Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > Suplementos alimentares: qual a credibilidade?

Suplementos alimentares: qual a credibilidade?

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Alimentação
Comentários: 3
Suplementos alimentares: qual a credibilidade?

Cada vez mais, observamos no nosso dia a dia a proliferação dos suplementos alimentares. Estes aparecem em variadas formas, para variados problemas. Cápsulas, ampolas, comprimidos, pastilhas, sprays, soluções, entre outras, entram na nossa vida para tentar resolver tudo, desde excesso de peso a queda de cabelo.

COMO FUNCIONAM?
Os suplementos alimentares têm um funcionamento simples: usam ingredientes naturais com principios ativos específicos para desencadear certas funções no nosso corpo.

Essas substâncias podem ser únicas ou estarem complementadas por outras que as potenciem. Por exemplo, um medicamento muito usado pelos alunos em época de exames, para melhorar a concentração, junta taurina, ginseng, vitamina C, entre outros, cada um desempenhando uma função diferente.

SÃO SEGUROS?
Maioritariamente, sim. No entanto, deve contactar o seu médico caso note reações adversas. Essas reações podem-se derivar de uma intolerância ou alergia a um dos ingredientes doo suplemento.

ESTES SUPLEMENTOS SÃO UMA NOVIDADE?
Não. Os suplementos alimentares são apenas uma forma de saúde através de ingredientes naturais. Assim, há vários séculos eram a base da medicina, visto não haverem medicamentos químicos.

As únicas novidades dos suplementos alimentares nos últimos dois séculos são os formatos de apresentação e a publicidade.

EU TOMO UM SUPLEMENTO, MAS ELE NÃO ME DÁ RESULTADO. PORQUÊ?
Os suplementos alimentares não são nem devem ser tidos como medicamentos.

Estes pretendem fazer parte de um estilo de vida e de alimentação saudáveis, sendo que para fazerem efeito deve ter também outros cuidados.

Por exemplo, os suplementos de perda de peso podem fazer muitas promessas. No entanto, se não tiver uma alimentação regrada e pelo menos algum exercício físico, o suplemento em si não vai fazer um milagre.

O mesmo se passa com os anti-celulite. Se quiser livrar-se da celulite, mas continuar a beber cafés, refrigirantes, entre outros, e não aumentar o consumo de água, nenhum suplemento ou creme lhe fará desaparecer este flagelo.

SE ME TENHO DE ESFORÇAR NA MESMA, ISSO NÃO TORNA OS SUPLEMENTOS INUTEIS?
De modo nenhum. Os suplementos foram feitos para ajudar a acelerar certas reações no nosso corpo. No entanto, se tiver alguém a puxá-lo para a frente e continuar a tentar andar para trás, não pode esperar nunca avançar.

Em suma, os suplementos alimentares são auxilios naturais para a sua saúde.

Espero que este artigo ajude a esclarecer algumas dúvidas. No entanto, este não é um artigo científico: se tiver alguma questão mais profunda acerca de suplementos alimentares deve sempre contactar o seu médico ou farmacêutico, pois eles possuem formação especícica para o ajudar.


Patrícia Carvalho

Título: Suplementos alimentares: qual a credibilidade?

Autor: Patrícia Carvalho (todos os textos)

Visitas: 0

632 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 3 )    recentes

  • SophiaSophia

    15-06-2014 às 20:42:46

    Sou a favor dos suplementos alimentares, creio que são essenciais ao corpo, já que não conseguimos nos alimentar de forma tão perfeita. Até porque ter todos esses nutrientes que o corpo precisa torna-se muito cara, em algumas regiões do país.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • Patrícia CarvalhoPatrícia Carvalho

    19-07-2012 às 17:04:22

    Os suplementos, na generalidade têm um efeito gradual e dependem também do estilo de vida. A sobredosagem não é aconselhada, pois a ideia é manter o corpo em equilíbrio. No entanto se tiver dúvidas contacte o seu farmaceutico.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoTiago

    02-07-2012 às 12:00:35

    E se eu tomar de mais? Isso vai acelerar ainda mais o desenvolvimento..
    E que eu já dupliquei a dose a 3 meses para acelerar o processo, mas ainda não vi grandes efeitos....

    ¬ Responder

Comentários - Suplementos alimentares: qual a credibilidade?

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Informática
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?\"Rua
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Bom, Não é de hoje que tecnologia vem surpreendendo a todos nós com grandes revoluções e os custos que diminuem cada vez mais.
Hoje em dia é comum ver crianças com smarthphones com tecnologia que a 10 anos atrás nem o celular mais moderno e caro do mercado tinha.
Com isso surgiram sugiram vários profetas da tecnologia e visionários, tentando prever qual será o próximo passo.

E os filmes retratam bem esse tema e usam essa formula que atrai a curiosidade das pessoas.
Exemplos:

Minority report - A nova lei de 2002 (Imagem)

Transcendence de 2014

Em Transcendence um tema mais conspiratório, onde um ser humano transcende a uma consciência artificial e assim se torna imortal e com infinita capacidade de aprendizagem.
Vale a pena ver tanto um quanto o outro filme. Algumas tecnologias de Minority Report, como utilizar computadores com as mãos (caso do kinect do Xbox 360 e One) e carros dirigidos automaticamente, já parecem bem mais próximo do que as tecnologias vistas em Transcendence, pois o foco principal do mesmo ainda é um tema que a humanidade engatinha, que é o cérebro humano, a máquina mais complexa conhecida até o momento.

Eu particularmente, acredito que em alguns anos teremos realmente, carros pilotados automaticamente, devido ao investimento de gigantes como o Google e o Baidu nessa tecnologia.

Também acho que o inicio da colonização de Marte, vai trazer grandes conquistas para humanidade, porém grandes desafios, desafios esses que vão nos obrigar a evoluir rapidamente nossa tecnologia e nossa forma de encarar a exploração espacial, não como um gasto, mas sim como um investimento necessário a toda humanidade e a perpetuação da sua existência.

A única salvação verdadeira para humanidade e para o planeta terra, é que seja possível o ser humano habitar outros planetas, seja localizando planetas parecidos com a terra ou mudando planetas sem condições para a vida em planetas habitáveis e isso só será possível com gente morando nesses planetas, como será o caso do Marte. O ser humano com a sua engenhosidade, aprendeu a mudar o ambiente a sua volta e assim deixou de ser nômade e da mesma forma teremos que aprender a mudar os mundos, sistemas, galáxias e o universo a nossa volta.

Espero que tenham gostado do meu primeiro texto.
Obrigado à todos!
Até a Próxima!


Pesquisar mais textos:

Érico da Silva Kaercher

Título:Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Autor:Érico da Kaercher(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios