Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > Receitas de Sobremesas de Colher

Receitas de Sobremesas de Colher

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Alimentação
Visitas: 32
Comentários: 3
Receitas de Sobremesas de Colher

1 - Farófias

6 claras à temperatura ambiente
1,5 litro de leite
1 vagem de baunilha
150gramas de açucar fino
1 colher de sobremesa de farinha maisena
3 gemas
canela em pó q.b.

- bata as claras em castelo firme e reserve. Leve ao lume o leite com a vagem de baunilha aberta em todo o comprimento e 50gramas de açucar. Ferva durante 1 minuto e retire a baunilha
- coza as claras ás colheradas no leite fervente, poucas de cada vez, virando-as com um garfo. Quando as farófias ficarem firmes, retire-as com uma escumadeira e escorra-as bem
- deixe o leite arrefecer e junte-lhe a farinha maisena diluída numa pequena porção de leite e as gemas batidas com o restante açucar. Misture bem e leve ao lume. Cozinhe lentamente, mexendo sem parar, até levantar fervura
- deite o creme numa taça e coloque por cima as farófias. Polvilhe com canela e sirva mornas ou frias.

2 - Pêssegos com Creme de Baunilha

5dl de leite
1 vagem de baunilha
1 colher de sopa de farinha maisena
2 gemas
100gramas de açucar
1 lata pequena de pêssegos em calda
1 limão
8 palitos la reine
hortelã fresca q.b.
canela em pó q.b.

- ferva o leite junto com a vagem de baunilha aberta a todo o comprimento
- misture numa tigela a farinha maisena, as gemas e o açucar. Incorpore aos poucos o leite quente e 2 colheres de sopa de calda dos pêssegos. Leve de novo ao lume e junte a raspa do limão. Corte os palitos la reine aos pedaços e distribua-os por 8 tacinhas. Espalhe por cima tiras finas de pêssego e cobra com o creme
- decore com metades dos pêssegos e folhas de hortelã. Polvilhe com canela e guarde no frigorífico até servir.

3 - Papos-de-anjos

12 gemas
2 ovos
manteiga q.b.
200gramas de açucar

- bata com a batedeira as gemas e os ovos até obter uma gemada volumosa. Divida-a por forminhas lisas bem barradas com manteiga
- coza no forno moderado pré-aquecido, dentro de um tabuleiro de alumínio com o fundo coberto de água. Quando o preparado coalhar, desenforme sobre uma superfície lisa polvilhada com açucar e deixe arrefecer
- coloque os papos-de-anjo numa taça de vidro. Prepare uma calda espessa fervendo o açucar com 2dl de água. Deite-a em fio sobre os doces e deixe em repouso até a calda secar um pouco.

4 - Mousse de Manga

6 mangas maduras
5 colheres de sopa de licor de laranja
3 colheres de sopa de gelatina em pó sem sabor
350gramas de natas bem frias
6 colheres de sopa de açucar
0,5dl de sumo de laranja
2 colheres de sopa de sumo de limão

- descasque as mangas e corte a polpa aos pedaços pequenos. Misture com o licor e reserve. Hidrate a gelatina em 1dl de água morna. Passados 10 minutos leve ao lume em banho-maria, mexendo, até a gelatina dissolver. Deixe arrefecer
- bata as natas com uma batedeira e adicione aos poucos o açucar, até ficarem espessas. Junte de seguida a gelatina aos poucos, o licor e os sumos de laranja e de limão
- incorpore a polpa de manga. Deite a mistura numa taça ou em taças pequenas e guarde no frigorífico durante umas horas, ou de um dia para o outro.

5 - Sopa Dourada

125gramas de miolo de amêndoa pelada
250gramas de miolo de pão endurecido
manteiga q.b.
250gramas de açucar
uma pitada de baunilha em pó
10 gemas
canela em pó q.b.
granjeia colorida

- rale a amêndoa e reserve. Corte o pão em pequenos cubos, envolva-os em 3 colheres de sopa de manteiga amolecida e espalhe-os num tabuleiro de alumínio. Leve ao forno até alourarem, virando-os várias vezes
- deite o açucar num tacho, cubra com água e ferva até obter uma calda em ponto de pasta. Junte 2 colheres de sopa de manteiga e a baunilha, e mistura. Quando ferver, adicione os pedaços de pão. Mexa para os desfazer um pouco e retire do lume
- deixe amornar, junte as gemas pouco batidas e leve de novo ao lume, muito brando, mexendo sempre até a mistura ficar cremosa. Espalhe o doce num prato de barro ou numa travessa e polvilhe com canela. Decore com granjeia, se desejar.

6 - Pudim de Cenoura com Molho Dourado

600gramas de cenouras
sal q.b.
5 ovos
400gramas de açucar
1 limão
60gramas de farinha com fermento
manteiga para barrar a forma
Para o molho:
125gramas açucar
1,5dl de leite
manteiga q.b.

- raspe as cenouras, lave-as e coza-as em água com um pouco de sal até ficarem macias. Escorra-as muito bem, reduza-as a puré e depois passe-o por um passador de rede
- bata 3 ovos e 2 gemas com o açucar e mistura com o polme da cenoura e a raspa de limão
- sem bater, adicione a farinha alternando com as restantes 2 claras batidas em castelo. Deite o preparado numa forma barrada com manteiga, com o fundo forrado com papel vegetal barrado com manteiga. Coza em forno moderado até o pudim ficar firme
- para o molho, ferva o açucar com 1 colher de sopa de manteiga até obter ponto de caramelo claro. Adicione aos poucos o leite quente e misture até engrossar. Aromatize com gotas de sumo de limão. Desenforme o pudim, deixe arrefecer e regue com o molho dourado


Cristina Sousa

Título: Receitas de Sobremesas de Colher

Autor: Cristina Sousa (todos os textos)

Visitas: 32

769 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 3 )    recentes

  • SophiaSophia

    15-06-2014 às 18:42:02

    Adorei todas as receitas de sobremesas de colher, mas gostei muito mais e com certeza farei algum dia, o mousse de manga. Apesar de já adorar essa fruta, hummm, com mousse deve ser irresistível!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãoedvige

    06-05-2014 às 23:34:13

    experimentei e gostei, pena não haver mais receitas, variadas e internacionais .

    e se escrevessem receitas e com pequeno vídeo a completar seria perfeito. que vos parece Rua Direita?

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    07-05-2014 às 16:10:43

    Edvige, obrigada pelas considerações. A Rua Direita agradece sua sugestão, uma excelente ideia. Em breve, teremos receitas muito boas com um vídeo explicativo. Obrigada!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - Receitas de Sobremesas de Colher

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Secretária em vidro

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Mobiliário
Secretária em vidro\"Rua
A maior parte das casas tem um escritório para fazer os trabalhos relativos Á profissão ou outros. È uma divisão extremamente necessária para as pessoas se recolherem a trabalhar. Por isso o escritório deve ser um local com conforto e agradável. O ambiente torna-se extremamente importante para o recolhimento necessário e a concentração que certos trabalhos exigem. Se não se tiver no local de trabalho tem de construir-se em casa.

Em todas as profissões é útil ter uma secretária para colocar um computador portátil. Livros e outros acessórios. É uma peça de mobiliário que não se dispensa de forma nenhuma. Desde sempre que foi indispensável na escola, no escritório, na empresa. A sua funcionalidade é como a do computador que praticamente não se dispensa. Para onde se vá leva-se o computador portátil a servir de complemento.

No que diz respeito à secretária ela exige um bom material e design bonito. E de facto há secretárias muito belas desde o seu modelo ao material e design. Por exemplo uma secretária em vidro fica muito bem num escritório amplo de uma vivenda ou numa empresa particular bem decorada. Pode colocar-se também num pequeno escritório de um apartamento ou numa sala especial e decorada a gosto. Há quem prefira ter uma secretária num espaço pequeno especificamente para trabalho. Deste modo concentra-se mais nele e não pensa no que tem para fazer em casa. Ou seja, dá mais prioridade ao que eventualmente tenha que fazer numa secretária. Para além de ajudar a decorar e embelezar o espaço onde se coloca dá um certo ar de charme e gramou num ambiente. Se este for decorado com objectos bonitos de decoração e uma estante para livros dá um ar mais intelectual ao ambiente. Deste modo mais propício para o recolhimento.

Não é por acaso que muita gente prefere o seu escritório para passar as horas que dispõe no seu quotidiano ou fins – de - semana. É um local propício a pensar mais nos projectos, no trabalho e nos encargos da vida. Deste modo cada divisão da casa tem uma funcionalidade diferente e um ar distinto dos restantes.

Não quer dizer que uma secretária em vidro não fique adaptada noutro local que não seja para o trabalho de estudantes ou outros, ela pode ainda adaptar-se para embelezar ou harmonizar espaços que estejam por preencher numa casa maior ou outro local. Sem dúvida que a secretária em vidro não vai deixar mal nenhum espaço onde se coloque.

Pesquisar mais textos:

Teresa Maria Batista Gil

Título:Secretária em vidro

Autor:Teresa Maria Gil(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    20-04-2014 às 15:52:38

    Fantástico texto! A Rua Direita agradece!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios