Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > Prós e contras da cafeína...

Prós e contras da cafeína...

Categoria: Alimentação
Visitas: 20
Comentários: 2
Prós e contras da cafeína...

A cafeína é uma substância iminentemente “activa”. Está contemplada nos regulamentos de doping de todas as federações desportivas. Mesmo um consumo moderado de café pode “acusar” nos controlos.

O Conselho da Associação Médica dos Estados Unidos para Assuntos Científicos (American Medical Association on Scientific Affairs) sugere que se consumam até 250 mg de cafeína por dia. O café expresso é o que apresenta maior concentração (250 a 330 mg por duas chávenas de bebida). Contudo, o chamado descafeinado também não é totalmente isento de cafeína, tal como o café tradicional (denominado “café as velhas”) e o solúvel, o chá (preparado e instantâneo), o chocolate, as colas, inclusive as diet, e diversos refrigerantes.

Como vantagens do consumo de cafeína, em doses aconselháveis, podem apontar-se o estado de maior alerta, um incremento da boa disposição, uma redução da fadiga, um auxílio em termos respiratórios, em caso de asma, e um alívio das dores de cabeça. Em acréscimo, trata-se de um hábito fácil de erradicar, se nos dermos conta de que estamos a ficar excessivamente dependentes, isto, naturalmente, quando se fala de doses minimamente normais.

No outro prato da balança pesam alguns inconvenientes. A dependência da cafeína torna-se uma possibilidade depois de um extenso período de uso intensivo, após o qual, pretendendo deixar a cafeína de forma repentina, se pode sofrer de ressaca, que consta de dores de cabeça fortes e, eventualmente, depressão. Paralelamente, ela é passível de interferir com o sono, despoletando insónias. Em demasia, pode ainda provocar nervosismo, irritabilidade, ansiedade exacerbada, e, por vezes, tremura nas mãos. Por outro lado, pode fazer aumentar a tensão arterial e o ritmo cardíaco, o que constitui um hipotético input para as doenças cardiovasculares. É susceptível de desencadear, igualmente, problemas estomacais e, se tragada em grandes quantidades, diarreia. Uma vez que cria habituação, o organismo precisa de porções sempre superiores para obter um efeito semelhante, para conseguir a mesma eficácia; possui um mecanismo idêntico ao do tabaco (relativamente à nicotina), ao álcool ou às drogas. A cafeína é ainda capaz de estimular desmedidamente o organismo, causando uma libertação de adrenalina em percentagens perigosas, e, em acréscimo, levar à prática de exercício físico acima dos níveis seguros.

Do exposto, conclui-se que, se é remédio para certas situações, tem o condão de constituir um grande mal noutras tantas. Portanto, reveja e pondere o seu consumo diário de cafeína, para que não morra do mal nem da cura!



Maria Bijóias

Título: Prós e contras da cafeína...

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 20

798 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • André BelacorçaAndré Belacorça

    20-09-2012 às 21:39:39

    A cafeína não é assim tão maléfica como muita gente diz, as pessoas é que talvez não sabem a variedade de consumo. Em excesso obviamente que faz mal, mas em excesso o que não faz mal? Tudo.

    ¬ Responder
  • André João BorgesAndré João Borges

    18-01-2010 às 07:58:41

    Cara, muito boa matéria, meus parabéns...
    Deve ser por isso que sou tremulo, não sei bem, tomo muito café muito refrigerante de "cola", decerto eu sou um viciado em cafeina. :s
    Valeu ai. =D

    ¬ Responder

Comentários - Prós e contras da cafeína...

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Cães e Humanos: Amizade por interesses

Ler próximo texto...

Tema: Animais Estimação
Cães e Humanos: Amizade por interesses\"Rua
Não é de hoje que os cães são considerados nossos melhores amigos, porém como toda amizade ela não é totalmente incondicional e livre de interesses, pense bem, você pode discordar a princípio, mas analise a fundo e verá que tenho razão.

Cães convivem conosco a mais de 10mil anos, foi lá atrás na pré história que essa amizade começou, uma das mais duradouras da história. Teorias dizem que essa conexão iniciou pois ambas as espécies precisavam de algo que não possuíam e juntos se completaram.

Em plena era do gelo onde a sobrevivência estava sendo testada a todo vapor, aquele lobo considerado mais corajoso se encontrou com um homem também corajoso e resolveram unir forças, talvez não conscientemente, mas deu certo para ambos, e ali iniciava uma amizade que duraria por milênios.

Nesse estágio da nossa história, corríamos perigo de sobrevivência; faltava comida, segurança e energia ! ... E então percebemos que esses lobos simpáticos poderiam nos dar uma vantagem na corrida contra a morte, afinal eles caçavam muito bem , coisa que tínhamos dificuldade em fazer pela falta de energia naquele momento; então pensamos, eles nos ajudam a caçar, nós dividimos o alimento e em troca eles ganham segurança e afeto, e foi assim que essa amizade nos ajudou a enfrentar todos os percalços do caminho, e hoje evoluímos tanto que não precisamos mais de seus serviços e ainda sim continuam sendo nossos melhores amigos, posso dizer então que realmente é uma amizade verdadeira, que surgiu da dificuldade e interesses mas que não se deixou abalar por nada.

Então, agora quando virmos alguém maltratar esses animais, desdenhar deles dizendo que "não prestam pra nada", "não fazem nada de útil", como a galinha que põe ovos, ou a vaca que dá leite, lembremo-nos o quão útil eles foram na nossa caminhada, não só no quesito físico mas também no emocional, numa época em que as aparências não importavam e nem o QI para se fazer um amigo, bastava ser corajoso o bastante pra ultrapassar barreiras e conhecer mais o outro, do jeito que ele viesse, garanto que vantagens incríveis nascerão dessa amizade, e não pense em vantagens como algo ruim, quando digo penso em a vantagem da gente se sentir o humano mais importante do mundo quando esses seres peludos nos olham nos olhos sem pedir mais nada em troca, damos e recebemos carinho como nunca, uma retribuição silenciosa a quem sempre esteve do nosso lado, no pior e melhor momento.

O maior interesse em uma amizade é que ela dure para sempre, e acho que com os Cães conseguimos isso.

Pesquisar mais textos:

Lara Lavic

Título:Cães e Humanos: Amizade por interesses

Autor:Lara Lavic(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios