Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Beleza > Relaxe com um banho aromático

Relaxe com um banho aromático

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Beleza
Comentários: 4
Relaxe com um banho aromático

O ato de tomar banho constitui, só por si, um momento relaxante para qualquer pessoa. De tal modo é assim que se costuma dar banho aos bebés ao fim da tarde, para que, depois da refeição, possam descansar mais serenos. Para além da componente higiénica do banho, a tranquilidade, o relaxamento, a meditação, a maior eficácia do desempenho dos órgãos vitais ou uma melhoria da circulação, podem ser conseguidos através de um banho aromático. Já para não mencionar a excelente textura da pele e o afastamento das energias negativas que ele proporciona.

De facto, os banhos aromáticos não limpam apenas o corpo como também lavam a alma. As ervas ou os óleos atuam a dois níveis: por penetração na pele e por inalação, dado que se forma uma nuvem aromática, originada pelo vapor da água morna.

A juntar aos vários aromas, há diversas cores. Por exemplo, óleos brancos, amarelos ou roxos são afrodisíacos, sendo que os brancos revelam excelência para purificar, acalmar e reduzir o stress, e as propriedades dos roxos combatem a preguiça e o mau humor, e fomentam a autoestima. Se a pretensão for no sentido de diminuir a tristeza e lograr harmonia, então o azul é a cor certa. Já para afugentar a depressão e o cansaço, e estimular a mente, um banho aromático com um óleo verde é o ideal. Um óleo laranja é ótimo para inflamar a coragem e a memória, e o rosa aporta auto-confiança e “boa onda”.

Existem diferentes tipos de óleos: a camomila tonifica e hidrata o corpo; o óleo de calêndula possui um efeito normalizador e calmante; o alecrim é dotado de atributos tónicos e estimulantes.

Embora não haja, por enquanto, comprovação científica destas virtudes, o certo é que inúmeras pessoas relatam os benefícios destas cores e fragrâncias.

Para experimentar um pouco da magia destas essências, fica uma receita simples de um banho aromático: um litro de água fervida, dez folhas de manjericão, dez folhas de erva-cidreira e uma raiz (pequena) de gengibre picada. Primeiramente, prepara-se uma infusão, como se fosse para chá. Deposita-se, de seguida, num recipiente grande a uma temperatura máxima de 30ºC. Depois do banho normal, aplica-se por todo o corpo, partindo do pescoço para baixo. O manjericão detém poder diurético, sedativo e afasta a depressão; a erva-cidreira, relaxante, auxilia na luta contra o esgotamento cerebral e as enxaquecas; o gengibre reconforta, desintoxica e concorre para melhorar a celulite. Pode ainda criar-se um ambiente mais favorável à atuação destas substâncias, acendendo velas (e apagando as luzes), ouvindo uma música muito suave, etcétera. É caso para querer ir a banhos, não é?


Maria Bijóias

Título: Relaxe com um banho aromático

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 0

777 

Imagem por: dan taylor

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 4 )    recentes

  • Daniela VicenteDaniela Vicente

    10-10-2012 às 00:13:46

    um banho por si só já é óptimo, mas se for aromático é o melhor dos dois do mundo. uma das formas ideais para relaxar, naqueles dias stress. à pouco tempo comprei uma pastilha efervescente numa loja muito conhecida decosméticos e adorei o cheiro e a suavidade. aconselho a toda a gente, principalmente às mulheres. sim, às mulheres, toda a gente sabe que a mulher tem sempre o trabalho a dobrar.

    ¬ Responder
  • André BelacorçaAndré Belacorça

    09-10-2012 às 08:57:25

    Além de parecer super relaxante, é saudável, ajudando a saúde, a alma, a pela e etc.. pelo que refere, eliminando as energias negativas do corpo, acredito que este banho seja de ser "levado ao céu". Bom texto, caracterizando os óleos, falando deles e explicando o como e porquê, acredito que muitas mulheres já optaram por este meio e não saíram nada arrependidas e voltaram a segunda, terceira, quarta vez, acredito mesmo.

    ¬ Responder
  • Gabriela TorresGabriela Torres

    09-10-2012 às 02:12:42

    Eu ador um banho bem aromático.Acho algo muito relaxante e agradável.Nada melhor que chegar em casa,após um dia bem cansativo e deitar numa banheira com uma água bem morna com velas e essências aromáticas de vários odores.

    ¬ Responder
  • Sofia NunesSofia Nunes

    14-09-2012 às 14:54:07

    Boas recomendações para a preparação de um momento relaxante a que poucas vezes temos direito. Não sendo recomendado tomar um banho diário de imersão, uma vez que consome muita água comparativamente com o banho de emersão, temos de nos conformar com o rápido e muitas vezes pouco relaxante duche diário. Mas ocasionalmente podemos -até devemos- mimar-nos com um belo banho de imersão, acrescentando óleos ou, como sugere, até ervas aromáticas, bem mais em conta.

    ¬ Responder

Comentários - Relaxe com um banho aromático

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Um sinal de compromisso

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Jóias Relógios
Um sinal de compromisso\"Rua
Exibir uma aliança de compromisso é, frequentemente, motivo de orgulho e, quando se olha para ela, vai-se rodando-a no dedo e fica-se com aquela expressão ridícula na cara.

Uma questão se coloca: qual a razão de estas alianças de compromisso serem tão fininhas: será porque os seus principais clientes, os jovens, são sujeitos de poucas posses (tendendo as mesadas a emagrecer ainda mais com a crise generalizada) ou porque esse compromisso, não obstante a paixão arrebatadora, é frágil e inseguro?

Sim, porque aqui há que fazer cálculos matemáticos: x compromissos vezes y alianças…com um orçamento limitado sobre um fundo sentimental infinito…

Depois, importa perpassar os tipos destas alianças. Há as provisórias, que duram em média quinze dias; há as voadoras, que atravessam os ares à velocidade da luz quando a coisa dá para o torto; há as que insistem em cair do dedo, sobretudo em momentos em que ter um compromisso se revela extremamente inoportuno; e depois há as residentes, que uma vez entradas não tornam a sair.

Os pombos-correios usam anilhas onde figuram códigos que os identificam. Talvez não fosse completamente descabido fazer umas inscrições deste género em algumas alianças de compromisso por aí…

Só para ajudar os mais esquecidos a recordarem a que “pombal” pertencem.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Um sinal de compromisso

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: dan taylor

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Luene ZarcoLuene

    22-09-2014 às 05:46:10

    Um sinal de amor e lealdade perpétua! Adoro ver os vários modelos de aliança! Vale a pena escolher uma bem bonita!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios