Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Animais Estimação > Conhecendo o cachorro e suas raças

Conhecendo o cachorro e suas raças

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Animais Estimação
Visitas: 15
Comentários: 18
Conhecendo o cachorro e suas raças

Ter um animal em casa, pode ser algo saudável tanto para você como para as crianças. Os cães ajudam a desenvolver as capacidades de autoestima e ensinam as crianças serem responsáveis e compreensivas. No entanto, uma criança e um cão nem sempre têm uma relação amigável. Filhote de cão pode ser muito divertido e simpático, mas exigem muito mais trabalho e disponibilidade, do que um cão adulto. Saiba que terá de gastar muita energia para educá-los, e como são mais frágeis, exigem bastante atenção.

Um dos fatores mais importantes na hora de escolha, é a raça.
As raças aconselháveis: Golden Retriever, Retriever do Labrador e Retriever, que são os de pelo liso. É uma boa escolha para famílias com crianças. Normalmente, são cães muito dóceis, e carinhosos e não têm tendência para serem agressivos, o Beagle geralmente, é um cão que gosta de crianças e de outros cães. Adora interagir com outros e, por isso, são excelentes para brincadeiras e são muito afetuosos, toleram bem o barulho e a confusão, sem ficar irritados.

Já os Dálmatas, por outro lado, além de ser uma celebridade entre as crianças, os dálmatas podem ser grandes companheiros para as brincadeiras. São fáceis de educar e muito protetores. O Springer Spaniel inglês, é bom em temperamentos, está raça distingue-se pela sua capacidade em socializar-se e obedecer, é Inteligente, energético, brincalhão e são cães corajosos, adoram viver com muitas pessoas.

O Mastiff inglês é um excelente cão de guarda, é ideal para a família. A sua paciência, e inteligência tornam-no num companheiro fiel. Raramente ladra e por ser um cão grande e pesado, não é muito dado a grandes correrias.

Nem todos os cães se dão bem com as crianças. Conheça algumas das raças que você deve evitar. Existem cães que são ótimas companhias para adultos ou adolescentes, mas que não são indicados para crianças, já que não gostam de ser tratados de forma bruta ou de serem constantemente provocados. Como em tudo na vida, existem exceções, e a relação entre uma criança e um cão depende muito da educação que tanto a criança como o cão recebem.

As raças Chihuahua são conhecidas pela sua personalidade e lealdade, mas não são recomendáveis para as crianças, por causa do seu tamanho e fragilidade.Por vezes, as crianças podem puxar a cauda, e magoá-los o que pode levá-los a morder para se defender.

O Chow é geralmente, temperamental e tem pouca disposição para brincadeira, apesar do seu ar fofo. São obedientes, mas pouco inteligentes. Pequinês o fato de serem teimosos e ciumentos pode levá-los a terem atitudes mais agressivas. São cães, no geral, que precisam ser treinados para evitar futuros problemas até com outros.

O Yorkshire Terrier, é um cão adorável e fofo, é aconselhado para adolescentes e adultos. Por ser muito pequena e frágil, poderão morder para se defenderem.
No caso do Terrier Tibetano, mais uma vez, o tamanho pode vir a ser um problema. A convivência com esta raça é aconselhável só a crianças com mais de sete anos. Menos do que isso, pode significar alguns perigos, por ser muito frágil e pequeno.


Waldiney Melo

Título: Conhecendo o cachorro e suas raças

Autor: Waldiney (todos os textos)

Visitas: 15

762 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 18 )    recentes

  • SophiaSophia

    21-04-2014 às 18:05:23

    Os cachorros são ótimos educadores das pessoas. Sim, aprendemos muito com eles. Até mesmo, para a cura de depressão, de mágoas, enfim, eles são uns fofos, carinhosos demais!!!

    ¬ Responder
  • tiago

    30-06-2013 às 00:02:46

    boa noite qual é o valor desse pug? quero compra um, manda resposta?

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoMaria

    19-10-2012 às 10:16:02

    Conhecer o que já se tem em casa é o primeiro passo, certo amigas!?

    ¬ Responder
  • vanessa

    29-09-2012 às 19:20:03

    Adoro esas cachorro. Onde encontró dele para comprar un desde pez mim. Ele e lindo....

    ¬ Responder
  • miriane carboneramiriane carbonera

    27-06-2012 às 01:39:43

    oi galera meu nome e miriana e tenho na vardade 9 bichos mas na real eu tenho 2 pug eles sao tao fofinho. um bjo galera

    ¬ Responder
  • carolinecaroline

    24-03-2012 às 00:57:14

    Ola eu queria saber quanto custa um cachorro desse !!!

    ¬ Responder
  • gaby

    08-11-2012 às 17:21:40

    1500

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãobertotti

    02-07-2011 às 10:54:49

    @karine
    leve seu cao passear no minimo 30 minutos por dia, isso faz com que ele perca a ansiedade.

    ¬ Responder
  • wesleywesley

    03-06-2011 às 00:01:25

    olá. minha pergunta é a mesma de quase todos que lhes enviaram e-mail rs.gostaria de saber qual é a raça deste cão e se é a mesma raça de um cachorro que está fazendo o maior sucesso numa propaganda de um carro da wolksvagem na tv e qual o valor do mesmo.garto

    ¬ Responder
  • IvâniaIvânia

    28-05-2011 às 02:30:11

    qanto custa um cachorro dessa raça????

    ¬ Responder
  • renatarenata

    21-03-2011 às 19:16:26

    queria saber araça desse cão e quanto qusta

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãojoao

    14-12-2010 às 11:46:37

    @ana luisa
    A raça desse cãozinho tao fofo é PUG

    ¬ Responder
  • InêsInês

    24-09-2010 às 12:56:00

    Boa tarde, não posso deixar de discordar. Está comprovado que qualquer cão pode lidar e adorar crianças desde que seja educado para isso(Tenho esse caso em casa!). Da mesma maneira que pode existir um dálmata agressivo, pode haver um pit bull agressivo. A diferença é que o pit bull tem mas força. Verdade é que se o dálmata não for bem educado, causará igualmente estagos.

    ¬ Responder
  • ana luisaana luisa

    21-08-2010 às 17:47:50

    Gostaria de saber a raça do cãozinho da foto desta página , pois estou querendo comprar um. Ele é buldog??

    ¬ Responder
  • vanessavanessa

    03-08-2010 às 16:50:09

    adorei me ajudou muito no meu trabalho obrigado beijos;;;**
    ass vanessa silva gomes de oliveira

    ¬ Responder
  • lilicacoruja

    24-02-2010 às 21:01:45

    quanto mais dou carinho e atençao aos animais mais me afasto do ser humano

    ¬ Responder
  • karinekarine

    14-12-2009 às 21:56:11

    eu tenho um labrador so que ela esta comendo coco de gato o que eu posso fazer com ela. Nao posso desfazer dos gatos por que e da minha vo

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãojennyfer

    02-09-2009 às 14:04:24

    Eu qeria saber Quanto Qe custa um cachorro desse

    ¬ Responder

Comentários - Conhecendo o cachorro e suas raças

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Dicas para decorar salas pequenas.

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Decoração
Dicas para decorar salas pequenas.\"Rua
A realidade das grandes cidades é que a maioria das pessoas mora em espaços pequenos. É fato também que todos desejam ter um ambiente acolhedor e aconchegante para receber amigos. Em contrapartida, na medida em que os espaços encolhem, a quantidade de aparelhos eletrônicos que utilizamos aumenta cada vez mais. Há ainda quem use a sala como home-office.

Nesta busca de inspiração para organizar e incrementar sua sala, encontramos uma série de sites especializados e blogs com muitas, muitas ideias. O conceito de D.I.Y. (do it yourself) que significa "faça você mesmo” nunca esteve tão na moda. É uma alternativa para reduzir gastos com mão de obra e nada melhor do que criar um espaço com um toque todo seu. Inspirações e ideias não faltam. Hoje, de certa forma todos nos sentimos meio decoradores.

Mas planejar a decoração de uma sala pequena exige alguns cuidados para que o ambiente não fique entulhado de móveis, disfuncional ou até mesmo desagradável.

Confira algumas dicas para decorar sua sala com estilo e valorizando seu espaço:
Os espelhos, além da autocontemplação, causam efeitos interessantes. Aplicados, por exemplo, em uma parede inteira pode duplicar a amplitude do ambiente. Pode ser usado também em móveis, tetos, em diversos formatos e valorizar a luminosidade da decoração.

As cores tem poder de causar sensações. Em ambientes com pouco espaço, elas podem colaborar para que a sensação de amplitude possa tanto aumentar quanto diminuir. Para pintar as paredes de sua sala aposte em cores claras. O teto com uma cor mais clara que a das paredes, por exemplo, pode simular uma elevação do teto, já em uma cor mais escura, promoverá uma sensação de rebaixamento do teto.

A escolha e posição dos móveis são um aspecto muito importante. Opte por poucos móveis, nunca de tamanhos exagerados e posicione-os de forma que valorize o espaço. Móveis que misturam poucos materiais, baixos e com linhas retas proporcionam leveza ao ambiente.

Uma solução muito interessante para espaços pequenos é a utilização de prateleiras. Caixas para produtos horto frutícolas reformadas podem se tornar lindas prateleiras. Mas cuidado com a profundidade, para não atrapalhar na disposição de outros móveis e objetos.

Móveis multifuncionais ou móveis inteligentes são excelentes alternativas para uma sala pequena. Um bom exemplo são pufes, que podem ser usados como mesas de centro ou ficarem alojados debaixo de aparadores e quando recebemos visitas podem se transformar em assentos extras. Mesas dobráveis também são uma ótima opção.

Escolher o mesmo piso ou revestimento pode dar a impressão de área maior, de continuidade. Mudanças drásticas de um ambiente para outro pode causar a sensação de divisão e consequentemente fazer parecer menor.

Algumas outras dicas: um sofá retrátil ou reclinável garante muito mais conforto e ocupa o espaço de um sofá simples. Suporte ou painéis móveis para TV possibilitam que ela seja movida na direção desejável. Caso o ambiente tenha escadas, escolher um modelo de escadas vazadas evita divisões e pode se tornar uma peça de destaque na sala. E para as cortinas, escolha tecidos leves, lisas e sem estampas.

De qualquer forma, ouse, não tenha medo de arriscar, crie, não copie, só assim será seu!

Luciana Santos.

Outros textos do autor:
Dicas para decorar salas pequenas.

Pesquisar mais textos:

Luciana Maria dos Santos

Título:Dicas para decorar salas pequenas.

Autor:Luciana Maria Santos(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Carlos Rubens Neto 16-06-2016 às 16:20:24

    Excelente matéria! Parabéns Luciana ;)

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios