Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Empresariais > Tipos de despedimento numa empresa

Tipos de despedimento numa empresa

Categoria: Empresariais
Visitas: 2
Comentários: 2
Tipos de despedimento numa empresa

Muitas pessoas do nosso país são despedidas muitas das vezes fora dos termos legais, devido a falta de informação do trabalhador. No entanto existe a ACT (Autoridade das Condições de Trabalho) que informam tudo o que necessita de saber acerca da lei do trabalho.

Fique agora a saber as diversas formas de despedimento, e as razões:

- Fim de Contrato, ou seja, no caso de contratos a termo certo (efetivos) a empresa é obrigada a comunicar as suas intenções do despedimento quinze dias de antecedência de celebrar o despedimento, de preferência por escrito e enviado por correio registado com aviso de receção, para caso seja necessário salvaguardar-se como prova de que enviou a comunicação, no caso de contratos a termo incerto (a prazo), o fim de contrato ou rescisão deve ser comunicado entre sete, trinta ou sessenta dias antes a renovação no novo contrato, uma vez que se renovam a cada seis meses de trabalho.

-Mútuo Acordo, que dizer que o empregador e o trabalhador chegaram ao acordo de rescisão do contrato, sendo celebrado com um documento assinado por ambas as partes, em como aceitaram ambas o acordo e respeitando tal documento. Pode ser acordado antes da celebração, o pagamento de alguma indemnização que o trabalhador tenha a usufruir, ou não.
No entanto, o trabalhador tem no máximo sete dias consecutivos a contar da data da celebração do mútuo acordo, de forma a revogar tal documento, de preferência por escrito. Caso tenha recebido alguma indemnização, deve devolver o montante pago pela entidade empregadora.

- Justa Causa, como indica o nome, é sinal que o trabalhador não exerceu suas funções como deveria, desleixo no trabalho, ofensas a companheiros de trabalho ou a entidade patronal, entre muitas mais razões. A mais comum é a acumulação de cinco faltas injustificadas consecutivas sem qualquer informação do trabalho nem baixa, ou dez intercaladas pela mesma razão.

- Extinção do posto de trabalho, ou seja, este tipo de despedimento surge quando a empresa está a reorganizar-se a nível económico e estrutural e se torne impossível manter aquele posto de trabalho, como por exemplo, escritórios existente fora do distrito da sede da empresa a fecharem por falta condições monetárias.

- Despedimento Coletivo, como indica o título do tipo de despedimento, são todos os trabalhadores existentes na empresa despedidos ou numa determinada secção, por encerramento da própria empresa, ou secções existentes da empresa.


Sandra Mendes

Título: Tipos de despedimento numa empresa

Autor: Sandra Mendes (todos os textos)

Visitas: 2

773 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • Maria

    05-07-2014 às 10:21:59

    bom

    ¬ Responder
  • Briana AlvesBriana

    04-07-2014 às 20:14:04

    Li numa pesquisa que o maior índice de demissões ocorrem por causa do mau comportamento das pessoas. Os tipos de despedidas são bons para nos mantermos informados a fim de não sermos prejudicados e requerermos nossos direitos.

    ¬ Responder

Comentários - Tipos de despedimento numa empresa

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Manutenção Automovel

Ler próximo texto...

Tema: Automóveis
Manutenção Automovel\"Rua
Faça você mesmo a revisão do seu automóvel e poupe dinheiro em oficinas. Primeiro verifique com a ajuda de outra pessoa a iluminação exterior. Uma pessoa fica no interior do carro e liga as luzes, verifique á frente os mínimos, os médios, os máximos e os piscas. Depois atrás verifique os mínimos os stop a marcha atrás e o farol de nevoeiro.

A seguir verifique a iluminação do interior do veículo e do painel de instrumentos e a afinação do travão de mão.

Agora está na hora de verificar os filtros de ar, gasóleo e habitáculo. Dependendo da utilização eles podem fazer em média 40.00km, se estiverem sujos substitua-os por novos.

A seguir vem a mudança do óleo este em geral pode-se retirar pelo bujão de vazamento do cárter, convém substituir a anilha e o filtro de óleo. O óleo novo deve respeitar as especificações do fabricante, verificar no livro de manual de utilizador do veículo os litros de óleo do motor. Meter o óleo novo pelo bucal superior do motor com a ajuda de um funil, o nível do óleo não pode ultrapassar o máximo. Se não sabe a quantidade de óleo deite 4 litros e depois verifique o nível pela vareta de verificação de nível e vá deitando até chegar ao nível certo.

Agora é preciso verificar as pastilhas de travões, hoje em dia como quase todos os veículos têm jantes especiais consegue verificar sem desmontar as rodas. Substituir se necessário as pastilhas, ao desmontar repare como desmonta para depois voltar a montar tudo de novo. Por fim verifique a pressão dos pneus com um manómetro, a pressão indicada varia de carro pra carro se não sabe a pressão indicada ponha 2.2bar que é em média a pressão que todos utilizam.

Convém dizer que qualquer material que precise basta procurar numa loja de peças auto próxima de si ou então encomendar via net pois existem vários sites especializados em peças e materiais de manutenção auto. Vai ver que não custa nada se eu aprendi você também pode aprender e além disso fica a conhecer melhor o seu carro.

Com isto tudo pode poupar em média 200€ por cada revisão.
Obrigado e até a próxima.

Outros textos do autor:
Manutenção Automovel

Pesquisar mais textos:

Vendas Online

Título:Manutenção Automovel

Autor:Vendas Online(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    17-06-2014 às 04:55:10

    Há inúmeros benefícios para fazer a manutenção do automóvel, pois isso garante melhor preservação do veículo e se prolonga o uso por muitos e muitos anos.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios