Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Informática > Como ligar o PC à televisão

Como ligar o PC à televisão

Categoria: Informática
Visitas: 2
Como ligar o PC à televisão

Tentamos a perfeição permanentemente. Nunca ficamos satisfeitos com o que temos e isso leva-nos muitas vezes a experiencias e tentativas várias. De todas as tentativas que experimentamos, a maioria pode dar um resultado extraordinário, mas muitas são as vezes em que não conseguimos levar a nossa ideia ou projecto a avante. No entanto, e se formos de espírito insistente e lutador, conseguimos concretizar a maior parte delas. Como? Experimentando, pensando, perguntando ou espreitando o que a internet nos pode ensinar.

É assim que vai poder verificar como se pode ligar um PC á televisão.

Para conseguir verificar DVD’s ou jogar os fantásticos jogos que acabou de comprar, ligar o PC á TV é uma ideia fantástica e possível. A imagem em tamanho maior e com a sensação de que estamos dentro de um jogo, naturalmente se a televisão tiver um ecrã gigante. Mesmo que o tamanho não seja muito grande, a televisão sempre é maior do que o pequeno monitor do computador.

Antes de mais, vai ter de verificar a entrada de fichas e cabos, tanto do computador e da televisão. Se a televisão for recente, as entradas que vai encontrar na parte de trás do aparelho estão preparadas para a ligação de um único cabo.

A “tomada” que vai encontrar na televisão é provavelmente um SACRT (as que têm uns pequenos pinos fininhos). Para utilizar somente um cabo para ligação, o seu PC terá de ter uma saída de TV-OUT, que significa que pode ser ligado a uma televisão.

O cabo pode ser comprado em lojas da especialidade e a ligação é quase básica.

No entanto, tanto a televisão ou o computador não tiverem saída conveniente à ligação por cabo, não desespere. Existe ainda uma outra solução. Em lojas da especialidade ou em grandes superfícies comerciais, pode encontrar os adaptadores. Estas caixinhas pequenas, servem exactamente para colocar na televisão ou no computador, de forma a que as entradas encaixem na perfeição nos cabos.

O aspecto deste adaptador é muito simples, embora quando descrito pareça complexo. Trata-se de uma pequena caixinha (quase sempre de plástico por fora), com pequenas “tomadas” de entrada e saída em dois lados.

Depois de ligar através do cabo, o computador à televisão pode acontecer a imagem não estar centrada ou ligeiramente distorcida. Nesta altura vai ter de sincronizar ou através do comando, controlar a cor e a nitidez da imagem.

Como vê, esta adaptação é simples e vai poder jogar então o seu novo jogo num ecrã digno de um rei.


Carla Horta

Título: Como ligar o PC à televisão

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 2

678 

Imagem por: pandemia

Comentários - Como ligar o PC à televisão

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: pandemia

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios