Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > DVD Filmes > Imortais

Imortais

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: DVD Filmes
Comentários: 1
Imortais

Imortais é uma produção que resultou em um ótimo lucro em sua estreia e recebeu um grandioso valor de vários investidores antes mesmo do roteiro estar pronto. A produção nos leva para uma antiga cidadela grega, tudo no clima de epopeia. A produção inicia quando Teseu (o protagonista), um homem que vive no campo e leva uma vida bem simples, tem o lugar onde mora devastada pelas tropas do rei local que terminam matando sua mãe e seus amigos e ele é transformando num mero escravo.

O rei está procurando uma grande força uma espécie de armamento de grande fama (um arco) esse arco teria sido do deus da guerra, tendo essa arma em mãos ele poderia fazer o que quisesse libertar ou prender quem quisesse obviamente assim o controle do planeta seria dele. De forma secreta, Zeus estaria ensinando Teseu para que este possa lutar contra esse rei ganacioso. Deuses imortais orientam Theseus,por todo filme, este tem a responsabilidade de comandar um exercito, numa espécie de guerra onde de um lado teremos pessoas comuns e divindades e do outro monstros dos mares e povos bárbaros.

Pelo lado visual, podemos dizer que este é um bom filme. Os cenários das cidades gregas são muito bem montados, que nos levam a pensar que aquele lugar realmente fez parte da Grécia Antiga. Todos os momentos onde a guerra, tudo é muito bem orquestrado. Em no estilo Idade Média, ou seja, as cenas são fortes.

Já o roteiro é bem fraquinho, a trama não prende o telespectador. Pelo contrário acho difícil alguém se interessar pelo perfil de algum personagem de fato. A parte da mitologia em si, foi bastante modificada nessa produção. Muitos mitos aparecem de forma que quase não dá para reconhecer a história das lendas.

É simplesmente um filme bonito, mas bem no sentido estético mesmo. É quase como um quadro feito para se admirar a beleza, mas sem muita pretensão. Para quem gosta de coisas bonitas, sem que elas precisem fazer algum sentido em si. Chega a ser quase fútil, praticamente vazio de significados. Porém acho que o diretor não tinha outro objetivo em mente do que fazer algo belo simplesmente. E isso novamente volta a dizer, ele conseguiu muito bem.

Enfim, vale uma tarde sentada no sofá assistindo e comendo muita pipoca.


Gabriela Torres

Título: Imortais

Autor: Gabriela Torres (todos os textos)

Visitas: 0

604 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoGil Vespa

    24-05-2014 às 23:25:34

    Gabriela gostei muito do texto Imortais, mas tua foto é linda ...serás tu mulher fatal, imortal?

    ¬ Responder

Comentários - Imortais

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

A arte de trabalhar a madeira

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Serviços Construção
A arte de trabalhar a madeira\"Rua
A carpintaria constitui, digamos assim, a arte de trabalhar a madeira. É claro que, de acordo com o produto final, se percebe bem que uns carpinteiros são mais artistas do que outros…

Às vezes nem se trata tanto dos pormenores, mas mesmo de desvirtuar o que era a ideia inicial e constava da encomenda. Mal comparado, quase se assemelha à situação daquela aspirante a costureira que pretendia fazer uma camisola para o marido e, no fim, saíram umas calças!

Na construção civil, a madeira é utilizada para diversos fins, temporários ou definitivos. Na forma vitalícia (esperam os clientes!) incluem-se estruturas de cobertura, esquadrias (portas e janelas), forros, pisos e edifícios pré-fabricados.

Quase todos os tipos de madeira podem ser empregues na fabricação de móveis, mas alguns são preferidos pela sua beleza, durabilidade e utilidade. É conveniente conhecer as características básicas de todas as madeiras, como a solidez, a textura e a côr.

Ser capaz de identificar o género de madeira usado na mobília lá de casa pode ajudar a determinar o seu real valor. Imagine-se a possibilidade de uma cómoda velha, que estava prestes a engrossar o entulho para a recolha de lixo, ter sido feita com o que hoje se considera uma madeira rara.

É praticamente equivalente a um bilhete premiado do Euromilhões, dado que se possui uma autêntica relíquia! Nestes casos, a carpintaria entra na área do restauro e da recuperação. Afinal, nem tudo o que é velho se deita fora…

Por outro lado, as madeiras com textura mais fraca são frequentemente manchadas para ganhar personalidade. Aqui há que remover completamente o acabamento para se confirmar a verdadeira natureza da madeira.

É assim também com muita gente: tirando a capa, mostram-se autenticamente. Mas destes, nem um artificie com “bicho-carpinteiro” consegue fazer nada…!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:A arte de trabalhar a madeira

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Luene ZarcoLuene

    23-09-2014 às 13:23:35

    Uma excelente técnica que penso ser muito bonito e sofisticado. A arte de trabalhar madeira está sempre em desenvolvimento e crescimento.

    ¬ Responder
  • Rua DireitaRua Direita

    01-06-2014 às 05:18:46

    É ótimo o trabalho com a madeira. Pode-se perceber grandes obras que se faz com ela. Realmente, é uma verdadeira arte!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios