Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Arte > São Lucas Pintando a Virgem Maria do pintor Guercino

São Lucas Pintando a Virgem Maria do pintor Guercino

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Arte
Visitas: 20
São Lucas Pintando a Virgem Maria do pintor Guercino

A pintura de Guercino apresentada é datada do ano de 1652 -1653. S. Lucas foi o primeiro iconógrafo e por isso é o patrono dos pintores. É possível ver na obra o privilégio da cor e da mancha sobre a linha e da profundidade sobre o plano.
No quadro, apercebemo-nos de um primeiro plano onde é possível observar a figura de São Lucas. Sabemos que é o mesmo através do título da imagem e pelos atributos que lhe são incutidos, neste caso específico, a paleta de tintas, o cavalete e o boi. São Lucas parece que convida a olhar a obra, que o mesmo pintou.

O seu símbolo é o touro, o animal dos sacrifícios porque Lucas começa o seu Evangelho com a evocação do sacerdote Zacarias, celebrador do Templo de Jerusalém.

As representações de São Lucas apresentam-se normalmente de duas formas, como evangelista e como pintor da virgem. No que diz respeito à sua primeira representação os seus atributos iconográficos são o boi com ou sem asas. Esta figuração pode ser devido ao facto do evangelho de São Lucas ser aquele que mais ênfase dá ao sacerdócio de Jesus Cristo e sendo o boi o animal representativo do sacrifício do mundo antigo, o mesmo aparece associado ao evangelista. Na obra podemos observar que o boi se encontra localizado por cima de um livro, o qual podemos considerar que seja o Evangelho.

Como pintor aparece associado à paleta, ao cavalete e aos pincéis. No que diz respeito à representação da Virgem e do Menino, é dito que São Lucas descreve os mesmos em três ícones. É quase sempre representado com os elementos acima descritos.

No fundo da pintura no lado direito da imagem é possível ver uma paisagem enquadrada através de uma coluna de dimensões colossais. São Lucas no primeiro plano da pintura encontra-se como que numa posse de apresentação da sua obra, a pintura da Virgem Maria com o menino, (uma pintura dentro de uma outra pintura), onde a virgem se apresenta vestida com uma túnica de cor vermelha, característica das virgens de Nossa Senhora, o vermelho é também símbolo do amor, do sacrifício e representativo do humano. Sobre a túnica assenta um manto azul, emblema das mães daquela época, o azul foi uma cor usada na representação de divindades, foi estabelecida como a cor de todos aqueles que transmitem santidade.

Contudo é curioso observar na imagem que São Lucas se encontra vestido com vestes da mesma cor da roupagem da Virgem Maria, mas as mesmas encontram-se ao contrário, a veste sobre o corpo é azul e a superior vermelha. A Virgem Maria encontra-se com a sua mão esquerda a pegar no menino Jesus como que em significado da mão de consolo que Maria oferece a todos aqueles que a ela recorrem. Ainda no que diz respeito aos membros superiores da figura pintada é de notar a mão alongada com os dedos juntos a apontar para o Menino, representando o “caminho”, segundo o Evangelho ”Eu sou o Caminho, a verdade e a Vida”.

Jesus apresenta-se também ele vestido de vermelho pois é “o Filho do Homem” preparado para o sacrifício. A cabeça de Cristo, como é possível reparar na imagem, apresenta proporções de tamanho superior em relação ao corpo, cujo significado está associado aqueles cuja inteligência é inspirada pelo Espírito Santo. Na cabeça da Virgem e de Cristo apercebemo-nos da existência de um “nimbo”, uma auréola usualmente dourada, que representa a “Luz de Deus”.

Na zona por trás de São Lucas encontra-se um anjo com umas vestes curtas (pois é possível observar um membro inferior, a perna, desnudado por baixo do cavalete onde se encontra o quadro que São Lucas está a pintar) de cor negra que observa a obra do pintor e olha para a Virgem e para o Menino com um ar afectuoso. O anjo que aparece na pintura não tem nenhum atributo iconográfico através do qual seja possível a sua identificação, contudo através do conhecimento dos ícones associados ao Evangelho de São Lucas e à Virgem Maria, coliguei esta personagem à figura do arcanjo Gabriel.

Os arcanjos são mensageiros de Deus das Boas Novas. Conhecido como São Gabriel Arcanjo, é o anjo que serve como mensageiro de Deus. Segundo o Evangelho de São Lucas, diversos cristãos acreditavam que Gabriel teria previsto os nascimentos de São Baptista e Jesus Cristo. Foi ele que anunciou ao profeta Daniel a vinda do Messias e foi a ele que foi confiada a mais alta das missões que havia sido confiada a alguém, o anúncio do Filho de Deus, São Lucas disse: “Foi enviado por Deus o anjo Gabriel a uma cidade da Galileia, a uma Virgem chamada Maria, e chegando junto a ela, disse-lhe: “Salve Maria, cheia de graça, o Senhor está contigo”. Ela ficou confusa, mas disse-lhe o anjo: “Não tenhas medo, Maria, porque estais na graça do Senhor. Conceberás um filho a quem porás o nome de Jesus. Ele será filho do Altíssimo e o seu Reino não terá fim”.

Na imagem estudada São Lucas parece convidar o observador a entrar para o quadro e a olhar para a pintura da virgem e do menino pintada sobre o mesmo, e nessa mesma “pintura”, apercebemo-nos que também eles, Virgem e menino, se encontram a olhar para o observador, como que, também eles a convidarem o observador a olhar o quadro.


Sónia Henriques

Título: São Lucas Pintando a Virgem Maria do pintor Guercino

Autor: Sónia Henriques (todos os textos)

Visitas: 20

791 

Comentários - São Lucas Pintando a Virgem Maria do pintor Guercino

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Contador de moedas

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Material Escritório
Contador de moedas\"Rua
O mundo dos negócios exige um grande dispêndio de energia e muitas horas de trabalho. No entanto hoje já é possível fazer recurso da alta tecnologia para poupar tempo e dinheiro. O recurso às funções do computador para o comércio facilita e atrai muitos clientes para empresas e comerciantes. No que diz respeito a contas é possível fazer uma contagem rápida e eficaz do dinheiro, sem passar horas a contar e com o risco de engano. É por isso que cada vez mais pessoas ligadas a negócios e serviços optam por adquirir um contador de moedas. Deste modo sabem que poupam tempo e não falham na sua contagem.

Dos inúmeros equipamentos que a alta tecnologia põe ao dispor, este é sem dúvida um equipamento que beneficia em muito o trabalho de muita gente. Por ser pequeno é muito cómodo e exige pouco espaço, ou melhor pode ser colocado em qualquer lugar.

Torna-se evidente que as novas tecnologias vieram para simplificar a vida e trazem muitas vantagens, rentabilizam e poupam tempo. No caso do contador de moedas, sem enganos, falhas e complicações. É o ideal para ter num escritório de uma empresa, em escolas, cafés, pastelarias, salões de jogos, bancos, cinema, serviços financeiros e de tesouraria e outros ligados a serviços públicos e privados.

Em resumo, se está ligado a qualquer trabalho de comércio ou serviços pode poupar muto tempo e problemas apenas colocando um equipamento destes no seu espaço de trabalho. As suas vantagens são inúmeras, em especial: permite realizar uma contagem rápida das moedas dividindo-as e fazendo a sua soma, conta o total das moedas, o valor total em cada tipo de moedas e a quantidade de todas as moedas.

Contem e separa no mínimo duzentas e vinte moedas por minuto, sem erro, conta e separa tudo no mesmo equipamento, permite alimentar o aparelho com quantidades entre as trezentas e quinhentas moedas de cada vez e continuar a adicionar mais moedas enquanto está a contar. Além disso o aparelho pode ser programado para separar um número de moedas predeterminado.

O seu design é bastante inovador e resistente. Os materiais de elevada qualidade, de fácil ligação e paragem automática.

Possui uma elevada funcionalidade, baixo consumo (70W), pouco peso, aproximadamente quatro kg, velocidade ultra rápida, pequena dimensão e estão todos certificados pela EU. Deste modo também possuem garantia, são fáceis de usar e de arrumar.

As suas funções práticas permitem que o contador de moedas possa estar em qualquer lugar.

Pesquisar mais textos:

Teresa Maria Batista Gil

Título:Contador de moedas

Autor:Teresa Maria Gil(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios