Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Empresariais > Como Criar Um Bom Ambiente De Trabalho?

Como Criar Um Bom Ambiente De Trabalho?

Categoria: Empresariais
Visitas: 4
Como Criar Um Bom Ambiente De Trabalho?

Se você é gerente de uma pequena empresa, então você sabe o quão difícil pode ser, às vezes, gerir adequadamente o setor de recursos humanos.

Organizar entrevistas, discutir salários e fazer a mediação de conflitos com os empregados são alguns dos aspectos menos glamourosos do trabalho. No entanto, é também uma das facetas mais importantes para a manutenção de um ambiente de trabalho feliz e estável.

Desenvolver uma cultura positiva da empresa pode ser um dos melhores investimentos que você vai fazer como um gestor de uma pequena empresa.

Aqui estão algumas dicas para ajudá-lo a manter um ambiente de trabalho de forma positiva e fazer seus colaboradores começarem bem seu dia de trabalho e executarem suas tarefas de forma produtiva e com qualidade.

1 - Saiba o que os tornam satisfeitos
Alguns colaboradores respondem bem ao ambiente e cumprem rapidamente as metas da equipe, enquanto outros apreciam elogios verbais de vez em quando. Descobrir o que faz seus colaboradores trabalharem satisfeitos é fundamental para que o ambiente seja estimulado;

2 - Dê promoções para os merecidos
Todo mundo merece reconhecimento por uma ética de trabalho forte e consistente. Dando uma promoção não é simplesmente uma questão de pagar mais porque você se sente generoso; é uma maneira de manter seus colaboradores mais talentosos e eficientes na sua empresa. Se eles são grandes colaboradores, é provável que outras organizações busquem-nos também. Você deve manter-se competitivo;

3 – Dispense o colaborador quando necessário
É importante reconhecer a diferença entre um colaborador sem inspiração e alguém que é volátil à cultura da sua empresa. Contanto que você tenha fortes razões, bem documentados e consistentes que um colaborador está agindo de forma inadequada e não atende às expectativas, você tem razão para dispensá-lo. Não é a melhor parte do trabalho, mas pode ser essencial para a sua saúde geral da empresa.

4 - Esteja disponível
Estar disponível permite que seus colaboradores venham até você com quaisquer problemas que possam ter. Se você está atolado com contabilidade, respondendo e-mails e correndo de uma reunião com o cliente para outro, você pode parecer distante e inacessível. É claro que você está ocupado, mas tente tomar uma ou duas horas de sua semana para se reunir com colaboradores e pergunte sobre como está indo seu trabalho. Se você se sentir muito carente de tempo para fazer isso, considere a contabilidade como terceirizada ou a contratação de um estagiário para ajudá-lo a gerenciar algumas de suas funções.

5 - Dê o exemplo
Os colaboradores tendem a imitar o que veem as outras pessoas fazendo no escritório, na empresa. Se eles o veem apenas ocioso durante seu dia de trabalho, então isso é o que eles acham que é norma. Se eles te veem tão inspirado, dirigido e criativo, sempre com tarefas, com bom humor, com motivação, então, eles agirão da mesma forma.


Kizua Urias

Título: Como Criar Um Bom Ambiente De Trabalho?

Autor: Kizua Urias (todos os textos)

Visitas: 4

477 

Comentários - Como Criar Um Bom Ambiente De Trabalho?

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Um sinal de compromisso

Ler próximo texto...

Tema: Jóias Relógios
Um sinal de compromisso\"Rua
Exibir uma aliança de compromisso é, frequentemente, motivo de orgulho e, quando se olha para ela, vai-se rodando-a no dedo e fica-se com aquela expressão ridícula na cara.

Uma questão se coloca: qual a razão de estas alianças de compromisso serem tão fininhas: será porque os seus principais clientes, os jovens, são sujeitos de poucas posses (tendendo as mesadas a emagrecer ainda mais com a crise generalizada) ou porque esse compromisso, não obstante a paixão arrebatadora, é frágil e inseguro?

Sim, porque aqui há que fazer cálculos matemáticos: x compromissos vezes y alianças…com um orçamento limitado sobre um fundo sentimental infinito…

Depois, importa perpassar os tipos destas alianças. Há as provisórias, que duram em média quinze dias; há as voadoras, que atravessam os ares à velocidade da luz quando a coisa dá para o torto; há as que insistem em cair do dedo, sobretudo em momentos em que ter um compromisso se revela extremamente inoportuno; e depois há as residentes, que uma vez entradas não tornam a sair.

Os pombos-correios usam anilhas onde figuram códigos que os identificam. Talvez não fosse completamente descabido fazer umas inscrições deste género em algumas alianças de compromisso por aí…

Só para ajudar os mais esquecidos a recordarem a que “pombal” pertencem.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Um sinal de compromisso

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Luene ZarcoLuene

    22-09-2014 às 05:46:10

    Um sinal de amor e lealdade perpétua! Adoro ver os vários modelos de aliança! Vale a pena escolher uma bem bonita!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios