Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Biografias > Bruce Springsteen – The Boss

Bruce Springsteen – The Boss

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Biografias
Bruce Springsteen – The Boss

Há quem o conheça por Bruce, ou somente por Springsteen, mas se falar em The Boss qualquer um vai saber de quem está a falar.

Bruce Frederick Joseph Springsteen nasceu em Long Branch, em New Jersey nos Estados Unidos da América em 1949. Springsteen tem uma descendência bastante interessante, sendo filho de um motorista de origem holandesa e irlandesa e de uma mãe administrativa de ascendência italiana. Com tantas origens misturadas, só podíamos esperar de Bruce um temperamento defensor da pátria mas acima de tudo da classe trabalhadora. Isso está refletido em músicas como as que encontramos no álbum “Born To Run”.

Dono de uma voz única e rouca, The Boss já ganhou vários prémios entre eles 20 Grammys, 4 American Music Awards e inclusivamente um Oscar e já vendeu mais de 150 milhões de discos em todo o mundo.

Toca guitarra desde os 13 anos (prenda oferecida pela mãe) e diz que esse foi o início de todo o sonho. Desde o final dos anos 60 que Bruce compunha e cantava em diversas bandas de rock e tocava em inúmeros clubes e festas. Em 1971 formava a banda The Bruce Springsteen Band.

Chamou a atenção em 1974 quando um conhecido jornalista da revista “The Real Papper” mencionou o nome de Bruce quando disse “Eu vi o futuro do Rock n’Roll e o seu nome é Springsteen”. Mais tarde, este jornalista tornava-se uma peça fundamental na produção do álbum “Born To Run” lançado em 1975.

Em 1978 alcançando o 5º álbum nas tabelas de vendas, Bruce edita “Darkeness on the Edge of Town” vendendo mais de 3 milhões de cópias.

Em 1980 Bruce alcançava e antecipava um estilo que se anunciava com “The River” e em 1982 lança “Nebraska”.

Em 1984 lança aquele que é considerado o hino e nasce “Born in the U.S.A.” e vende 15 milhões de discos. O álbum superou espectativas e foi gloriosamente recebido pelos veteranos da guerra do Vietnam que se viam refletidos nas letras patriotas e indiscutivelmente fantásticas de Bruce.

Álbuns como “Human Touch” (1992), “Lucky Town” (1992), “The Rising” (2002) e “Working On a Dream” (2009) são grandes exitos que The Boss nos oferece recheados de letras cheias de sentimento e sentido para todos aqueles que entendem o que é viver, crescer e vencer a pulso.


Carla Horta

Título: Bruce Springsteen – The Boss

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 0

769 

Comentários - Bruce Springsteen – The Boss

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Estratégia do arco-íris

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Serviços
Estratégia do arco-íris\"Rua
Pessoas comuns estão a descobrir novas estratégias que supostamente fazem dinheiro rápido. Mas, a verdade da questão é que, isso é quase impossível. Ao longo de sua jornada de negociação, vai experimentar algumas vitórias e derrotas. Então, vejamos uma das estratégias que irá produzir mais vitórias do que derrotas: a estratégia do arco-íris. Esta é uma estratégia muito poderosa que qualquer um pode utilizar, especialmente novatos lá fora. Se é novo no comércio de opções binárias e gostaria de ganhar dinheiro online, esta é a estratégia ideal para si.

A estratégia do arco-íris envolve um período de 6, 14 e 26 períodos, períodos de média móvel exponencial. Estes permitem filtrar os movimentos menores no mercado e dar-lhe uma visão clara da tendência.

O mercado está numa tendência alta quando o período de 6 EMA está no topo dos 14 períodos EMA e dos 26 períodos EMA. A tendência baixa ocorre quando as EMA cruzam-se. Agora, os 26 períodos EMA devem estar no topo da EMA de 14 períodos. Em tendências altas, os comerciantes devem concentrar-se principalmente em opções de compra.

Uma opção de compra pode ser acionada quando o preço para baixo remonta à EMA 14 e começa a mover-se para cima. Uma opção de venda pode ser acionada quando o preço refaz para cima, e os períodos EMA 14 começam a mover-se para baixo.

As vantagens desta estratégia é que muitos dos sinais são precisos e não requerem muita análise para fazer um bom negócio. Com a gestão de risco adequada, pode fazer desta a sua principal estratégia. Mas, antes de tomar essa decisão, saiba que existem algumas desvantagens. O preço às vezes pode ir além dos 14 períodos de EMA. Alguns comerciantes podem não saber como reagir a isso.

Além disso, mesmo se os mercados são tendências, ainda existe a possibilidade de dar sinais falsos, mas com a gestão de riscos aplicadas, esses sinais falsos não causam muito dano. Combinar esta estratégia com coisas como Fibonacci, linhas de tendência ou médias móveis podem ajudar a reduzir as chances de perdas.

Em geral, a estratégia do arco-íris é um grande indicador. Ele faz maravilhas nos mercados de tendências e é muito fácil de usar para os comerciantes de todos os níveis. No fim de contas, é apenas uma questão de fazer uma boa gestão de risco. É uma ótima estratégia para iniciantes começarem a usar e obterem vitórias, experiência e bastante dinheiro.

Pesquisar mais textos:

Jerónimo Diogo Magalhães

Título:Estratégia do arco-íris

Autor:Jerónimo Diogo Magalhães(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios