram mulheres submissas ao machismo e maldade de seus homens. Mas, as cantoras de Blues, eram mulheres extremamente independentes; embora cantassem seus problemas, elas não eram submissas a ponto de serem ultrajadas, espancadas... Eram submissas, sim, ao amor, ao bom trato... Essas mulheres, durante muito tempo, tiveram de se virar sozinhas e sempre que era necessário, ficavam sós ou mudavam de parceiros ou assumiam sua bissexualidade ou homossexualidade efetiva. Estas senhoras, muitas trabalharam como prostitutas, eram viciadas em drogas ou viviam boa parte entregues ao álcool, merecem todo nosso respeito. Além de serem precursoras do feminismo, pois romperam barreiras em tempos bem difíceis, amargavam sua solidão motivadas pelo preconceito em relação a cor de sua pele, como aconteceu a Lady Day quê, quando tocava com Artie Shaw, teve que esperar muitas vezes dentro do ônibus, enquanto uma cantora branca cantava os arranjos que haviam sido feitos especialmente para ela, Bilie Holiday. Foram humilhadas, mas, nunca servis; lutaram com garra e competência, eram mulheres de fibra e cheias de muito amor. Ouvir Billie cantar Strange Fruit, uma das primeiras canções de protestos, sem medo, apenas com dor na alma, é demais para quem tem sentimentos. O brilho nos olhos de Billie, fosse quando cantava sobre dor de amor ou sobre dor da dor, é insubstituível. Viva elas, nossas Divas do Blues, viva Billie Holiday, aquela que quando canta parte o coração da gente; linda, magnifica, incomparável, Lady Day.

O amor vai fazer você beber e cair
Vai fazer você ficar a noite toda se repetindo

O amor vai fazer você fazer coisas
Que você sabe que são erradas

Mas, se você me tratar bem, querido
Eu estarei em casa todos os dias

Mas, se você continuar a ser tão mau pra mim, querido
Eu sei que você vai acabar comigo

Pesquisar mais textos:

Sayonara Melo

Título:Fine and Mellow

Autor:Sayonara Melo(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios