Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Internet > Eleições 2016- EUA

Eleições 2016- EUA

Categoria: Internet
Eleições 2016- EUA

Em 2008, o presidente Obama tanto prometeu o que nos facilitaria a nossa vida e, se caso houvesse ocorrido a crise da imigração nesta época, ele permitiria a entrada deles sem complicações, porém como já sabemos, isso não ocorreu nessa época e, por incrível que pareça, ele não governa o país sozinho, então algumas coisas que havia prometido, a Câmara vetou.

No mesmo ano havia no país onze milhões de pessoas que haviam atravessado a fronteira de forma ilegal para se tornarem cidadãos americanos para melhorarem suas vidas e essa foi sua batalha no congresso e para que ele conseguisse que esse plano de governo fosse votado para ser aprovado, ele teve de pensar no retorno de tudo isso, visando o lucro e o isso foi o fato que o reelegesse em 2012.

E agora em 2016, ele não foi escolhido para a disputa para que se reelegesse pela segunda vez e a Hillary, por uma coincidência tem o mesmo pensamento para o seu plano de governo para que seja eleita, então ela iria apenas continuar o que, com muita luta o Obama começou a fazer com muita luta em 2008 , mas é aquela coisa que não muda, independente, estando em qualquer parte do mundo, então para mim, essas promessas são como falácias por nem sempre ocorrer por devido fato de os políticos tirarem proveito tudo até por detrás das cortinas e, também podemos comparar ao clichê presente sempre em novelas, por isso que pergunto que se caso fosse um dos candidatos, o que faria em relação à Casa Branca?

Esse clichê a que refiro no texto está possibilitando a vitória de Clinton para que consiga ser eleito por seu partido na briga pela presidência que nada se compara ao desenho do esquema aqui no Brasil onde os candidatos são escolhidos pelos próprios partido em decorrência há cada jogo de interesse e isso acaba excluindo a população, o que na minha opinião acaba que deflagrando uma mentirosa e mesquinha democracia que nunca existiu de verdade já que os candidatos são escolhidos decorrente ao interesse de cada um.

Mas, voltando ao assunto do artigo, no treze de maio do ano passado, Clinton, ao saber de sua vitória na região da Carolina do Sul, ela disse afirmando aos quatro ventos que o candidato que for eleito por cada partido, aquele que optar por governar para todos, sem a exclusão de minorias.

Agora, chega de falar dessa grande mulher, pois antes que forme qualquer opinião, você que queira votar mesmo não estando em terras americanas e ainda quer votar, conheça os outros políticos.

O maior objetivo deles, além da que eu disse no texto todo, é também de aniquilar essa monstruosa crise econômica que já encheu o saco e que vive sendo a sombra de todos os políticos.


Kaique Barros

Título: Eleições 2016- EUA

Autor: Kaique Barros (todos os textos)

Visitas: 0

0 

Comentários - Eleições 2016- EUA

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.