Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Evangélicas > Médico De Pecadores

Médico De Pecadores

Categoria: Evangélicas
Comentários: 2
Médico De Pecadores

"Os escribas dos fariseus, vendo-o comer em companhia dos pecadores e publicanos, perguntavam aos discípulos dele. Por que come [e bebe] ele com os publicanos e pecadores?" (Marcos 2.16)

Jesus incluiu em seu ministério homens pecadores, simplesmente porque não existia ninguém perfeito. Somente encontramos perfeição em Deus. Apesar de ter em sua companhia homens pecadores, Jesus nunca deixou o seu coração ser influenciado pelos delitos, pelo contrário lutava para influenciar o interior de seus seguidores.

Devemos analisar com quem temos andado e quem temos incluído em nossa vida, e fazer como Jesus: refletir a salvação através do Espírito. Se percebermos que em vez de influenciar, temos sido influenciados, alguma coisa está errada. Jesus tinha os discípulos como companheiros, porém sua comunhão era com o Pai Celestial, isto é, não passava seu tempo em contato com os discípulos, mas se dedicava com todas as forças na sua entrega ao seu Pai.

Os escribas dos fariseus foram tão orgulhosos que pensavam serem "perfeitos" ou melhores que os pecadores e publicanos que estavam com Jesus. Eles queriam produzir dúvidas dentro do coração de Jesus indo contra a prática onde Cristo comia com os pecadores. Hipócritas, não?

A razão de muitas criaturas não terem se entregado ao Senhor Jesus é essa: o orgulho. Quando não é o orgulho, é a luta na consciência imposta pela voz do diabo tentando falar e argumentar que Jesus nunca vai perdoar seus graves erros. Você nunca vai viver com Deus enquanto estiver em contato com os escribas dos fariseus, que são as pessoas ímpias que não creem nem desejam seguir a Deus.

Imagine se Jesus desse ouvidos aos escribas? Estaríamos perdidos! Mas, o filho de Deus em Espírito mostrou o seu grande amor por todos nós, miseráveis pecadores quando disse: "Os sãos não precisam de médico, e sim os doentes; não vim chamar justos, e sim pecadores." (Marcos 2.17). Você pode se considerar a pior criatura que existe! Para Jesus há grande valor dentro de ti. Ele te chama e morreu para te salvar.

Seja amigos, seja colegas de trabalho, seja familiares, seja quem for! Não deixe ninguém te desanimar a seguir as pisaduras de Jesus. Se vier alguém te condenando de algo que você fez, dê logo um fora e ignore! Pois, Jesus já te perdoou e te chamou, basta obedecer. Os "colegas" de Jesus que eram seus discípulos sempre buscavam estar em sua companhia. Faça o mesmo! Eles muita das vezes foram humilhados e condenados pelos fariseus e escribas, filhos do diabo, mas Cristo sempre os defendiam. O Espírito Santo quer trabalhar na vida de cada ser humano.

Todavia, a obra do Espírito só pode ser operada no coração do pecador que se arrepende e no interior dos que sofrem em sua alma. Lance fora todo o seu orgulho e se humilhe perante a Deus e verás grandes maravilhas acontecer.

Aqueles que vivem em companhia com o Senhor Jesus sempre estarão sujeitos a julgamentos, perseguições e condenações. Ou acha que o diabo fica satisfeito em ver almas seguindo a Deus e recebendo a salvação? O maligno trabalha pesado todo dia contra as nossas fraquezas para tentar nos iludir e nos distanciar da vontade de Deus.

Como vencer os maus pensamentos, as perseguições e as dificuldades que Satanás tenta provocar contra nós? Com a arma espiritual, isto é, a palavra de Deus.

Resista tudo o que vier com o objetivo de minar sua fé. Jesus já fez a parte Dele e conta conosco para seu poder se manifeste em nossa vida. O Senhor Jesus nos deu condições necessárias e suficientes para segui-Lo. Ele nos forneceu: Seu Santo Espírito e Sua Santa Palavra. Com toda essa virtude como desistir de Deus?

Portanto, Jesus é essencial para o nosso viver. Podemos padecer de tanta aflição causada pelos filhos deste mundo, mas nada abala o nosso ser quando estamos firmados em Cristo. Os escribas e fariseus sempre distribuirão veneno com suas palavras negativas ao mundo e aqueles que ouvirem seus discursos podres cairão no fundo do abismo. Muitos que dizem crer em Deus tem dado brechas para o fermento deste século e sido enganados pelo corrupto coração.

Viva em comunhão com o Senhor Jesus! Quem deseja isso precisa se esvaziar de si e abandonar as práticas deste mundo. Não seja mais um em meio a multidão. Jesus te chamou, somos pecadores e mesmo não merecendo nada, Ele nos abraça pela intensidade de nossa fé.


Natanael Genoel

Título: Médico De Pecadores

Autor: Natanael Genoel (todos os textos)

Visitas: 0

568 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • Adriana SantosAdriana dos Santos da Silva

    29-06-2014 às 19:00:15

    Ele é o médico perfeito para curar nossas feridas. Amei o texto!

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãogil (google man)

    23-06-2014 às 01:28:57

    ok este texto evangélico adoro eu amo deus e jesus, eu a mo a família, os passados o mundo, eu amo a Vida

    ¬ Responder

Comentários - Médico De Pecadores

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Penumonia, as suas causas, sintomas e tratamento

Ler próximo texto...

Tema: Saúde
Penumonia, as suas causas, sintomas e tratamento\"Rua
A pneumonia é uma infecção bacteriana ou viral dos pulmões. Os sintomas podem incluir febre, calafrios, falta de ar, tosse que produz fleuma e dor no peito. Geralmente, a pneumonia pode ser tratada com sucesso em casa com antibióticos, mas alguns casos podem exigir hospitalização e podem resultar em morte. Vacinas estão disponíveis contra alguns dos agentes infecciosos mais comuns que causam pneumonia.

Causas de pneumonia
A pneumonia é uma infecção das bolsas de ar nos pulmões, sendo causada por bactérias, vírus ou, raramente, fungos. A maioria dos casos de pneumonia são causados por bactérias, mais comumente Streptococcus (doença pneumocócica), mas a pneumonia viral é mais comum em crianças.
 
Qualquer pessoa pode desenvolver pneumonia, mas alguns grupos estão em maior risco. Estes incluem:
- Bebês e crianças pequenas, particularmente aqueles nascidos prematuramente
- Pessoas que tiveram uma infecção viral recente, como um resfriado ou gripe
- Fumantes
- Pessoas com condições pulmonares crônicas, como asma, bronquite ou bronquiectasias
- Pessoas com sistema imunológico enfraquecido
- Pessoas que bebem álcool em excesso
- Pacientes hospitalizados
- Pessoas que tiveram problemas de deglutição ou tosse após um acidente vascular cerebral ou outra lesão cerebral
- Pessoas com 65 anos ou mais.
A pneumonia pode desenvolver-se quando uma pessoa respira as pequenas gotículas que contêm pneumonia, mas também pode ocorrer quando bactérias ou vírus que estão normalmente presentes na boca, nariz e garganta, entram nos pulmões.

sinais e sintomas de pneumonia
A pneumonia viral tende a desenvolver-se lentamente ao longo de vários dias, enquanto que, geralmente, a pneumonia bacteriana desenvolve-se rapidamente, muitas vezes ao longo de um dia.
A maioria das pessoas que desenvolvem pneumonia, inicialmente, têm uma infecção viral, como um resfriado ou gripe, que produz sintomas como dor de cabeça, dores musculares e febre. Se uma pneumonia se desenvolver, geralmente, os sintomas incluem:
- Febre alta
- Calafrios
- Falta de ar
Aumento da frequência respiratória
- Uma tosse que piora e que pode produzir escarro descolorido ou sangrento (fleuma)
- Dores no peito causadas pela inflamação da membrana que reveste os pulmões.

Em bebês e crianças, os sintomas podem ser menos específicos e podem não mostrar sinais claros de uma infecção no peito. Comumente eles terão uma febre alta, podendo parecer muito indispostos e tornarem-se letárgicos, mas eles também podem produzir uma respiração barulhenta e apresentar dificuldade para se alimentarem.
 
Também é possível que a pele, lábios e unhas se possam tornar-se azulados. Este é um sinal de que os pulmões são incapazes de fornecer oxigênio suficiente para o corpo. Se isso ocorrer, é vital procurar assistência médica imediatamente.

Diagnóstico para pneumonia
Se houver suspeita de pneumonia, é importante procurar atendimento médico com prontidão para que um diagnóstico preciso e um tratamento adequado possam ser implementados.

O médico poderá obter um histórico médico e realizar um exame físico. Durante o exame, o médico ouvirá o tórax com um estetoscópio. Respiração grosseira, sons crepitantes, sibilos e sons respiratórios reduzidos numa determinada parte dos pulmões podem indicar pneumonia.
Geralmente, para confirmar o diagnóstico, realiza-se uma radiografia de tórax. O raio-X mostrará a área do pulmão afetada pela pneumonia. Também podem ser efectuadas análises ao sangue e uma amostra do escarro pode ser enviada para um laboratório para realização de testes.

Tratamento de pneumonia
A maioria dos casos de pneumonia podem ser tratados em casa. Entretanto, bebês, crianças e pessoas com pneumonia grave podem precisar de ser internados num hospital para tratamento.
Geralmente, a pneumonia é tratada com antibióticos, mesmo que exista suspeita de pneumonia viral, já que também pode haver um grau de infecção bacteriana. O tipo de antibiótico utilizado e a forma como será administrado serão determinados pela gravidade e causa da pneumonia.
Se a pneumonia puder ser tratada em casa, geralmente, o tratamento inclui:
- Antibióticos, administrados por via oral sob a forma de comprimidos ou líquidos
- Medicamentos para alívio da dor
- Paracetamol para reduzir a febre
- Descansar

Se for necessário tratamento hospitalar, gerlamente, o tratamento inclui:
- Antibióticos administrados por via intravenosa
- Terapia de oxigênio, para garantir que o corpo receba o oxigênio de que precisa
- Fluidos intravenosos, para corrigir a desidratação ou se a pessoa estiver muito indisposta para comer ou beber
- Fisioterapia, para ajudar a limpar o escarro dos pulmões.

Pesquisar mais textos:

José Antunes

Título:Penumonia, as suas causas, sintomas e tratamento

Autor:José Antunes(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios