Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > Queima do Alho: alimento do corpo e da alma do peão de boiadeiro

Queima do Alho: alimento do corpo e da alma do peão de boiadeiro

Categoria: Alimentação
Visitas: 18
Queima do Alho: alimento do corpo e da alma do peão de boiadeiro

Defensoras das antigas tradições da cultura boiadeira, as comitivas de Queima do Alho trabalham pela preservação e difusão da culinária do peão de boiadeiro. Constituídas em sua maioria por grupos de amigos que se unem num esforço coletivo em defesa de nossa cultura, elas estão cada vez mais presentes no cenário cultural caipira.
A Queima do Alho representa a culinária tradicional dos antigos peões de boiadeiros e vem conquistando espaços cada vez mais relevantes na cultural caipira com seu mais famoso e tradicional concurso sendo realizado na Festa do Peão de Barretos onde a tradição é mantida desde a década de 1950.
A comida é preparada em fogões rústicos conhecidos como trempes e seu cardápio é constituído por quatro pratos básicos: arroz carreteiro, feijão gordo, paçoca de carne e churrasco na chapa. Na apresentação de uma típica comitiva de Queima do Alho o sabor e a cultura se juntam para nos arremessar ao um passado que vive dentro da gente mesmo que não saibamos reconhecê-lo.

RECEITA para 10 pessoas:

Arroz Carreteiro

Ingredientes:
1 kg de carne-seca
1 kg de arroz
(cebola, alho, pimenta e sal a gosto)

Preparo: Durante o cozimento da carne, a água deve ser trocada duas vezes. Depois de cozida deve ser picada com uma faca até ficar parecida com carne moída (não se deve moer na máquina). Em seguida, a carne deve ser colocada numa panela grossa com banha quente e temperada com cebola, pimenta, alho picado batido e sal. Depois de tostá-la um pouco, adicione o arroz escorrido e bem lavado e refogue por algum tempo mexendo e adicionando água aos poucos durante o cozimento.

Feijão Gordo

Ingredientes:
1 kg de feijão
100 g de toucinho defumado (bacon)
250 g de linguiça de porco
250 g de torresmo de panceta,
150 g de carne seca frita (pedaços)
200 g de farinha de mandioca
(cebola, alho, pimenta, cheiro verde e sal a gosto)

Preparo: Coloque água para ferver com o feijão. Noutra panela frite um pouco de torresmo na banha. Enquanto o feijão é cozido, adicione os outros ingredientes: panceta de porco, toucinho, torresmo frito, linguiça de porco (cozida e cortada em rodelas finas), bacon, pedaços de gordura, carne seca. Para refogar, frite alho picado em banha com um pouco de pimenta do reino.

Paçoca de Carne

Ingredientes:
1kg charque picadinho (batido com faca)
½ kg de farinha de mandioca
½ kg de farinha de milho.

Preparo: coloque na panela o óleo quente, já com todo o tempero (principalmente alho picado), adicione a carne e deixe refogar por uns cinco minutos. Depois coloque a carne dentro de um pilão de madeira juntamente com a farinha de mandioca e a de milho e soque até ficar fofinha.

Carne de churrasco

Ingredientes:
3 kg de carne, água e sal.

Preparo: Fatie a carne em pedaços grossos e banhe em água com sal com um pouco de alho amassado. Deixe a carne no sereno durante a noite e no dia seguinte asse em chapa de folhão.

Queima do Alho: alimento do corpo e da alma do peão de boiadeiro


Luiz Mozzambani Neto

Título: Queima do Alho: alimento do corpo e da alma do peão de boiadeiro

Autor: Luiz Mozzambani Neto (todos os textos)

Visitas: 18

196 

Comentários - Queima do Alho: alimento do corpo e da alma do peão de boiadeiro

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como fazer disfarces de Carnaval

Ler próximo texto...

Tema: Vestuário
Como fazer disfarces de Carnaval\"Rua
O ano começa e depressa chega uma data muito ansiada principalmente pelos mais jovens: o desejado Carnaval!

Esta é uma data que os pequenos adoram e deliram com as fantasias. O problema maior é a despesa que os disfarces representam e no ano seguinte já não usarão o mesmo disfarce ou, no caso dos mais pequenos, já não lhes serve.
O melhor nesta data é mesmo reciclar e aprender a fazer disfarces caseiros utilizando truques mais económicos e materiais reciclados para preparar as fantasias dos pequenitos!

Uma sugestão para os meninos é o traje de pirata que pode facilmente ser criado a partir de peças que tenha em casa. Procure uma camisa de tamanho grande e, de preferência, de cor branca com folhos. Se não tiver uma camisa com estas características facilmente encontrará um modelo destes no guarda-vestidos de alguma familiar, talvez da avó.

Precisará de um colete preto. Na falta do colete pode utilizar um casaco preto que esteja curto, rasgue as mangas pelas costuras dos ombros. As calças devem ser velhas e pretas para poderem ser cortadas na zona das pernas para envelhecer a peça. Coloque um lenço preto ou vermelho na cabeça do menino e, de seguida, com um elástico preto e um pouco de velcro tape um dos olhos.

Para as meninas não faltam ideias originais para fazer disfarces bonitos e especiais para este dia. Uma ideia original é a fantasia de Flinstone. É muito fácil e prática de fazer e fica um disfarce muito bonito. Comece por arranjar um pedaço de tecido branco. Coloque o tecido em volta do corpo como uma toalha de banho e depois amarre num dos braços fazendo uma alça. Depois corte as pontas em ziguezague mantendo um lado mais comprido que o outro. Amarre o cabelo da menina todo no cimo da cabeça, como se estivesse a fazer um rabo-de-cavalo mas alteie-o mais. Com o auxílio de um pente frise o cabelo, pegando nas pontas e passando o pente em sentido contrário até que fique todo despenteado. Numa loja de disfarces compre um osso de plástico e prenda na fita da criança.

Pegue nos materiais, puxe pela imaginação e ponha mãos ao trabalho!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Como fazer disfarces de Carnaval

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    09-06-2014 às 04:01:21

    Não em carnaval, mas em bailes de fantasia, sempre usei o TNT. Eles são ótimos para trabalhar o corte, para costurar e deixa bem bonito!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios