Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Empresariais > O direito do trabalhador ao Salário família

O direito do trabalhador ao Salário família

Categoria: Empresariais
Visitas: 10
Comentários: 7
O direito do trabalhador ao Salário família

O Salário Família pago pelo Governo Federal por meio do Instituto Nacional do Seguro Social-INSS, doravante Previdência Social, é um benefício garantido aos empregados segurados junto ao instituto, que visa promover ao trabalhador o sustento de seus filhos ou pessoas equiparadas a filhos*, que contem com idade de até 14 anos, ou ainda, na condição de pessoas inválidas que tenham com qualquer idade.

Podem obter este benefício os segurados empregados e também os trabalhadores avulsos que aufiram por meio de seu labor salário mensal de até R$ 798,30.

Para efeitos de requerimento e concessão do benefício, mediante comprovação da dependência econômica entre o segurado e o dependente, são considerados filhos por equiparação enteados e tutelados do trabalhador, sendo que, quanto a estes últimos, desde que não disponham de bens aptos a garantir seu sustento e sobrevivência.

O valor do benefício salário família é pago pela Previdência Social, segundo a tabela abaixo:

Valor do Idade do Parentesco ou Salário do Benefício Dependente Situação real Trabalhador

R$ 27,24 até 14 anos filho/inválido até R$ 531,12

R$ 19,19 até 14 anos filho/inválido de R$ 531,13 até R$ 798,30

Importante informar que o benefício não tem natureza vitalícia, ou seja, finda em ocorrendo os seguintes eventos:

1)Quanto ao filho menor de 14 anos, quando atingir esta faixa etária;

2)Em caso de falecimento do filho que conte com até 14 anos e seja a gênese do benefício;

3)Em ocorrendo o fator desemprego do segurado; e, por fim,

4)Quanto ao filho inválido, se houver cessado a incapacidade.

Entre as categorias de trabalhadores que faz jus ao benefício em epígrafe estão o empregado e o trabalhador avulso em atividade laboral, ambos em gozo de aposentadoria nas modalidades: por invalidez ou por idade, e, também aqueles trabalhadores que estejam usufruindo de auxílio-doença, bem ainda os trabalhadores rurais (nas categorias de empregado ou avulso), que estejam em gozo de aposentadoria por idade, concedida aos 60 anos para os homens, e, aos 55 anos para as mulheres, e, por fim, aos demais aposentados, desde que, quando na ativa, ocupavam as modalidades ‘empregados’ ou ‘avulsos’, ao completarem respectiviamente 65 anos, os homens, e, 60 anos as mulheres.

Cabe salientar que desempregados e empregados domésticos não têm direito ao salário família.
Importante questão é aquela que dá conta do pagamento do benefício ao casal de segurados empregados, ou mesmo trabalhadores avulsos, é de se consignar que neste caso, tanto o pai, como a mãe fazem jus ao benefício.


Fernanda Fernandes

Título: O direito do trabalhador ao Salário família

Autor: Fernanda (todos os textos)

Visitas: 10

762 

Imagem por: Esdras Calderan

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 7 )    recentes

  • SophiaSophia

    30-04-2014 às 22:50:42

    Como todo ano esses valores mudam, então, a Rua Direita recomenda entrarem neste site para sempre se manterem atualizados:
    http://www.inss.gov.br/servicos-ao-cidadao/todos-os-servicos/

    É só clicar na opção "Salário Família" e pronto!

    ¬ Responder
  • Mayza

    25-07-2013 às 08:29:53

    Quando o casal trabalha na mesma empresa e tem dois filhos.
    Ambos recebem salario familia?

    ¬ Responder
  • rosinei

    04-02-2013 às 18:10:06

    sou cozinheira ,tenho 6 filhos e o sindicato que corresponde á minha categoria ,diz que não tenho direito ao salario familia

    ¬ Responder
  • edith

    21-03-2013 às 18:53:35

    precisamos saber primeiramente se você é cozinheira em casa de família ou exerce sua função em empresa?

    ¬ Responder
  • katia

    22-12-2012 às 20:19:58

    boa noite eu trabalho em uma loja de confecções e recebo o salario de 933,00 mais sem os descontos ,eu teria direito de receber o salario familia dos de tres filhos porque a contadora disse que eu não teria o direito de ganhar este beneficio.
    gostaria de saber da resposta o mais rapido possivel ,muito obrigada ....

    ¬ Responder
  • ROSANE

    29-11-2012 às 20:03:56

    TRABALHO NUMA CORRETORA DE IMOVEIS NO ESCRITÓRIO, RECEBO NO HOLERIT 933,00.E TENHO 2 FILHOS UM DE 1.4 MESES E OUTRO DE 7 ANOS.TENHO DIREITO AO SALÁRIO FAMILIA? ESPERO TER A RESPOSTA COM URGENCIA.ATT. ROSNE CARVALHO.

    ¬ Responder
  • CLAUDIA ALVES

    13-08-2012 às 14:13:05

    o empregado do microempreendedor recebera salario familia? e haverar compensassao?
    aguardo resposta por email.
    abraço.

    ¬ Responder

Comentários - O direito do trabalhador ao Salário família

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Penumonia, as suas causas, sintomas e tratamento

Ler próximo texto...

Tema: Saúde
Penumonia, as suas causas, sintomas e tratamento\"Rua
A pneumonia é uma infecção bacteriana ou viral dos pulmões. Os sintomas podem incluir febre, calafrios, falta de ar, tosse que produz fleuma e dor no peito. Geralmente, a pneumonia pode ser tratada com sucesso em casa com antibióticos, mas alguns casos podem exigir hospitalização e podem resultar em morte. Vacinas estão disponíveis contra alguns dos agentes infecciosos mais comuns que causam pneumonia.

Causas de pneumonia
A pneumonia é uma infecção das bolsas de ar nos pulmões, sendo causada por bactérias, vírus ou, raramente, fungos. A maioria dos casos de pneumonia são causados por bactérias, mais comumente Streptococcus (doença pneumocócica), mas a pneumonia viral é mais comum em crianças.
 
Qualquer pessoa pode desenvolver pneumonia, mas alguns grupos estão em maior risco. Estes incluem:
- Bebês e crianças pequenas, particularmente aqueles nascidos prematuramente
- Pessoas que tiveram uma infecção viral recente, como um resfriado ou gripe
- Fumantes
- Pessoas com condições pulmonares crônicas, como asma, bronquite ou bronquiectasias
- Pessoas com sistema imunológico enfraquecido
- Pessoas que bebem álcool em excesso
- Pacientes hospitalizados
- Pessoas que tiveram problemas de deglutição ou tosse após um acidente vascular cerebral ou outra lesão cerebral
- Pessoas com 65 anos ou mais.
A pneumonia pode desenvolver-se quando uma pessoa respira as pequenas gotículas que contêm pneumonia, mas também pode ocorrer quando bactérias ou vírus que estão normalmente presentes na boca, nariz e garganta, entram nos pulmões.

sinais e sintomas de pneumonia
A pneumonia viral tende a desenvolver-se lentamente ao longo de vários dias, enquanto que, geralmente, a pneumonia bacteriana desenvolve-se rapidamente, muitas vezes ao longo de um dia.
A maioria das pessoas que desenvolvem pneumonia, inicialmente, têm uma infecção viral, como um resfriado ou gripe, que produz sintomas como dor de cabeça, dores musculares e febre. Se uma pneumonia se desenvolver, geralmente, os sintomas incluem:
- Febre alta
- Calafrios
- Falta de ar
Aumento da frequência respiratória
- Uma tosse que piora e que pode produzir escarro descolorido ou sangrento (fleuma)
- Dores no peito causadas pela inflamação da membrana que reveste os pulmões.

Em bebês e crianças, os sintomas podem ser menos específicos e podem não mostrar sinais claros de uma infecção no peito. Comumente eles terão uma febre alta, podendo parecer muito indispostos e tornarem-se letárgicos, mas eles também podem produzir uma respiração barulhenta e apresentar dificuldade para se alimentarem.
 
Também é possível que a pele, lábios e unhas se possam tornar-se azulados. Este é um sinal de que os pulmões são incapazes de fornecer oxigênio suficiente para o corpo. Se isso ocorrer, é vital procurar assistência médica imediatamente.

Diagnóstico para pneumonia
Se houver suspeita de pneumonia, é importante procurar atendimento médico com prontidão para que um diagnóstico preciso e um tratamento adequado possam ser implementados.

O médico poderá obter um histórico médico e realizar um exame físico. Durante o exame, o médico ouvirá o tórax com um estetoscópio. Respiração grosseira, sons crepitantes, sibilos e sons respiratórios reduzidos numa determinada parte dos pulmões podem indicar pneumonia.
Geralmente, para confirmar o diagnóstico, realiza-se uma radiografia de tórax. O raio-X mostrará a área do pulmão afetada pela pneumonia. Também podem ser efectuadas análises ao sangue e uma amostra do escarro pode ser enviada para um laboratório para realização de testes.

Tratamento de pneumonia
A maioria dos casos de pneumonia podem ser tratados em casa. Entretanto, bebês, crianças e pessoas com pneumonia grave podem precisar de ser internados num hospital para tratamento.
Geralmente, a pneumonia é tratada com antibióticos, mesmo que exista suspeita de pneumonia viral, já que também pode haver um grau de infecção bacteriana. O tipo de antibiótico utilizado e a forma como será administrado serão determinados pela gravidade e causa da pneumonia.
Se a pneumonia puder ser tratada em casa, geralmente, o tratamento inclui:
- Antibióticos, administrados por via oral sob a forma de comprimidos ou líquidos
- Medicamentos para alívio da dor
- Paracetamol para reduzir a febre
- Descansar

Se for necessário tratamento hospitalar, gerlamente, o tratamento inclui:
- Antibióticos administrados por via intravenosa
- Terapia de oxigênio, para garantir que o corpo receba o oxigênio de que precisa
- Fluidos intravenosos, para corrigir a desidratação ou se a pessoa estiver muito indisposta para comer ou beber
- Fisioterapia, para ajudar a limpar o escarro dos pulmões.

Pesquisar mais textos:

José Antunes

Título:Penumonia, as suas causas, sintomas e tratamento

Autor:José Antunes(todos os textos)

Imagem por: Esdras Calderan

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios