Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Evangélicas > Inimigos E Estrangeiros De Deus

Inimigos E Estrangeiros De Deus

Categoria: Evangélicas
Comentários: 2
Inimigos E Estrangeiros De Deus

“E a vós outros também que, outrora, éreis estranhos e inimigos no entendimento pelas vossas obras malignas, agora, porém, vos reconciliou no corpo da sua carne, mediante a sua morte, para apresentar-vos perante ele santos, inculpáveis e irrepreensíveis.” (1 Colossenses 1.21-22)

O pior inimigo que existe não é o diabo e sim nós mesmos quando escolhemos praticar as obras malignas, isto é, viver uma vida mergulhada no pecado. Quem vive a vontade humana(carnal) inspirada pelo Maligno se torna automaticamente inimigo de Deus querendo ou não. Somente através do sangue derramado por Jesus Cristo, o Filho de Deus na cruz do Calvário somos capazes de vencer toda sorte de pecados.

Muitos conhecem a Palavra de Deus, mas insistem em viver na vida imunda. Ora, a libertação do pecado é alcançada por meio da entrega da própria vida no Altar de Deus renunciando todo o prazer carnal para viver a Verdade do Evangelho. É impossível viver uma vida livre deste século sem a lei do sacrifício. Cristo Jesus se sacrificou por inteiro no altar do Calvário e você até quando vai esperar para reconhecer esta prova de amor? Até quando aceitará viver sofrendo?

As pessoas dizem crer em Deus vivendo totalmente na direção do Maligno. O fato é que sem entrega do coração aos pés de Jesus Cristo não há purificação nem salvação. O problema da maioria é a preocupação com o exterior, pois vida com Deus exige negação do que este mundo podre oferece. E assim vivem muitos completamente iludidos achando que quando morrerem vão levar as suas riquezas junto.

Deus não está preocupado com o seu exterior que acaba e sim com o seu interior que é eterno. A nossa alma é a vida preciosa que o Senhor Jesus quer resgatar e salvar. Você está pronto para se arrepender com sinceridade? Não espere o tempo passar e sim se lance na presença de Deus neste momento. Talvez, seja a sua última chance. É a sua vez de mudar de vida.

O Senhor Jesus nos reconciliou por meio da carne de seu corpo em sacrifício e pela sua misericórdia incalculável nos concebeu o direito a salvação eterna da alma. Que maravilha! Só os tolos são capazes de desprezar esta plenitude. A morte de Cristo apagou o nosso passado enterrando os nossos pecados e a sua ressurreição gerou a verdadeira vida dentro de nós. Aleluia!

Hoje a morte da alma não pode nos atingir, pois ela pertence a Vida que é o Senhor Jesus Cristo. Os planos de Deus são perfeitos e infalíveis. Satanás fez de tudo para impedir o plano de Deus de salvar todos os pecadores por meio de seu Filho Amado, mas não conseguiu. Deus nunca perdeu nem perderá uma batalha. Sua Palavra nunca falhará. Ele te faz um vencedor e te revela a sua Glória e a sua Grandeza. Creia nisso!

Não seja inimigo de Deus praticando as obras da carne nem seja estranho vivendo no pecado. Abra os seus olhos para a realidade. Se hoje somos salvos é por causa de Jesus Cristo e se nos apresentamos a Deus é pela sua graça maravilhosa que nos santificou, isto é, nos separou deste mundo maligno.

Aqueles que receberam o perdão de Deus por meio de sua fé em arrependimento de seus pecados se tornam inculpáveis e irrepreensíveis. Que honra não é verdade? Creia neste plano, ele se realiza na vida de todos aqueles que confiam 100 % na Palavra de Deus.

Receber a Cristo não é o suficiente para manter a reconciliação. É necessário permanecer na fé praticando o Evangelho de Deus com sinceridade e temor sem olhar para os banquetes que este século apresenta. Seu valor é essencial para Deus e o sangue vertido na cruz prova isso.

Não negue este amor santo e sim a sua própria vontade que só te traz dor, sofrimento e desilusão. O mundo inteiro te abandonou, mas o Senhor Jesus Cristo sempre está ao seu lado para te receber. Amém? Receba o Perdão de Deus que te restaura por completo. Viva essa fé!


Natanael Genoel

Título: Inimigos E Estrangeiros De Deus

Autor: Natanael Genoel (todos os textos)

Visitas: 0

558 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • Adriana SantosAdriana dos Santos da Silva

    29-06-2014 às 18:08:46

    Renunciar a nós mesmos, isso nos torna amigos de Deus. Viver para Ele de todo o coração.

    ¬ Responder
  • Natanael

    29-08-2014 às 19:33:19

    Exatamente. A nossa entrega a Deus revela nossa comunhão.

    ¬ Responder

Comentários - Inimigos E Estrangeiros De Deus

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os primeiros brinquedos

Ler próximo texto...

Tema: Brinquedos
Os primeiros brinquedos\"Rua
O brinquedo é mais do que um objecto para a criança se divertir e distrair, é também uma forma de conhecer o mundo que tem ao seu redor e para dar asas à sua imaginação. Desta forma, os brinquedos sempre estiveram presentes na sociedade.

Os primeiros brinquedos datam de 6500 anos atrás, no Japão, em que as crianças brincavam com bolas de fibra de bambu. Entretanto há 3000 anos surgiram os piões feitos de argila e decorados, na Babilónia.

No século XIII apareceram os soldadinhos de chumbo, porém só eram acessíveis às famílias nobres. Cinco séculos mais tarde, apareceram as caixas de música, criadas por relojoeiros suíços.

As bonecas são muito antigas, surgiram enquanto figuras adoradas como deusas, há 40 mil anos, mas a primeira fábrica abriu apenas em 1413 na Alemanha. Barbie, a boneca mais famosa do mundo, foi criada em 1959, mas ainda hoje é das mais apetecíveis pelas crianças.

O grande boom dos brinquedos aconteceu quando se descobriu o plástico para o fabrico. Mesmo assim, muitas famílias não podiam comprar brinquedos aos filhos, como tal, estes utilizavam diversos tipos de materiais e construíam os seus próprios brinquedos.

Actualmente, as crianças têm acesso a uma enorme variedade de brinquedos, desde bonecas, a carros telecomandados, a videojogos… Educativos ou apenas lúdicos, há de tudo e para todos os gostos e preços.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Os primeiros brinquedos

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • umdolitoys 23-01-2013 às 05:46:38

    Adorei a reportagem! e tenho algo para vocês verem!!

    Espero que gostem!!!

    ¬ Responder
  • sofia 22-07-2012 às 21:56:29

    Achei muito interecante e muito legal saber que ano foi fabricadoas bonecas

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios