Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Electrodomésticos > Lavagem da cozinha

Lavagem da cozinha

Categoria: Electrodomésticos
Comentários: 1
Lavagem da cozinha

A tarefa de cozinhar, tão amada por alguns e detestada por outros, pressupõe, por uma questão de higiene e, em última análise, de saúde, a lavagem de alguns utensílios empregues no acto culinário.

Assim, por exemplo, as panelas costumam ser uma das grandes dores de cabeça. Todavia, existem pequenos truques que facilitam e desmistificam essa empreitada. As panelas de alumínio devem ser limpas com jornal e café em pó já usado, e as de esmalte com álcool. Para que as panelas não fiquem pretas ao cozer os ovos, basta deitar-se lá para dentro um bocadinho de limão ou umas gotas de vinagre.

Os resquícios de alimentos que ficam colados ao fundo da panela podem ser facilmente removidos deixando ferver um pouco de água com quatro colheres de sal durante quinze minutos. Este mesmo fundo, se de alumínio, manterá o brilho colocando a panela molhada, depois de lavada, ao lume dois ou três minutos, e passando depois com palha-de-aço seco.

Este esfregão é também muito útil para tirar as manchas vermelhas que permanecem na panela de pressão quando se coze feijão e os laivos amarelos deixados pela fritura, em ambos os casos passando-o quando os recipientes estiverem quentes. Remover as máculas das frigideiras de alumínio já não é segredo: só tem de lá se cozinhar alguns pedaços de maçã com água por breves minutos e as sertãs ficarão imaculadas.

No que se refere ao congelador, utiliza-se bicarbonato de sódio e água a ferver na sua limpeza. Cheiros assaz fortes e odores incomodativos e persistentes fazem-se desaparecer pondo uma chávena de café em pó dentro do próprio congelador.

O fogão, onde inúmeras barrigas se roçam durante horas a fio, a um ritmo diário, protagoniza, habitualmente, uma relação de “amor-ódio” com os utilizadores, mormente se forem estes os responsáveis pela sua higienização, e sobretudo se ele albergar uma quantidade exacerbada de vestígios alimentares. Ainda assim, não é motivo para desespero. Os bicos do fogão (que não mordem!) podem ser facilmente limpos em água a ferver com sal, vinagre, gotas de limão e detergente em pó. Esfregando com uma esponja de aço, consegue-se eliminar as manchas com maior rapidez.

Não obstante, se se cobrir toda a chapa do fogão com papel de alumínio, deixando apenas os bicos a descoberto, evita-se a sujidade e conserva-se a pintura e o esmalte (se for caso disso) desta utilidade doméstica.

Se o fogão estiver mesmo muito sujo, há que lavá-lo com água e um bocadinho de bicarbonato de sódio, para facilitar. Não é assim tão difícil “dar banho” à cozinha, pois não?



Maria Bijóias

Título: Lavagem da cozinha

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 0

619 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • SophiaSophia

    28-04-2014 às 05:52:52

    Gostei muito do texto. Lavo a cozinha com água e um pouco de um produto que sai a sujeira rapidinha, só não me recordo o nome agora. Também farei o teste com o bicarbonato de sódio, obrigada pela dica.

    ¬ Responder

Comentários - Lavagem da cozinha

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O que é uma Open House?

Ler próximo texto...

Tema: Imóveis Venda
O que é uma Open House?\"Rua
Este é um tema que vem pôr muito a lindo o trabalho de alguns mediadores imobiliários e do seu trabalho.

Quando temos um imóvel para vender, muitos são os métodos a utilizar e os meios que nos levam até eles para termos o nosso objetivo cumprido – A venda da Casa.
Quando entregamos o nosso imóvel para que uma mediadora o comercialize, alguns aspetos têm de ser tidos em conta, como a legalidade da empresa e quem será a pessoa responsável pela divulgação da sua casa, mas a ansia de vermos o negócio concretizado é tanta, que muitas vezes nos escapa a forma como fazem a referida divulgação e publicidade do imóvel.

Entre anúncios na internet e as conhecidas folhas nas montras dos estabelecimentos autorizados, muitas mediadoras optam por fazer uma ação que está agora muito em voga que é uma Open House. Mas afinal, o que é isto de nome estrangeiro que tanto se vê pelas ruas e em folhetos de anúncio?

Ora bem, a designação em Português é muito simples – Casa Aberta. E na realidade, uma Open House é isso mesmo. Abrir uma Casa para que todos a possam ver. NO entanto, requerem-se alguns aspetos que as mediadoras normalmente preveem, mas que é fundamental que o proprietário do imóvel também tenha consciência e conhecimento.

Por norma as imobiliárias só fazem este tipo de intervenção e ação em imóveis que têm como exclusivo, isto é, quando é uma só determinada mediadora, a autorizada a poder comercializar o imóvel.

Em segundo lugar, este tipo de ação de destaque requer à mediadora custos com tempo, recursos humanos e financeiros.
A mediadora começa por marcar um dia próprio que por norma é datado para um feriado ou fim de semana. Faz então publicidade local através de folhetos e flyres anunciando a Open House, o dia e a hora, tal como o local. Muito provavelmente serão tiradas fotografias ao seu imóvel.

Através de redes sociais também poderão ser divulgadas as ações.
No dia da Open House, o local será indicado com publicidade da sua casa e da imobiliária e começarão a aparecer visitas ao imóvel.

Sugiro que não tenha mobiliário e muito menos valores em casa. O ideal será o imóvel estar desocupado de todos e quaisquer bens, por uma questão de segurança, mas também porque as áreas parecerão maiores e isso com toda a certeza ajuda à venda.

A imobiliária será responsável pela limpeza e trato do imóvel, pelo que se ocorrerem danos, serão eles os responsáveis.
Neste tipo de ações, é normal que a concorrência das imobiliárias apareça e faça parcerias que para si só trará vantagens.

Uma Open House pode não ser uma ação de destaque em Portugal, mas por exemplo nos Estados Unidos, é o normal e mais agradável. Os clientes não se sentem pressionados como numa visita normal e os negócios concretizam-se com muito mais rapidez e naturalidade.

Pesquisar mais textos:

Carla Horta

Título:O que é uma Open House?

Autor:Carla Horta(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios