Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Flash Read > Melhor gestão do seu tempo

Melhor gestão do seu tempo

Categoria: Flash Read

Você termina as coisas dentro do tempo que você estipula? Você é um bom gerenciador de tempo?

Se sua resposta for "não" a qualquer das perguntas acima, isso significa que você não está administrando seu tempo. Aqui estão 5 dicas de como ser um melhor gestor de tempo:

1 - Crie um plano diário
Faça na parte da manhã ou, melhor ainda, a noite antes de dormir. O plano dá uma boa visão geral de como o dia vai ocorrer como você quer.

2 – Dê um limite de tempo para cada tarefa
Seja claro quanto a executar e terminar tarefa X às 10h, a tarefa Y em três horas, e no item Z às 17h. Isso evita que o seu trabalho tome outro rumo!

3 - Use um calendário
Ter um calendário é o passo mais fundamental para o gerenciamento de suas atividades diárias.

4 - Use um organizador
É a sua ferramenta central para organizar as informações, listas de tarefas, projetos e outros diversos itens.

5 - Conheça os seus prazos
Quando você precisará concluir as suas tarefas? Marque os prazos claramente no seu calendário e organizador para que você saiba quando você precisa acabar com elas.


Kizua Urias

Título: Melhor gestão do seu tempo

Autor: Kizua Urias (todos os textos)

Visitas: 0

605 

Comentários - Melhor gestão do seu tempo

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O Mundo

Ler próximo texto...

Tema: Internet
O Mundo\"Rua
O tão aclamado pelos seus mistérios e que continua a nos surpreender o mundo que não é tão somente cheio de pessoas há apenas sonhar em si próprio, mas sim também no seu próximo que poderia ser qualquer pessoa de seu convívio, mas que o laço que enlaça que enlaçai-nos próximo pode ser o mesmo que pela discórdia se deslaça, nunca mais enlaçando [...]

Não mais unidos de uma maneira sagrada assim como é o nosso convívio com as crianças que enlaça em Cristo, que com a idade vai se deslaçando, como uma semente que após um tempo cresce e dá frutos que pode ser não muito boas, apodrecendo, mas que se cuidarmos com certeza dará bons novos frutos.

Não pense que assim são somente as plantas, mas como também, é todo ser humano, pois o consentimento do que é o tal mundo esmero depende de cada gás carbônico expirado não só pelo, mas sim pela alma, cônjuge do Espírito que pode ser Santo ou não, pois já como temos o livre-arbítrio nós que decidimos se deixemos que Ele nos habite ou não para trilhar o Bem ou não mesmo que, embora Ele esteja sempre conosco, embora não vejamos e não aceitamos por apenas sentir e não o reconhecer através de nossos atos.

Costumo definir o mundo de acordo com o que vivo e não vivo, por não haver ainda a oportunidade de viver sem me arrepender já que querer não poder. Não sei como definir o mundo mesmo que o mundo seja o que eu e você estejamos vivendo mesmo sem querer viver o que vive, pois sei bem o que é isso porque vivo há caminhar de olhos vendados fazendo o que querem pra mim sem levar em consideração o que penso ou deixo de pensar por algo tão, às coxas de tão impensado seja o meu impulso como é essa agora de querer escrever porcarias mesmo que o foco sempre seja o mesmo que nada mais é do que desvendar o mundo que não conheço embora eu viva ele inconstantemente para descobrir dele mais, e mais, sem parar [...]. Sem que haja intervalos como em um jogo de futebol.

Pesquisar mais textos:

Kaique Barros

Título:O Mundo

Autor:Kaique Barros(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios