Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Eventos > Como Economizar no Casamento?

Como Economizar no Casamento?

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Eventos
Como Economizar no Casamento?

Muitos são os casais que durante todo o tempo de namoro, sonharam em casar. No entanto e perante uma situação frágil no que diga respeito à economia financeira da vida de cada um, este sonho acaba por ser adiado e depois de viverem juntos… bem aí casar é ainda mais difícil.

Existem no entanto algumas ideias que lhe podem proporcionar um dia em grande para que casar seja a realidade de um sonho por concretizar. Veja algumas dicas.
Verifique os convidados que quer que compareçam. Faça um casamento mais informal e convide quem acha de facto indispensável para o grande dia.

Escolha um dia que não seja no auge de todos os casamentos. Como ninguém quer correr riscos com a temperatura e o tempo, muitos são os casais que escolhem as alturas de verão. Opte pelo inicio do Outono. Os dias ainda estarão quentes e os preços de catering são mais baratos.

Tem algum familiar ou amigo que têm um grande jardim? Peça emprestado para a festa. Comprometa-se a deixar tudo em ordem depois da cerimónia. Assim, poupa dinheiro no aluguer do espaço e só terá de pagar o catering.

Escolha ementas que sejam deliciosas mas não muito caras. Estude o numero de convidados e o que a empresa de catering tem para oferecer.

Decoração para igreja ou local da festa? Escolha flores da estação pois são mais baratas.
Peça para que os arranjos de flores das mesas sejam mais pequenos. Desta forma os convidados poderão levá-los como lembrancinhas. Também pode optar por ser você e as amigas a fazer as lembrancinhas. Alguma de vocês terá jeito para a coisa, certo?

Quanto aos fatos e vestido, podem ser alugados. Se esta ideia não lhe interessa, uma boa costureira sai mais barato que muito Ateliers de costura.

Faça os convites do seu computador. Existem vários na internet se os pesquisar. Na altura de imprimi-los faça-o com profissionais, mas peça um pequeno desconto.

Peça ajuda ás amigas para organizar tudo. Compre um caderninho para apontar tudo e todos os detalhes deverão ser tidos em conta. Tirem da internet várias listas de preparativos e reúnam-se. Com toda a certeza elas irão ajudá-las. Ser a própria organizadora do seu casamento pode ser trabalhoso, mas ficará muito mais barato.

Contrate um fotografo de qualidade, mas peça-lhe que as fotos sejam simples, para que não existam custos de última hora.

Quanto á musica, e se o orçamento não permitir contratar um DJ, peça a um amigo que tenha muito jeito para colocar musica. Peça-lhe que grave vários e diversos cd’s para que o som seja uma constante equilibrada no seu casamento.

Em todos e quaisquer lugares peça pequenos descontos, verifique muito bem os orçamentos e aproveite promoções e ofertas.


Carla Horta

Título: Como Economizar no Casamento?

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 0

604 

Comentários - Como Economizar no Casamento?

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O meu instrumento musical avariou!

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Instrumentos Musicais
O meu instrumento musical avariou!\"Rua
É inevitável que, mais cedo ou mais tarde, um instrumento musical precise de reparação.

Mesmo que conheçamos bem o nosso instrumento e o consigamos arranjar, na maioria das vezes é necessário um técnico para o fazer com a melhor das qualidades.

Eventualmente, nem será necessário existir um problema com o instrumento, poderá ser apenas uma questão de manutenção. 

No caso de uma guitarra, por exemplo, qualquer instrumentista é perfeitamente capaz de substituir uma corda partida e tirar da guitarra o mesmo som que ela tinha.

No entanto, existem reparações, seja uma amolgadela no tampo ou uma tarraxa arrancada, que convêm ser feitas por técnicos especializados.

Por norma, as próprias casas que vendem instrumentos musicais efectuam essas reparações ou são capazes de aconselhar técnicos para as fazer.

Mediante o instrumento musical em questão, a reparação ou manutenção poderá ser mais cara. É sempre mais fácil arranjar um técnico que repare um piano do que um que arranje oboés.

Apesar de ser normal cuidar do nosso instrumento musical regularmente, os percalços acontecem todos os dias. Para os contornar, há sempre alguém que nos poderá aconselhar melhor do que nós próprios.

Apesar de poder sair mais caro, temos também a certeza de que o nosso instrumento foi arranjado por especialistas no assunto.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:O meu instrumento musical avariou!

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • luiz fabiano 18-02-2012 às 15:48:28

    boa tarde amigos preciso de um cabo flex da lcd da camera g70 se aulguem tiver mande um email obrigado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios