Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > DVD Filmes > O musical "Os Miseráveis" realizado por Tom Hooper estreia em 2013

O musical "Os Miseráveis" realizado por Tom Hooper estreia em 2013

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: DVD Filmes
O musical "Os Miseráveis" realizado por Tom Hooper estreia em 2013

"Os Miseráveis é um dos mais emocionantes musicais alguma vez escritos", refere Hugh Jackman, quando entrevistado nas gravações, e afirma ainda "Aqui não existem cenas calmas. Tudo é intenso".

Esta é uma Adaptação da obra de Victor Hugo, centrada numa perseguição entre o criminoso transformado no Presidente da Câmara Jean Valjean (Jackman) e o Inspetor Javert (Russel Crowe), a desenrolar-se durante décadas.

A história acontece em plena Revolução Francesa do século XIX. Jackman rouba um pão para alimentar a irmã mais nova e acaba por ser preso. Mais tarde e já liberto, Jackman tentará recomeçar a sua vida e redimir-se, ao mesmo tempo em que tenta fugir da perseguição do inspetor Javert (Russell Crowe).

Em redor da luta entre os machos alfa australianos decorrem a história desoladora da operária Fantine (Hanne Hathway), que é explorada pelos corruptos Thénardier (Sacha Baron Cohen, Helena Bonham Carter) e o triangulo amoroso entre o estudante Marius (Eddie Redmayne), a protegida de Valjean (e filha de Fantine) Cosete (Amanda Seyfried) e a filha dos Thénardier, Éponine (Samantha Barks), desenbocando na revolta de Paris de 1832, quando o povo construi barricadas e pegou em armas contra o rei Luís Filipe.

"Não há nada de teatral neste musical", afirma o realizador deste filme, Tom Hooper, juntando este musical ao seu curriculo,
depois do dramatismo confinado de o "Discurso do Rei".

Tom Hooper diz ainda "É muito realista, muito masculino e sincero em relação a grandes temas universais. Não é, antes de mais, um musical. É, sobretudo, uma história formidável que usa a forma do musical para se exprimir."

Hooper seguiu dois principios, primeiro, as falas são sempre cantadas, pelo que não existe a desconfortável mudança de tom quando o diálogo se transforma em canção. E, segundo, decidiu que os atores cantariam as mais de 40 canções de Claude-Michel Schönberg e Alan Boublil ao vivo. Geralmente, o elenco dos musicais grava as canções meses antes de de filmar e faz playback no set. Aqui, Hooper está a gravar as vozes no set, com os atores a receberem a musica por auricular.

Hooper explica "Quando cantamos ao vivo, dá a ilusão de que os atores estão nesse momento a inventar canções", e adianta "Digo ao Hugh: 'Nesse verso, espera mais um pouco para deixar a ideia ganhar forma e depois canta-a.' É completamente revolucionário."

As gravações estão a decorrer intensamente e a grande vantagem é a rivalidade natural/grande admiração e amizade entre Hugh e Russel, como salienta a produção.

A estreia está prevista para 2013, ficamos a aguardar esta grande estreia.


Cristina Queiros

Título: O musical "Os Miseráveis" realizado por Tom Hooper estreia em 2013

Autor: Cristina Queiros (todos os textos)

Visitas: 0

649 

Comentários - O musical "Os Miseráveis" realizado por Tom Hooper estreia em 2013

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Cães e Humanos: Amizade por interesses

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Animais Estimação
Cães e Humanos: Amizade por interesses\"Rua
Não é de hoje que os cães são considerados nossos melhores amigos, porém como toda amizade ela não é totalmente incondicional e livre de interesses, pense bem, você pode discordar a princípio, mas analise a fundo e verá que tenho razão.

Cães convivem conosco a mais de 10mil anos, foi lá atrás na pré história que essa amizade começou, uma das mais duradouras da história. Teorias dizem que essa conexão iniciou pois ambas as espécies precisavam de algo que não possuíam e juntos se completaram.

Em plena era do gelo onde a sobrevivência estava sendo testada a todo vapor, aquele lobo considerado mais corajoso se encontrou com um homem também corajoso e resolveram unir forças, talvez não conscientemente, mas deu certo para ambos, e ali iniciava uma amizade que duraria por milênios.

Nesse estágio da nossa história, corríamos perigo de sobrevivência; faltava comida, segurança e energia ! ... E então percebemos que esses lobos simpáticos poderiam nos dar uma vantagem na corrida contra a morte, afinal eles caçavam muito bem , coisa que tínhamos dificuldade em fazer pela falta de energia naquele momento; então pensamos, eles nos ajudam a caçar, nós dividimos o alimento e em troca eles ganham segurança e afeto, e foi assim que essa amizade nos ajudou a enfrentar todos os percalços do caminho, e hoje evoluímos tanto que não precisamos mais de seus serviços e ainda sim continuam sendo nossos melhores amigos, posso dizer então que realmente é uma amizade verdadeira, que surgiu da dificuldade e interesses mas que não se deixou abalar por nada.

Então, agora quando virmos alguém maltratar esses animais, desdenhar deles dizendo que "não prestam pra nada", "não fazem nada de útil", como a galinha que põe ovos, ou a vaca que dá leite, lembremo-nos o quão útil eles foram na nossa caminhada, não só no quesito físico mas também no emocional, numa época em que as aparências não importavam e nem o QI para se fazer um amigo, bastava ser corajoso o bastante pra ultrapassar barreiras e conhecer mais o outro, do jeito que ele viesse, garanto que vantagens incríveis nascerão dessa amizade, e não pense em vantagens como algo ruim, quando digo penso em a vantagem da gente se sentir o humano mais importante do mundo quando esses seres peludos nos olham nos olhos sem pedir mais nada em troca, damos e recebemos carinho como nunca, uma retribuição silenciosa a quem sempre esteve do nosso lado, no pior e melhor momento.

O maior interesse em uma amizade é que ela dure para sempre, e acho que com os Cães conseguimos isso.

Pesquisar mais textos:

Lara Lavic

Título:Cães e Humanos: Amizade por interesses

Autor:Lara Lavic(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios