Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Internet > A Insegurança

A Insegurança

Categoria: Internet
Visitas: 2
A Insegurança

A Insegurança

Há anos atrás saímos às ruas com a certeza de que chegaríamos em casa bem, embora estivéssemos vivendo um período em que o país havia se inflamado com o início de uma ditadura que invadiu nossas vidas sem eira nem beira, porém havíamos a certeza de que chegaríamos em nossos lares, mas era impossível saber se era sem nenhuma bala perfurada em nosso peito já que havia uma dezena de militares no comando dessa nave que é conhecido por Brasil.

Hoje, quando saímos às ruas não sabemos se nós voltamos para casa já que essa nave conhecida como Brasil se encontra sem o comandante que se encontra com o bumbum também sujo. A vida por ser um dilema sobrenatural faz sentido a essa inflamação dentro de seu poder de fogo com a investigação da Lava-Jato que, ao comando do juiz Sérgio Moro começou a metralhar em direção aos quem foram eleitos por todos nós que somos cegos; surdos e mudos, mas assim como vocês é impossível compreender quem da cúpula mandou iniciar sendo que o bumbum de todos ali se encontram todas sujas como as de bebês recém-nascidos ou de porcos que mesmo estando longe nós parece fazer com que nós o sintamos o seu perfume que nem mesmo agrada aos urubus a quais se parecem ser.

No entanto, mesmo que nós sabemos de tudo isso, nós votamos e, novamente, o colocamos lá talvez por conta da tamanha burocracia a clamada por sua obrigatoriedade de exercer um direito que nem, mesmo se parece já que somos libertos e nós temos que nos responsabilizar por tudo que fazemos, por que há uma certa obrigatoriedade em votar mesmo sabendo que, independente das mudanças dessa cúpula as coisas mudaram?

Se há tanta coisa escondida dentro do cubo - Que seria o Brasil, por que ainda tentam de tudo nos manipular?

Encerro esse texto meio doido- Risos. Parabenizando o Juiz Sérgio Moro que mostra e exerce a força que nós temos de escolha exercendo um direito que é nosso já que o Brasil é o país a qual escolhemos para morar e viver, mas com tanta porcaria dentro desse sanitário, temo que um dia expluda, exterminando toda essa raça política dos três poderes já que, ao lado judiciário somente o juiz que em meio de trancos e barrancos exerce um direito nosso de acesso às explícitas informações.


Kaique Barros

Título: A Insegurança

Autor: Kaique Barros (todos os textos)

Visitas: 2

0 

Comentários - A Insegurança

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Ler próximo texto...

Tema: Informática
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?\"Rua
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Bom, Não é de hoje que tecnologia vem surpreendendo a todos nós com grandes revoluções e os custos que diminuem cada vez mais.
Hoje em dia é comum ver crianças com smarthphones com tecnologia que a 10 anos atrás nem o celular mais moderno e caro do mercado tinha.
Com isso surgiram sugiram vários profetas da tecnologia e visionários, tentando prever qual será o próximo passo.

E os filmes retratam bem esse tema e usam essa formula que atrai a curiosidade das pessoas.
Exemplos:

Minority report - A nova lei de 2002 (Imagem)

Transcendence de 2014

Em Transcendence um tema mais conspiratório, onde um ser humano transcende a uma consciência artificial e assim se torna imortal e com infinita capacidade de aprendizagem.
Vale a pena ver tanto um quanto o outro filme. Algumas tecnologias de Minority Report, como utilizar computadores com as mãos (caso do kinect do Xbox 360 e One) e carros dirigidos automaticamente, já parecem bem mais próximo do que as tecnologias vistas em Transcendence, pois o foco principal do mesmo ainda é um tema que a humanidade engatinha, que é o cérebro humano, a máquina mais complexa conhecida até o momento.

Eu particularmente, acredito que em alguns anos teremos realmente, carros pilotados automaticamente, devido ao investimento de gigantes como o Google e o Baidu nessa tecnologia.

Também acho que o inicio da colonização de Marte, vai trazer grandes conquistas para humanidade, porém grandes desafios, desafios esses que vão nos obrigar a evoluir rapidamente nossa tecnologia e nossa forma de encarar a exploração espacial, não como um gasto, mas sim como um investimento necessário a toda humanidade e a perpetuação da sua existência.

A única salvação verdadeira para humanidade e para o planeta terra, é que seja possível o ser humano habitar outros planetas, seja localizando planetas parecidos com a terra ou mudando planetas sem condições para a vida em planetas habitáveis e isso só será possível com gente morando nesses planetas, como será o caso do Marte. O ser humano com a sua engenhosidade, aprendeu a mudar o ambiente a sua volta e assim deixou de ser nômade e da mesma forma teremos que aprender a mudar os mundos, sistemas, galáxias e o universo a nossa volta.

Espero que tenham gostado do meu primeiro texto.
Obrigado à todos!
Até a Próxima!


Pesquisar mais textos:

Érico da Silva Kaercher

Título:Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Autor:Érico da Kaercher(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios