Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Biografias > Ernest Hemingway

Ernest Hemingway

Categoria: Biografias
Ernest Hemingway

O Velho e o Mar

Nascido a 21 de Julho de 1899, em Oak Park, Illinois (EUA), Hemingway foi um dos mais famosos escritores norte-americanos. Além de romancista era também jornalista. Teve uma vida emocional atribulada, o que se reflectiu nos quatro casamentos que teve. Aventureiro, usava as experiências para escrever livros.

Venceu o Pulitzer e o Prémio Nobel da Literatura. Acabaria por cometer suicídio em casa, com 61 anos, a 2 de Julho de 1961, matando-se com uma arma de caça.

Filho de um médico de uma zona rural, cresceu em contacto com a natureza. Ainda jovem vai para a Europa, numa altura em que estava prestes a rebentar a Primeira Guerra Mundial.

Tinha terminado o segundo ano na escola e já era jornalista. Tentou alistar-se, mas não foi aceite por ter um problema de visão. Só que decidido em participar na guerra, aceitou o posto de motorista de ambulância na Cruz Vermelha. Em Itália apaixonou-se por uma enfermeira, que viria a influenciar um futuro romance seu. Em 1921 casou pela primeira vez.




Desta relação teve um filho. Em 1927 casou pela segunda vez com uma jornalista de moda de quem teve dois filhos. Um ano depois vão viver para a Florida.

Qualquer um dos romances deste autor, devem ser lidos pelo menos uma vez na vida, mas recomendo principalmente, "O Velho e o Mar". Uma obra de importante relevância, e com um estilo de narrativa extremamente pormenorizada, que nos desperta os sentidos.


Bruno Jorge

Título: Ernest Hemingway

Autor: Bruno Jorge (todos os textos)

Visitas: 0

618 

Comentários - Ernest Hemingway

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

A arte de trabalhar a madeira

Ler próximo texto...

Tema: Serviços Construção
A arte de trabalhar a madeira\"Rua
A carpintaria constitui, digamos assim, a arte de trabalhar a madeira. É claro que, de acordo com o produto final, se percebe bem que uns carpinteiros são mais artistas do que outros…

Às vezes nem se trata tanto dos pormenores, mas mesmo de desvirtuar o que era a ideia inicial e constava da encomenda. Mal comparado, quase se assemelha à situação daquela aspirante a costureira que pretendia fazer uma camisola para o marido e, no fim, saíram umas calças!

Na construção civil, a madeira é utilizada para diversos fins, temporários ou definitivos. Na forma vitalícia (esperam os clientes!) incluem-se estruturas de cobertura, esquadrias (portas e janelas), forros, pisos e edifícios pré-fabricados.

Quase todos os tipos de madeira podem ser empregues na fabricação de móveis, mas alguns são preferidos pela sua beleza, durabilidade e utilidade. É conveniente conhecer as características básicas de todas as madeiras, como a solidez, a textura e a côr.

Ser capaz de identificar o género de madeira usado na mobília lá de casa pode ajudar a determinar o seu real valor. Imagine-se a possibilidade de uma cómoda velha, que estava prestes a engrossar o entulho para a recolha de lixo, ter sido feita com o que hoje se considera uma madeira rara.

É praticamente equivalente a um bilhete premiado do Euromilhões, dado que se possui uma autêntica relíquia! Nestes casos, a carpintaria entra na área do restauro e da recuperação. Afinal, nem tudo o que é velho se deita fora…

Por outro lado, as madeiras com textura mais fraca são frequentemente manchadas para ganhar personalidade. Aqui há que remover completamente o acabamento para se confirmar a verdadeira natureza da madeira.

É assim também com muita gente: tirando a capa, mostram-se autenticamente. Mas destes, nem um artificie com “bicho-carpinteiro” consegue fazer nada…!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:A arte de trabalhar a madeira

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Luene ZarcoLuene

    23-09-2014 às 13:23:35

    Uma excelente técnica que penso ser muito bonito e sofisticado. A arte de trabalhar madeira está sempre em desenvolvimento e crescimento.

    ¬ Responder
  • Rua DireitaRua Direita

    01-06-2014 às 05:18:46

    É ótimo o trabalho com a madeira. Pode-se perceber grandes obras que se faz com ela. Realmente, é uma verdadeira arte!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios