Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Empresariais > Trabalhar em casa é uma nova tendência

Trabalhar em casa é uma nova tendência

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Empresariais
Comentários: 3
Trabalhar em casa é uma nova tendência

Com o advento da Internet, é cada vez mais comum as pessoas procurarem maneiras de trabalhar a partir do conforto do seu lar.

Afinal as vantagens são muitas quando se trabalha em casa:

Mais tempo perto da família
Não há despesas e estresse com transporte
A pessoa determina seu horário de trabalho
Não há um patrão mal humorado pegando no seu pé
Não há colegas de trabalho invejosos e fofoqueiros

Porém nem tudo é um mar de rosas para quem decide trabalhar a partir de casa:

Risco de não levar o trabalho tão a sério como se fosse em um escritório
Como não há um patrão nem horários definidos pode se perder tempo e se distrair com futilidades que atrasam seu trabalho.
Se a pessoa não tiver uma forte disciplina, pode não conseguir bons resultados em seu trabalho e com isso acabar desanimando e achar que trabalhar em casa não dá certo
Há pessoas que sentem falta da agitação externa e do convívio com colegas de trabalho e acabam se sentindo muito solitárias.




Por isso antes de se decidir trabalhar em casa, é bom ter certeza que você estará preparado para lidar com a preguiça e a procrastinação que eventualmente podem atrapalhar em muito seu progresso.

Isso é especialmente verdadeiro se o indivíduo decidir trabalhar pela internet, como é o meu caso.

A internet é uma ferramenta maravilhosa e pode ser sua melhor amiga, mas também contém muito lixo que pode te distrair e tirar totalmente o seu foco do que realmente é importante e necessário realizar.

Eu mesmo me peguei várias vezes precisando terminar de escrever um artigo em meu blog e de repente me distrair em alguma rede social bisbilhotando a vida de conhecidos e procurando antigos colegas ou ex namoradas e perder várias horas nessa atividade inútil.

Ou então entrar no you tube pra dar só uma "espiadinha" e acabar assistindo dezenas de vídeos de pegadinhas ou então de futilidades que não acrescentam em nada e só servem para consumir nosso precioso tempo.

Outro perigo que existe na internet é a tentação de ofertas oferecendo fórmulas milagrosas para enriquecer rápido participando de esquemas pela internet.

Uma das coisas que aprendi quebrando a cabeça é que não existe milagre nem dinheiro fácil, já perdi muito dinheiro e fui enganado várias vezes por isso fica o alerta, tomem muito cuidado com promessas de dinheiro fácil

Porém se você encarar sua atividade a partir de casa com seriedade e dedicação, pode se tornar um trabalho muito gratificante e lucrativo, afinal vemos até empresas hoje em dia deixando seus funcionários trabalharem em casa em vez de terem que comparecer diariamente ao escritório, isso representa economia para empresa e muitas vezes o funcionário produz mais .

Trabalhar em casa é uma tendência e creio que cada vez mais veremos pessoas conseguindo seu sustento no conforto do seu lar.


Nilson Empreendedor

Título: Trabalhar em casa é uma nova tendência

Autor: Nilson Empreendedor (todos os textos)

Visitas: 0

643 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 3 )    recentes

  • SophiaSophia

    01-05-2014 às 16:18:48

    A opção por trabalhar em casa é excelente. Há maior produtividade e tudo o que citaste no texto. Mas, as pessoas precisam ser disciplinadas, manter o foco e cumprir os prazos. São hábitos que exigem mais de você. Trabalhar em casa é saber lidar com independência e nem todo está preparado para isso, pois ninguém estará te cobrando. É só você e você!

    ¬ Responder
  • josé carlos gois

    02-04-2014 às 23:00:23

    Boa noite!
    Alguem pôr gentileza poderia me indicar algum trabalho em casa realmente honesto e lucrativo?

    Grato!
    Att,

    José Carlos Gois.

    ¬ Responder
  • Jovita CapitãoJovita Capitão

    05-02-2013 às 21:14:43

    Muito interessante o seu texto, Nilson. Acho que cada vez mais as pessoas procuram opções que lhes dê mais dinheiro ao final do mês e cada vez mais encontramos a solução na internet. Nem tudo são rosas mas existem realmente empresas sérias na internet que nos ajudam a ganhar dinheiro.

    ¬ Responder

Comentários - Trabalhar em casa é uma nova tendência

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Pulp Fiction: 20 anos depois

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Arte
Pulp Fiction: 20 anos depois\"Rua
Faz hoje 20 anos que estreou um dos mais importantes ícones cinematográficos americanos.

Pulp Fiction é um marco do cinema, que atirou para a ribalta Quentin Tarantino e as suas ideias controversas (ainda poucos tinham visto o brilhante “Cães Danados”).

Repleto de referências ao cinema dos anos 70 e com uma escolha de casting excepcional, Pulp Fiction conquistou o público com um discurso incisivo (os monólogos bíblicos de Samuel L. Jackson são um exemplo disso), uma violência propositadamente mordaz e uma não linearidade na sucessão dos acontecimentos, tudo isto, associado a um ritmo alucinante.

As três narrativas principais entrelaçadas de dois assassinos, um pugilista e um casal, valeram-lhe a nomeação para sete Óscares da Academia, acabando por vencer na categoria de Melhor Argumento Original, ganhando também o Globo de Ouro para Melhor Argumento e a Palma D'Ouro do Festival de Cannes para Melhor Filme.

O elenco era composto por nomes como John Travolta, Samuel L. Jackson, Bruce Willis, Uma Thurman e (porque há um português em cada canto do mundo) Maria de Medeiros.

Para muitos a sua banda sonora continua a constar na lista das melhores de sempre, e na memória cinéfila, ficam eternamente, os passos de dança de Uma Thurman e Travolta.

As personagens pareciam ser feitas à medida de cada actor.
Para John Travolta, até então conhecido pelos musicais “Grease” e “Febre de Sábado à Noite”, dar vida a Vincent Vega foi como um renascer na sua carreira.

Uma Thurman começou por recusar o papel de Mia Wallace, mas Tarantino soube ser persuasivo e leu-lhe o guião ao telefone até ela o aceitar.

Começava ali uma parceria profissional (como é habitual de Tarantino) que voltaria ao topo do sucesso com “Kill Bill”, quase 10 anos depois.

Com um humor negro afiadíssimo, Tarantino provou em 1994 que veio para revolucionar o cinema independente americano e nasceu aí uma inspirada carreira de sucesso, que ainda hoje é politicamente incorrecta, contradizendo-se da restante indústria.

Pulp Fiction é uma obra genial. Uma obra crua e simultaneamente refrescante, que sobreviveu ao tempo e se tornou um clássico.
Pulp Fiction foi uma lição de cinema!

Curiosidade Cinéfila:
pulp fiction ou revista pulp são nomes dados a revistas feitas com papel de baixa qualidade a partir do início de 1900. Essas revistas geralmente eram dedicadas às histórias de fantasia e ficção científica e o termo “pulp fiction” foi usado para descrever histórias de qualidade menor ou absurdas.

Pesquisar mais textos:

Carla Correia

Título:Pulp Fiction: 20 anos depois

Autor:Carla Correia(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios