Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > Saiba como conservar mantimentos

Saiba como conservar mantimentos

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Alimentação
Visitas: 4
Saiba como conservar mantimentos

Saber armazenar corretamente os mantimentos secos evita o aparecimento de insetos indesejáveis. E, além disso, fazer a organização da geladeira de forma adequada ajuda a conversar melhor aqueles alimentos que precisam de refrigeração. Pensando nisso, confira algumas dicas e saiba como conservar melhor os mantimentos, para aumentar sua durabilidade e evitar desperdícios.

1 – Feche bem as embalagens: Para conversar melhor seus alimentos secos, como por exemplo, a farinha de trigo e o café, sempre verifique se a embalagem desses produtos estão muito bem fechadas. Para fechá-los, você pode usar grampos de roupa ou arames de saco de pão. Caso você queira guardar estes mantimentos em potes, além de verificar se eles estão bem fechados, coloque uma etiqueta com a data de validade do produto.

Quando for guardar a farinha de trigo, a dica é colocar folhas de louro no interior do pote para espantar qualquer bicho.

2 – Sal e açúcar mascavo: O melhor jeito de guardar o sal e o açúcar mascavo é armazenando-os em locais secos, portanto, evite deixa-los na geladeira, pois a umidade pode interferir na qualidade desses produtos. No caso do sal, é recomendável colocá-lo em uma fôrma e levar ao forno para torrá-lo levemente. Depois, o sal deverá ser guardado em um pote com tampa para garantir que fique bem fechado. Já o açúcar mascavo pode ser armazenado em uma vasilha com ameixas secas, assim ele não irá ficar empedrado.

3 – Organizando a geladeira: Outra sugestão para que você evite o desperdício de alimentos é saber guarda-los da maneira certa dentro da geladeira. Procure deixar os mantimentos que irão ser consumidos rapidamente, sempre na prateleira da frente (primeira); as sobras na segunda; e os alimentos que precisão de uma maior refrigeração na última prateleira.

Alguns alimentos, como por exemplo, o tomate e o mamão, são mais sensíveis, por isso devem ficar fora da geladeira. Já as verduras também são frágeis, mas não podem ficar fora do refrigerador. Por isso, para conservá-las, lave muito bem suas folhas e armazene-as em uma vasilha ou em um saco plástico, bem fechados.

Se possível, sempre utilize potes de vidro. Dessa forma, fica mais fácil identificar os alimentos que estão guardados, evitando assim que o mantimento fique esquecido e estrague no interior da geladeira.

Rua Direita

Título: Saiba como conservar mantimentos

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 4

801 

Comentários - Saiba como conservar mantimentos

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Um sinal de compromisso

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Jóias Relógios
Um sinal de compromisso\"Rua
Exibir uma aliança de compromisso é, frequentemente, motivo de orgulho e, quando se olha para ela, vai-se rodando-a no dedo e fica-se com aquela expressão ridícula na cara.

Uma questão se coloca: qual a razão de estas alianças de compromisso serem tão fininhas: será porque os seus principais clientes, os jovens, são sujeitos de poucas posses (tendendo as mesadas a emagrecer ainda mais com a crise generalizada) ou porque esse compromisso, não obstante a paixão arrebatadora, é frágil e inseguro?

Sim, porque aqui há que fazer cálculos matemáticos: x compromissos vezes y alianças…com um orçamento limitado sobre um fundo sentimental infinito…

Depois, importa perpassar os tipos destas alianças. Há as provisórias, que duram em média quinze dias; há as voadoras, que atravessam os ares à velocidade da luz quando a coisa dá para o torto; há as que insistem em cair do dedo, sobretudo em momentos em que ter um compromisso se revela extremamente inoportuno; e depois há as residentes, que uma vez entradas não tornam a sair.

Os pombos-correios usam anilhas onde figuram códigos que os identificam. Talvez não fosse completamente descabido fazer umas inscrições deste género em algumas alianças de compromisso por aí…

Só para ajudar os mais esquecidos a recordarem a que “pombal” pertencem.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Um sinal de compromisso

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Luene ZarcoLuene

    22-09-2014 às 05:46:10

    Um sinal de amor e lealdade perpétua! Adoro ver os vários modelos de aliança! Vale a pena escolher uma bem bonita!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios