Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Arte > Ofereça Arte

Ofereça Arte

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Arte
Ofereça Arte

Já muito se tem falado nas dificuldades em procurar e escolher a prenda ideal para um amigo ou amiga. Umas prendas podem ser demasiado pessoais, e mesmo que tenha muita intimidade com que vai receber a prenda oferecida por si, um objeto íntimo pode ser uma surpresa um bocadinho descabida.

Procurar é o mote, mas escolher é uma tarefa árdua e bem difícil.

Não desespere. Se não consegue decidir o que vai oferecer e ainda por cima o seu poder de compra permite-lhe entusiasmo, ofereça uma peça de arte.

Se o seu amigo ou amiga têm um gosto requintado e gostam de peças com história, porque não oferecer uma peça de arte antiga?

Se o seu amigo é um leitor assíduo e dá valor às primeiríssimas edições, esta é uma excelente opção. Em alguns alfarrabistas vai conseguir encontrar livros antigos e muitas primeiras edições. A escolha pode ser tão variada que terá a oportunidade de verificar que existem livros cujos assuntos são do interesse do seu amigo.

Se a prenda for para dar a uma amiga, corra até um antiquário. Uns pratinhos de porcelana para colocar na parede, ou um abajur com história podem ser excelentes opções. Peças de arte sacra podem ser a prenda perfeita, mas só se tiver a certeza de que os seus amigos têm onde colocar peça tão valiosa e se a religiosidade for tema e prática comum lá em casa. Não vai querer ferir suscetibilidades, pois não?

Se por outro lado os seus amigos forem dados a modernices, a ideia de oferecer uma peça de arte continua a ser uma excelente ideia.

Para o seu amigo, talvez um tabuleiro de xadrez feito em vidro ou acrílico baço pode ser uma prenda de extremo bom gosto. No entanto se o seu amigo não souber jogar xadrez, ofereça-lhe uns copos com design moderno para brindarem com um licor.

Se a sua amiga gosta de quadros, então você está com sorte. Pinturas de conhecidíssimos pintores modernos, podem preencher aquela parede demasiado imaculada. Não escolha artistas estrangeiros. Opte sempre pelos nacionais e defenda o nosso património.

As estatuetas poderão já não estar tão na moda, mas os jarros de tamanhos gigantescos e de feitios diferentes e originais estão. Desiniba-se.

Faqueiros ou anéis de guardanapos também são outras ideias. Procure lojas de design exclusivo e encontrará peças do outro mundo.

A arte é desde sempre um excelente investimento, mas antes disso é uma oferta de extremo bom gosto. Ofereça Arte.



Carla Horta

Título: Ofereça Arte

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 0

606 

Imagem por: gothick_matt

Comentários - Ofereça Arte

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Autobiografia de Alice B. Toklas, de Gertrude Stein, pela primeira vez em Portugal

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Literatura
Autobiografia de Alice B. Toklas, de Gertrude Stein, pela primeira vez em Portugal\"Rua
Gertrude Stein foi uma escritora de peças de teatro, de peças de opera, de ficção, de biografia e de poesia, nascida nos Estados Unidos da América, e escreveu a Autobiografia de Alice B. Toklas, vestindo a pele, e ouvindo pela viva voz da sua companheira de 25 anos de vida, os relatos da historia de ambas, numa escrita acessível, apresentando situações caricatas ou indiscretas de grandes vultos da arte e da escrita da sua época. Alice B. Toklas foi também escritora, apesar de ter vivido sempre um pouco na sombra de Stein. Apesar de ambas terem crescido na Califórnia, apenas se conheceram em Paris, em 1907.


Naquela altura, Gertrude vivia há quatro anos com o seu irmão, o artista Leo Stein, no numero 27 da rue de Fleurus, num apartamento que se tinha transformado num salão de arte, recebendo exposições de arte moderna, e divulgando artistas que viriam a tornar-se muito famosos. Nestes anos iniciais em Paris, Stein estava a escrever o seu mais importante trabalho de início de carreira, Three Lives (1905).


Quando Gertrude e Alice se conheceram, a sua conexão foi imediata, e rapidamente Alice foi viver com Gertrude, tornando-se sua parceira de escrita e de vida. A casa, como se referiu atrás, tornou-se um local de reunião para escritores e artistas da vanguarda da época. Stein ajudou a lançar as carreiras de Matisse, e Picasso, entre outros, e passou a ser uma espécie de teórica de arte, aquela que descrevia os trabalhos destes artistas. No entanto, a maior parte das críticas que Stein recebia, acusavam-na de utilizar uma escrita demasiado densa e difícil, pelo que apenas em 1933, com a publicação da Autobiografia de Alice B. Toklas, é que o trabalho de Gertrude Stein se tornou de facto reconhecido e elogiado.


Alice foi o apoio de Gertrude, foi a dona de casa, a cozinheira, grande cozinheira aliás, vindo mais tarde a publicar algumas das suas receitas, e aquela que redigia e corrigia o que Gertrude lhe ditava. Assim, Toklas fundou uma pequena editora, a Plain Editions, onde publicava o trabalho de Gertrude. Aliás, é reconhecido nesta Autobiografia, que o papel de Gertrude, no casal, era o de marido, escrevendo e discutindo arte com os homens, enquanto Alice se ocupava da casa e da cozinha, e de conversar sobre chapéus e roupas com as mulheres dos artistas que visitavam a casa. Depois da morte de Gertrude, Alice continuou a promover o trabalho da sua companheira, bem como alguns trabalhos seus, de culinária, e um de memórias da vida que ambas partilharam.


Assim, este livro que inspirou o filme “Meia noite em Paris”, de Woody Allen, é um livro a não perder, já nas livrarias em Portugal, pela editora Ponto de Fuga.

Pesquisar mais textos:

Liliana Félix Leite

Título:Autobiografia de Alice B. Toklas, de Gertrude Stein, pela primeira vez em Portugal

Autor:Liliana Félix Leite(todos os textos)

Imagem por: gothick_matt

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios