Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Desporto > Prancha de Boryboard

Prancha de Boryboard

Categoria: Desporto
Comentários: 1
Prancha de Boryboard

Quem sai de férias no verão, costuma viajar para regiões que são banhadas por praias, é um bom momento para relaxar e se sintonizar com a natureza. As praias oferecem o prazer do lazer com o esporte. Muitas vezes já nos empolgamos com um esporte ou outro em meio as férias e depois nos tornamos praticantes. Os esportes aquáticos são bastante recomendados pelos médicos, manter a saúde praticando esporte é muito bom.

As pranchas de boryboard são muito boas para o esporte aquático para que se surfa deitado sobre uma prancha, ela é menor que a prancha de surf. Para praticantes em estágio mais avançado é possível fazer manobras conhecidas como radicais, a idéia é surfar de peito.

Para os iniciantes que desejam comprar uma prancha de boryboard, não devem esquecer que o primeiro e o mais importante passo é saber nadar, depois fazer algumas aulas, ainda que não queira ser um profissional. O segundo passo é a escolha da prancha, se o iniciante consultar alguém experiente no assunto se sentirá mais seguro. Com o tempo em que se vai praticando, comprar as novas pranchas será bem simples.

Para os apreciadores dessa modalidade de esporte, ao longo do ano muitos circuitos são realizados, o que é uma oportunidade para conhecer atletas profissionais e acompanhar as manobras. Esses circuitos valem também para conhecer na prática as regras do boryboard. Saber a definição da altura das ondas, as punições, baterias e bandeiras e tudo o que envolve o esporte. Muita gente já ficou frustrada por ter tentando se equilibrar em cima de uma prancha de surf sem no entanto coneguir, mesmo querendo surfar apenas por lazer, é evidente que um pouco de equilíbrio é importante em todos os esportes, refiro-me também ao equilíbrio emocional. Como a prancha de boryboard permite que o praticante fique deitado, todas as pessoas podem praticar desde que respeitando os seus limites.

Ficar sentado ou sentada na areia da praia com vontade de surfar e com medo de cair da prancha, não tem mais nada que impeça essa maneira de praticar esporte, a prancha de boryboard é a mais indicada. Para melhor conserva-la ter uma capa para guardar, fará com que a prancha dure mais.

A procura pelo boryboard vem crescendo muito, na verdade, a prática desse esporte não é tão nova como muitos acreditam, porém, o melhor é que esse esporte coloca humano e natureza no mesmo lugar.


Sílvia Baptista

Título: Prancha de Boryboard

Autor: Sílvia Baptista (todos os textos)

Visitas: 0

708 

Imagem por: star5112

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • Luene ZarcoLuene

    30-06-2014 às 22:21:11

    Já vi surf com as pranchas de boryboard e me deu muita vontade, mas senti medo. Para quem pratica deve ser o máximo mesmo!

    ¬ Responder

Comentários - Prancha de Boryboard

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Manutenção Automovel

Ler próximo texto...

Tema: Automóveis
Manutenção Automovel\"Rua
Faça você mesmo a revisão do seu automóvel e poupe dinheiro em oficinas. Primeiro verifique com a ajuda de outra pessoa a iluminação exterior. Uma pessoa fica no interior do carro e liga as luzes, verifique á frente os mínimos, os médios, os máximos e os piscas. Depois atrás verifique os mínimos os stop a marcha atrás e o farol de nevoeiro.

A seguir verifique a iluminação do interior do veículo e do painel de instrumentos e a afinação do travão de mão.

Agora está na hora de verificar os filtros de ar, gasóleo e habitáculo. Dependendo da utilização eles podem fazer em média 40.00km, se estiverem sujos substitua-os por novos.

A seguir vem a mudança do óleo este em geral pode-se retirar pelo bujão de vazamento do cárter, convém substituir a anilha e o filtro de óleo. O óleo novo deve respeitar as especificações do fabricante, verificar no livro de manual de utilizador do veículo os litros de óleo do motor. Meter o óleo novo pelo bucal superior do motor com a ajuda de um funil, o nível do óleo não pode ultrapassar o máximo. Se não sabe a quantidade de óleo deite 4 litros e depois verifique o nível pela vareta de verificação de nível e vá deitando até chegar ao nível certo.

Agora é preciso verificar as pastilhas de travões, hoje em dia como quase todos os veículos têm jantes especiais consegue verificar sem desmontar as rodas. Substituir se necessário as pastilhas, ao desmontar repare como desmonta para depois voltar a montar tudo de novo. Por fim verifique a pressão dos pneus com um manómetro, a pressão indicada varia de carro pra carro se não sabe a pressão indicada ponha 2.2bar que é em média a pressão que todos utilizam.

Convém dizer que qualquer material que precise basta procurar numa loja de peças auto próxima de si ou então encomendar via net pois existem vários sites especializados em peças e materiais de manutenção auto. Vai ver que não custa nada se eu aprendi você também pode aprender e além disso fica a conhecer melhor o seu carro.

Com isto tudo pode poupar em média 200€ por cada revisão.
Obrigado e até a próxima.

Outros textos do autor:
Manutenção Automovel

Pesquisar mais textos:

Vendas Online

Título:Manutenção Automovel

Autor:Vendas Online(todos os textos)

Imagem por: star5112

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    17-06-2014 às 04:55:10

    Há inúmeros benefícios para fazer a manutenção do automóvel, pois isso garante melhor preservação do veículo e se prolonga o uso por muitos e muitos anos.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios