Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Evangélicas > Ser Igual A Deus

Ser Igual A Deus

Categoria: Evangélicas
Comentários: 2
Ser Igual A Deus

“Por isso, pois, os judeus ainda mais procuravam matá-lo, porque não somente violava o sábado, mas também dizia que Deus era seu próprio Pai, fazendo-se igual a Deus.” (João 5.18)

Para o diabo é um absurdo e inadmissível alguém ser gerado pelo Espírito Santo a fim de se tornar um filho de Deus assim como o Senhor Jesus. Os judeus mesmo vendo o próprio Filho de Deus e mesmo estando diante de sua presença maravilhosa preferiram odiá-lo e matá-lo do que buscar, adorar e exaltar o seu santo nome. E ainda há pessoas que acham que a religião é algo provido de Deus. Os judeus estavam cegamente perdidos em suas religiões e por isso mesmo não conseguiam atentar para as grandes obras de salvação operadas por Cristo.

A religião faz o que o diabo mais quer que é cegar o entendimento humano para que não venha as pessoas crerem na Palavra de Deus e viverem seus propósitos. Em vez de adorar ao Senhor Jesus os judeus queriam matá-lo, isto é, exatamente fazer o que o diabo tanto quer. Como pode não é? Aqueles que deveriam servir a Deus querendo matar o Ungido que veio para salvar o mundo do pecado. É este o resultado da religião que foi inspirada pelo diabo no coração do homem com o intuito de confundir completamente o coração enganoso do ser humano. A religião veio do próprio inferno.

Somente podemos ser igual a Deus, isto é, verdadeiramente filhos da Luz quando vivemos tudo o que Ele nos ensinou. E acima de tudo só podemos ser filhos de Deus se nascermos de seu Santo Espírito. Os judeus tinham uma religião, eles tinham uma experiência com a religiosidade aparentemente provida de Deus, mas não tinham o DNA divino que é o Espírito Santo.

Do que adianta crer em Deus e não ser guiado pelo seu Espírito? Do que adianta ler a Bíblia sem ter a direção de Deus? Do que adianta frequentar uma igreja sem ter o caráter e frutos do Senhor Jesus? Deus não enviou seu Filho Amado para ser morto e ressuscitado para nos apresentar uma religião que para nada serve e sim nos trouxe o poder de salvação por meio de nossa fé e sacrifício de vida. Ser igual a Deus requer ser cheio de seu Espírito e ser filho legítimo de Deus requer novo nascimento. Precisamos morrer para este mundo e matar nossa velha criatura se de fato queremos pertencer completamente ao Senhor Jesus. A escolha é nossa: viver uma religião ou ser filho de Deus. Crer em Deus, isto é, ter uma religião é para todos, mas viver com Deus, isto é, ser filho de Deus é somente para aqueles que deixaram o Senhor Jesus escolher e capacitar para a sua Glória.

Quando recebemos a unção do Espírito Santo automaticamente nos tornamos um só com Deus Pai. Quem nos olha precisa ver o Pai ou tem algo errado conosco. Não se podia esperar dos judeus alguma característica do Pai, pois estavam vivendo a vontade do diabo. Quando as pessoas do mundo olham para você o que enxergam? Será que a sua vida tem exalado a essência do Pai Eterno?

Dizer que é filho de Deus é fácil, o difícil mesmo é mostrar isso por meio de sua própria vida! Se as suas características não batem com suas palavras é certo que você é mais um religioso assim como os judeus que abriam a boca para falar que eram filhos de Abraão, mas no seu coração estavam com o desejo de matar o próprio Senhor Jesus. Quando somos filhos de Deus incomodamos quem pertence as trevas. Quem é realmente nascido do Espírito Santo deixa os filhos da perdição irados porque esses não suportam estar por perto.

Do que adianta os judeus guardarem o sábado se não estavam guardando o Senhor Jesus dentro de seu coração? Do que adianta você viver uma rotina como uma pessoa que crê se não vive a vontade de Deus? Mais do que ler a Bíblia, crer em Deus, frequentar igreja, fazer oração é render sua vida aos pés de Jesus.

Quando somos gerados pelo Espírito Santo nos tornamos filhos de Deus e naturalmente o mundo passa a nos odiar. As pessoas viram as costas para nós e passam a nos odiar como nunca antes. Quando nos tornamos nascidos de Deus aqueles que eram para nos ajudar fazem de tudo para amarrar a nossa vida através de palavras negativas e dúvidas justamente para nos fazer cair.

É exatamente o que aconteceu com Jesus no deserto onde foi guiado pelo Espírito Santo. Ele como nascido de Deus enfrentou as afrontas de Satanás que fazia de tudo para que parasse e desistisse da Missão de salvar os pecadores. No momento em que você recebe o Espírito do Altíssimo todo o inferno estremece porque acaba de perder mais uma alma para o reino dos céus. O diabo faz de tudo para que uma alma não alcance a Deus e por isso luta para que no momento da entrega ao Senhor Jesus muitos se distraem e percam a bênção maior.

É neste sentido que podemos entender que no momento em que acontece diversas coisas para nos tirar o foco é o momento onde o Espírito Santo está prestes a se manifestar em Glória.

Portanto, não permita com que as distrações deste século te desviem do seu foco espiritual porque a bênção espiritual pode estar a uma palavra de sua boca em adoração a Deus. Mesmo com tantas dificuldades a atravessar para ser Filho de Deus continue a se entregar! Pague o preço que for preciso, mas jamais deixe a oportunidade que Deus está te dando morrer.

O próprio Senhor Jesus Cristo não desistiu de nós quando se entregou sem reclamar na cruz do Calvário. Por que nós vamos olhar para trás? Não temos o direito de negar tão grande amor! Se não fosse o sacrifício do Senhor Jesus estaríamos perecendo nas trevas até hoje e nunca seríamos dignos de ser chamados de filhos de Deus. A religião concebe o direito de agradarmos a nossa vontade e a verdadeira fé no Senhor Jesus nos concebe o direito de ser chamados de filhos de Deus.

Ser igual a Deus não é questão de sermos perfeitos e sim de ser separados deste século exclusivamente para atender a Palavra de Deus. Ser Igual a Deus é seguir seus caminhos, viver em humildade, praticar a justiça, ou seja, viver os planos de Deus por toda a vida.


Natanael Genoel

Título: Ser Igual A Deus

Autor: Natanael Genoel (todos os textos)

Visitas: 0

558 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • Adriana SantosAdriana dos Santos da Silva

    29-06-2014 às 17:05:07

    Penso que ser igual a Deus é seguir os passos de Cristo. Sua marca, o amor, deve ser nosso maior alvo de vida. Só mesmo o Espiríto Santo nos mantém obedientes a Deus, pois humanamente falando - somos imprestáveis, egoístas.

    ¬ Responder
  • Natanael GenoelNatanael Genoel

    09-10-2014 às 04:12:46

    Exatamente escritora Adriana dos Santos :D Sem o sacrifício de nossa vida na mão de Deus não podemos segui-Lo.

    ¬ Responder

Comentários - Ser Igual A Deus

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como Solicitar O Seguro Desemprego - Passo A Passo!

Ler próximo texto...

Tema: Utilidades Domésticas
Como Solicitar O Seguro Desemprego - Passo A Passo!\"Rua
O seguro desemprego é instituído pela Lei Nº 7.998, de 11 de janeiro de 1990 e que tem por finalidade prover a assistência financeira temporária ao trabalhador desempregado sem justa causa. Foi sancionado pelo presidente da República do Brasil e também é regido pela Consolidação das Leis Trabalhistas – CLT.

Este benefício é concedido a todo e qualquer trabalhador que foi dispensado apenas em regime de sem justa causa ou quando houver acordo judicial e o juiz autorizar o pagamento devido ao ex-trabalhador da empresa.

Sua duração é de 3(três) a 5(meses) de forma contínua e dependerá do tempo em que ficou empregado. O valor mensal é calculado conforme o que o trabalhador ganhava durante o período em que estava empregado.

Essa assistência financeira e temporária tem algumas regras, por isso, é muito importante conhecê-la antes mesmo de solicitá-la nos órgãos responsáveis.

Para ter direito ao benefício:


- Precisa ter a carteira devidamente assinada da empresa;
- Ter trabalhado durante 6 meses na empresa (no mínimo);
- Não ter recebido esse benefício no período de 16(dezesseis) meses ininterruptos;
- Ter sido dispensado sem justa causa.

Quem tem direito ao benefício:


- Os trabalhadores demitidos sem justa causa;
- O pescador artesanal; e
- O empregado doméstico, desde que o empregador esteja recolhendo o Fundo de Garantia de Tempo de Serviço (FGTS).

Como solicitar – Passo a passo:


1) Dirija-se à qualquer Caixa Econômica Federal ou ao M.T.E (Ministério do Trabalho e Emprego) da sua cidade munidos dos seguintes documentos:
- Rescisão contratual, carteira de trabalho devidamente dado baixa com a data de saída e assinada e carimbada pela empresa, as duas vias do seguro desemprego preenchido e fornecido pela empresa, cartão do PIS/PASEP ou o cartão cidadão, extrato do recebimento do pagamento do FGTS, comprovante de residência e os últimos 3 (três) contra-cheques;
2) Entregue todos esses documentos ao atendente. Eles vão fornecer o protocolo de entrada do seguro desemprego, vão lhe dizer quantas parcelas você tem direito e a data que você receberá a primeira (30 dias).

Bem, apenas isso e agora é só esperar para o recebimento do pagamento das parcelas. Para consultar, acesse este link: http://granulito.mte.gov.br/sdweb/consulta.jsf
Digite com seu número de PIS/PASEP e logo abaixo com o código no visor e clique em consultar. Vai abrir outra tela com as informações das parcelas.

Pesquisar mais textos:

Briana Alves

Título:Como Solicitar O Seguro Desemprego - Passo A Passo!

Autor:Briana Alves(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios