Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Biografias > D. Afonso V, o Africano

D. Afonso V, o Africano

Categoria: Biografias
D. Afonso V, o Africano

Filho do rei D. Duarte e de D. Leonor, filha de D. Fernando I, rei de Aragão e da Sicília, Afonso V nasceu em Sintra, a 15 de Janeiro de 1432. Seu pai, D. Duarte, teve um reino muito curto (1433-1438), morrendo vítima de peste a 9 de Setembro de 1438, em Tomar.

D. Duarte, filho de D. João I e de D. Filipa de Lencastre, nasceu a 31 de Outubro de 1391, chegou ao trono português em 1433, e faleceu em 1438. Deixou uma herança cultural do seu reinado: o Leal Conselheiro e A Arte de Bem Cavalgar Toda a Sela. Irmão do infante D. Henrique, quinto filho do casal. Ficou ligado às conquistas marítimas, de Porto Santo, em 1419, da Madeira, em 1420, e dos Açores, em 1427. Fundou em Sagres a famosa escola náutica; e irmão de D. Fernando, o Infante Santo, oitavo e último filho do casal. Foi mestre da Ordem de Avis. Quando D. Duarte faleceu, D. Afonso tinha apenas 6 anos. Nas Cortes de Lisboa, em 1439, elegeu-se D. Pedro como regente do reino. Só em 1448, D. Afonso V, o Africano, começou a governar sozinho. D. Pedro faleceu na Batalha da Alfarrobeira. (sepultado no Mosteiro da Batalha).

D. Afonso V casou com a sua prima, D. Isabel, filha do infante D. Pedro. A união destes festejou-se a 25 de Maio de 1442, em Óbidos, tendo o pequeno Afonso apenas 9 anos. Casaram em 1447, um ano depois de D. Afonso V ter atingido a maioridade, aos 14 anos. Deste casamento, tiveram três filhos: D. João, que morreu em criança, D. Joana, a Santa Joana, e D. João, o futuro D. João II.

O reinado de D. Afonso V ficou marcado pela conquista das praças de áfrica: Alcácer Ceguer, em 1458, Arzila e Tânger, em 1471, Larache e Anafé. Durante o seu reinado, o seu tio, infante D. Henrique prosseguiu com as conquistas marítimas: S. Tomé e Príncipe e Cabo Verde. Quando o seu tio morreu, entregou a exploração da Costa Ocidental Africana a Fernão Gomes.
D. Afonso V faleceu em Sintra, a 28 de Agosto de 1481.

Daniela Vicente

Título: D. Afonso V, o Africano

Autor: Daniela Vicente (todos os textos)

Visitas: 0

641 

Comentários - D. Afonso V, o Africano

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Dica caseira para remover manchas no rosto facilmente

Ler próximo texto...

Tema: Beleza
Dica caseira para remover manchas no rosto facilmente\"Rua
Com a chegada do verão, os cuidados com a pele precisam ser intensificados. É claro que, independente da estação, os cuidados com a saúde e beleza são fundamentais. Mas, no verão, alguns problemas de pele, principalmente da face, tornam-se mais frequentes e, com isso, surgem algumas preocupações. A boa notícia é que, a maior parte dessas preocupações podem ser amenizadas ou até mesmo solucionadas com dicas caseiras de cuidado com a pele.

Logo, certos cuidados como o uso regular de bloqueador solar é importantíssimo, não só para evitar manchas no rosto e no corpo, como também, para evitar doenças graves como o temido câncer de pele. Por isso, a boa hidratação, a limpeza correta da face e o uso de cremes faciais com proteção contra os raios ultravioletas UVA e UVB não podem ser menosprezados.

Outro detalhe relevante é a escolha da alimentação. Para ter uma pele saudável e bonita é preciso evitar o uso de certos alimentos. Sabe-se que os conservantes, corantes e similares, que estão sempre presentes nos alimentos industrializados provocam alergias e outros problemas. Essas substâncias podem fazer surgir ou intensificar doenças como o melasma, aquelas manchas escuras na face. E, essas manchas são sensíveis ao calor do sol e, dependendo da pele, o tratamento exige bastante tempo e recursos financeiros para cuidados e acompanhamento dermatológico.

Mas, você pode preparar em casa uma loção para limpar a pele, reduzir ou até mesmo remover essas manchas escuras. Você vai precisar de um pêssego maduro, um pouco de hidratante facial e uma bisnaga de Bepantol, que é um creme com vitamina A.

Dicas para preparar seu creme removedor de manchas na pele:

Primeiramente, faça o creme de pêssego: é só bater no Mix o pêssego com um pouquinho de água. Para facilitar, amasse o pêssego com uma colher antes de bater no Mix. Depois, peneire a massa de pêssego para o creme ficar mais homogêneo. Em seguida, misture a terça parte da bisnaga de Bepantol ao pêssego com uma colher, preferencialmente de madeira ou de plástico. Com um algodão e com movimentos suaves, aplique a loção no rosto e deixe agir por 40 minutos. Depois lave com água abundante. Evite o uso de esfoliante porque a pele ficará muito sensível. Essa loção pode ser usada até três vezes na semana. Não use sobras de creme.

Pesquisar mais textos:

Zilma Silva

Título:Dica caseira para remover manchas no rosto facilmente

Autor:Zilma Silva(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios