Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Evangélicas > A Inconfiabilidade Dos Sentimentos

A Inconfiabilidade Dos Sentimentos

Categoria: Evangélicas
A Inconfiabilidade Dos Sentimentos

“Assim diz o SENHOR: Maldito o homem que confia no homem, faz da carne mortal o seu braço e aparta o seu coração do SENHOR.” (Jeremias 17.5)

O título parece até mesmo estranho, mas é a realidade. Inconfiabilidade significa algo ou alguém que não se pode confiar. Não podemos em hipótese alguma confiar na nossa vontade carnal, pois foi a mesma que induziu Eva a comer do fruto e desobedecer a voz de Deus. A nossa vontade terrena sempre contrariará a vontade celestial. O coração que é enganoso e corrupto sempre militará contra o Espírito de Deus dentro de nós que depende da Palavra.

Confiar na nossa carne é atrair maldições para a nossa vida. Quantos não foram na sua força e perderam na vida a ponto de caírem no mais profundo fundo de poço? Quantos não se dedicaram para montar um próprio negócio ou realizar um sonho, mas por conta do que sentiu em um determinado momento da vida não desistiu de lutar? A nossa vontade errada sempre nos levará ao sofrimento em todos os sentidos. Podemos confiar somente na nossa fé que quando depositada em Deus produz grandes frutos.

O enganador chamado diabo age no coração justamente para iludir as pessoas com sentimentos aparentemente bons, porém que no final trazem catástrofes inesquecíveis. E podemos dar exemplos disso: Pessoas que se envolveram nas drogas achando que aquilo era uma boa vida, mas morreram tragicamente. Pessoas que tentaram entrar no mundo do crime achando que se dariam bem na vida hoje padecem atrás das grades. Pense nisso!

Sempre falo isso para as pessoas: Antes de sentir algo use a sua cabeça! Temos que confiar na capacidade intelectual que Deus inseriu dentro de nós. O Criador da terra, céu e mar soprou o seu fôlego de vida que é a mente e Espírito com o propósito de nos levar a raciocinar. Por isso, uma das provas da existência de Deus é a nossa consciência. Muitos vivem na contradição da Palavra de Deus simplesmente porque o seu coração que é desesperadamente corrupto ficou cheio do desejo do maligno.

A maioria da sociedade crê que o assalto, o assassinato, homicídio, vício e outras coisas piores são coisas normais que sempre teve. Mas a verdade é que tudo isso começou por inspiração do inferno! E onde tudo isso foi inspirado? Dentro do coração vazio do homem. Quando nosso coração está vazio de Deus, ele possui espaço para a entrada das trevas. Foi assim no princípio do mundo e sempre será até a volta de Jesus Cristo.

A única solução para transformar o coração corrupto em um novo coração que viva para Deus é nascendo do Espírito Santo. Muitos tentam largar os vícios confiando na força do braço e se sacrificam com todas as forças em vão. Por que? Porque os vícios e todos os problemas que levam as pessoas a sarjeta são obras espirituais das trevas.

Crer que o diabo não está agindo não quer dizer que ele deixará de agir. O inferno existe e está com a boca aberta para receber aqueles que seguiram a voz do coração corrupto. Deus colocou dentro de nós um coração capaz de ouvir a sua voz. O problema é que muitos estão se esquecendo que Deus é o Autor da Vida. Quando nos convertemos a Cristo Jesus de fato e de verdade o nosso coração carnal muda totalmente para um novo coração, um coração espiritual capaz de atender a vontade de Deus.

Converter a sua vida a Cristo Jesus não quer dizer que você não terá desejos carnais. Pelo contrário, as vontades mundanas virão mais fortes ainda, porém agora com o poder de Jesus Cristo em você nada te abala. Com Deus vencemos todo o inferno e qualquer pecado por pior que ele seja. Em Cristo podemos confiar.

Ou confiamos na nossa vontade que é falha ou confiamos na Palavra de Deus. Podemos entender que temos duas escolhas, duas direções. Ou seguimos o Caminho de Jesus Cristo obedecendo a sua Palavra ou seguimos o nosso coração ouvindo suas vontades. Ou confiamos na força de Deus ou na força do nosso braço. Não podemos confiar naqueles que não confiam em Deus.

Somente o Senhor Jesus pode nos honrar. Entenda! Deus nunca te decepciona e sim nós que O desonramos muita das vezes. Não se pode confiar na carne! Não se pode confiar nas nossas vontades e sim na inspiração dada pelo Deus Vivo. Deixar de seguir o seu coração não quer dizer que você não tenha desejo de crescer na vida. Deixar de seguir o seu coração é abandonar tudo aquilo que te afasta primeiramente de Jesus Cristo e também de seus ideais. Muitos fazem da carne mortal que é a sua força de vontade a sua razão de viver. Acredita tanto em seu potencial que investe o seu tudo, porém quando vê o resultado se decepciona. Por que? Porque maldito é o homem que confia no homem sem antes ter feito de Deus a sua própria força. Me compreende? Essa é a realidade.

Portanto, quando andamos segundo as nossas concepções automaticamente a vontade de Deus é anulada e o mal encontra espaço para agir em nossa vida. Viver uma vida enganada, viver uma vida destruída e viver uma vida contrária aquela que tanto se deseja é um fruto da desobediência por parte da pessoa.

Quem confia no seu eu corrupto sempre se frustra porque é inconstante. Não confie nas palavras dos homens! Não confie nas circunstâncias! Não valorize os seus fracassos, mas confie com todas as suas forças e de todo entendimento na Palavra que Deus outorgou que jamais falhará. Converta o seu coração pelas águas do Espírito Santo na certeza de que a sua realização chegará.

Quer ser bem-sucedido na vida? Então comece obedecendo em total confiança a voz do Espírito Santo. Leia o que diz a Bíblia: “Bendito o homem que confia no SENHOR e cuja esperança é o SENHOR.” (Jeremias 17.7) Quem confia em Deus é abençoado e quem não confia atrai maldição para a sua vida. Simples assim. Deus é Amor, mas também é Justiça! Ele não pode oferecer o melhor para todos e sim para quem faz a diferença servindo a Ele.


Natanael Genoel

Título: A Inconfiabilidade Dos Sentimentos

Autor: Natanael Genoel (todos os textos)

Visitas: 0

467 

Comentários - A Inconfiabilidade Dos Sentimentos

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como fazer disfarces de Carnaval

Ler próximo texto...

Tema: Vestuário
Como fazer disfarces de Carnaval\"Rua
O ano começa e depressa chega uma data muito ansiada principalmente pelos mais jovens: o desejado Carnaval!

Esta é uma data que os pequenos adoram e deliram com as fantasias. O problema maior é a despesa que os disfarces representam e no ano seguinte já não usarão o mesmo disfarce ou, no caso dos mais pequenos, já não lhes serve.
O melhor nesta data é mesmo reciclar e aprender a fazer disfarces caseiros utilizando truques mais económicos e materiais reciclados para preparar as fantasias dos pequenitos!

Uma sugestão para os meninos é o traje de pirata que pode facilmente ser criado a partir de peças que tenha em casa. Procure uma camisa de tamanho grande e, de preferência, de cor branca com folhos. Se não tiver uma camisa com estas características facilmente encontrará um modelo destes no guarda-vestidos de alguma familiar, talvez da avó.

Precisará de um colete preto. Na falta do colete pode utilizar um casaco preto que esteja curto, rasgue as mangas pelas costuras dos ombros. As calças devem ser velhas e pretas para poderem ser cortadas na zona das pernas para envelhecer a peça. Coloque um lenço preto ou vermelho na cabeça do menino e, de seguida, com um elástico preto e um pouco de velcro tape um dos olhos.

Para as meninas não faltam ideias originais para fazer disfarces bonitos e especiais para este dia. Uma ideia original é a fantasia de Flinstone. É muito fácil e prática de fazer e fica um disfarce muito bonito. Comece por arranjar um pedaço de tecido branco. Coloque o tecido em volta do corpo como uma toalha de banho e depois amarre num dos braços fazendo uma alça. Depois corte as pontas em ziguezague mantendo um lado mais comprido que o outro. Amarre o cabelo da menina todo no cimo da cabeça, como se estivesse a fazer um rabo-de-cavalo mas alteie-o mais. Com o auxílio de um pente frise o cabelo, pegando nas pontas e passando o pente em sentido contrário até que fique todo despenteado. Numa loja de disfarces compre um osso de plástico e prenda na fita da criança.

Pegue nos materiais, puxe pela imaginação e ponha mãos ao trabalho!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Como fazer disfarces de Carnaval

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    09-06-2014 às 04:01:21

    Não em carnaval, mas em bailes de fantasia, sempre usei o TNT. Eles são ótimos para trabalhar o corte, para costurar e deixa bem bonito!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios