Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Evangélicas > A Inconfiabilidade Dos Sentimentos

A Inconfiabilidade Dos Sentimentos

Categoria: Evangélicas
A Inconfiabilidade Dos Sentimentos

“Assim diz o SENHOR: Maldito o homem que confia no homem, faz da carne mortal o seu braço e aparta o seu coração do SENHOR.” (Jeremias 17.5)

O título parece até mesmo estranho, mas é a realidade. Inconfiabilidade significa algo ou alguém que não se pode confiar. Não podemos em hipótese alguma confiar na nossa vontade carnal, pois foi a mesma que induziu Eva a comer do fruto e desobedecer a voz de Deus. A nossa vontade terrena sempre contrariará a vontade celestial. O coração que é enganoso e corrupto sempre militará contra o Espírito de Deus dentro de nós que depende da Palavra.

Confiar na nossa carne é atrair maldições para a nossa vida. Quantos não foram na sua força e perderam na vida a ponto de caírem no mais profundo fundo de poço? Quantos não se dedicaram para montar um próprio negócio ou realizar um sonho, mas por conta do que sentiu em um determinado momento da vida não desistiu de lutar? A nossa vontade errada sempre nos levará ao sofrimento em todos os sentidos. Podemos confiar somente na nossa fé que quando depositada em Deus produz grandes frutos.

O enganador chamado diabo age no coração justamente para iludir as pessoas com sentimentos aparentemente bons, porém que no final trazem catástrofes inesquecíveis. E podemos dar exemplos disso: Pessoas que se envolveram nas drogas achando que aquilo era uma boa vida, mas morreram tragicamente. Pessoas que tentaram entrar no mundo do crime achando que se dariam bem na vida hoje padecem atrás das grades. Pense nisso!

Sempre falo isso para as pessoas: Antes de sentir algo use a sua cabeça! Temos que confiar na capacidade intelectual que Deus inseriu dentro de nós. O Criador da terra, céu e mar soprou o seu fôlego de vida que é a mente e Espírito com o propósito de nos levar a raciocinar. Por isso, uma das provas da existência de Deus é a nossa consciência. Muitos vivem na contradição da Palavra de Deus simplesmente porque o seu coração que é desesperadamente corrupto ficou cheio do desejo do maligno.

A maioria da sociedade crê que o assalto, o assassinato, homicídio, vício e outras coisas piores são coisas normais que sempre teve. Mas a verdade é que tudo isso começou por inspiração do inferno! E onde tudo isso foi inspirado? Dentro do coração vazio do homem. Quando nosso coração está vazio de Deus, ele possui espaço para a entrada das trevas. Foi assim no princípio do mundo e sempre será até a volta de Jesus Cristo.

A única solução para transformar o coração corrupto em um novo coração que viva para Deus é nascendo do Espírito Santo. Muitos tentam largar os vícios confiando na força do braço e se sacrificam com todas as forças em vão. Por que? Porque os vícios e todos os problemas que levam as pessoas a sarjeta são obras espirituais das trevas.

Crer que o diabo não está agindo não quer dizer que ele deixará de agir. O inferno existe e está com a boca aberta para receber aqueles que seguiram a voz do coração corrupto. Deus colocou dentro de nós um coração capaz de ouvir a sua voz. O problema é que muitos estão se esquecendo que Deus é o Autor da Vida. Quando nos convertemos a Cristo Jesus de fato e de verdade o nosso coração carnal muda totalmente para um novo coração, um coração espiritual capaz de atender a vontade de Deus.

Converter a sua vida a Cristo Jesus não quer dizer que você não terá desejos carnais. Pelo contrário, as vontades mundanas virão mais fortes ainda, porém agora com o poder de Jesus Cristo em você nada te abala. Com Deus vencemos todo o inferno e qualquer pecado por pior que ele seja. Em Cristo podemos confiar.

Ou confiamos na nossa vontade que é falha ou confiamos na Palavra de Deus. Podemos entender que temos duas escolhas, duas direções. Ou seguimos o Caminho de Jesus Cristo obedecendo a sua Palavra ou seguimos o nosso coração ouvindo suas vontades. Ou confiamos na força de Deus ou na força do nosso braço. Não podemos confiar naqueles que não confiam em Deus.

Somente o Senhor Jesus pode nos honrar. Entenda! Deus nunca te decepciona e sim nós que O desonramos muita das vezes. Não se pode confiar na carne! Não se pode confiar nas nossas vontades e sim na inspiração dada pelo Deus Vivo. Deixar de seguir o seu coração não quer dizer que você não tenha desejo de crescer na vida. Deixar de seguir o seu coração é abandonar tudo aquilo que te afasta primeiramente de Jesus Cristo e também de seus ideais. Muitos fazem da carne mortal que é a sua força de vontade a sua razão de viver. Acredita tanto em seu potencial que investe o seu tudo, porém quando vê o resultado se decepciona. Por que? Porque maldito é o homem que confia no homem sem antes ter feito de Deus a sua própria força. Me compreende? Essa é a realidade.

Portanto, quando andamos segundo as nossas concepções automaticamente a vontade de Deus é anulada e o mal encontra espaço para agir em nossa vida. Viver uma vida enganada, viver uma vida destruída e viver uma vida contrária aquela que tanto se deseja é um fruto da desobediência por parte da pessoa.

Quem confia no seu eu corrupto sempre se frustra porque é inconstante. Não confie nas palavras dos homens! Não confie nas circunstâncias! Não valorize os seus fracassos, mas confie com todas as suas forças e de todo entendimento na Palavra que Deus outorgou que jamais falhará. Converta o seu coração pelas águas do Espírito Santo na certeza de que a sua realização chegará.

Quer ser bem-sucedido na vida? Então comece obedecendo em total confiança a voz do Espírito Santo. Leia o que diz a Bíblia: “Bendito o homem que confia no SENHOR e cuja esperança é o SENHOR.” (Jeremias 17.7) Quem confia em Deus é abençoado e quem não confia atrai maldição para a sua vida. Simples assim. Deus é Amor, mas também é Justiça! Ele não pode oferecer o melhor para todos e sim para quem faz a diferença servindo a Ele.


Natanael Genoel

Título: A Inconfiabilidade Dos Sentimentos

Autor: Natanael Genoel (todos os textos)

Visitas: 0

467 

Comentários - A Inconfiabilidade Dos Sentimentos

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Dicas para decorar salas pequenas.

Ler próximo texto...

Tema: Decoração
Dicas para decorar salas pequenas.\"Rua
A realidade das grandes cidades é que a maioria das pessoas mora em espaços pequenos. É fato também que todos desejam ter um ambiente acolhedor e aconchegante para receber amigos. Em contrapartida, na medida em que os espaços encolhem, a quantidade de aparelhos eletrônicos que utilizamos aumenta cada vez mais. Há ainda quem use a sala como home-office.

Nesta busca de inspiração para organizar e incrementar sua sala, encontramos uma série de sites especializados e blogs com muitas, muitas ideias. O conceito de D.I.Y. (do it yourself) que significa "faça você mesmo” nunca esteve tão na moda. É uma alternativa para reduzir gastos com mão de obra e nada melhor do que criar um espaço com um toque todo seu. Inspirações e ideias não faltam. Hoje, de certa forma todos nos sentimos meio decoradores.

Mas planejar a decoração de uma sala pequena exige alguns cuidados para que o ambiente não fique entulhado de móveis, disfuncional ou até mesmo desagradável.

Confira algumas dicas para decorar sua sala com estilo e valorizando seu espaço:
Os espelhos, além da autocontemplação, causam efeitos interessantes. Aplicados, por exemplo, em uma parede inteira pode duplicar a amplitude do ambiente. Pode ser usado também em móveis, tetos, em diversos formatos e valorizar a luminosidade da decoração.

As cores tem poder de causar sensações. Em ambientes com pouco espaço, elas podem colaborar para que a sensação de amplitude possa tanto aumentar quanto diminuir. Para pintar as paredes de sua sala aposte em cores claras. O teto com uma cor mais clara que a das paredes, por exemplo, pode simular uma elevação do teto, já em uma cor mais escura, promoverá uma sensação de rebaixamento do teto.

A escolha e posição dos móveis são um aspecto muito importante. Opte por poucos móveis, nunca de tamanhos exagerados e posicione-os de forma que valorize o espaço. Móveis que misturam poucos materiais, baixos e com linhas retas proporcionam leveza ao ambiente.

Uma solução muito interessante para espaços pequenos é a utilização de prateleiras. Caixas para produtos horto frutícolas reformadas podem se tornar lindas prateleiras. Mas cuidado com a profundidade, para não atrapalhar na disposição de outros móveis e objetos.

Móveis multifuncionais ou móveis inteligentes são excelentes alternativas para uma sala pequena. Um bom exemplo são pufes, que podem ser usados como mesas de centro ou ficarem alojados debaixo de aparadores e quando recebemos visitas podem se transformar em assentos extras. Mesas dobráveis também são uma ótima opção.

Escolher o mesmo piso ou revestimento pode dar a impressão de área maior, de continuidade. Mudanças drásticas de um ambiente para outro pode causar a sensação de divisão e consequentemente fazer parecer menor.

Algumas outras dicas: um sofá retrátil ou reclinável garante muito mais conforto e ocupa o espaço de um sofá simples. Suporte ou painéis móveis para TV possibilitam que ela seja movida na direção desejável. Caso o ambiente tenha escadas, escolher um modelo de escadas vazadas evita divisões e pode se tornar uma peça de destaque na sala. E para as cortinas, escolha tecidos leves, lisas e sem estampas.

De qualquer forma, ouse, não tenha medo de arriscar, crie, não copie, só assim será seu!

Luciana Santos.

Outros textos do autor:
Dicas para decorar salas pequenas.

Pesquisar mais textos:

Luciana Maria dos Santos

Título:Dicas para decorar salas pequenas.

Autor:Luciana Maria Santos(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Carlos Rubens Neto 16-06-2016 às 16:20:24

    Excelente matéria! Parabéns Luciana ;)

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios