Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > Conservar Alimentos

Conservar Alimentos

Categoria: Alimentação
Conservar Alimentos

As técnicas de transformação e conservação de legumes e fruta podem ser uma forma de aproveitar o excesso de produção de alimentos, caso se cultive terras, ou uma forma de ter à disposição vegetais e fruta fora do seu período normal de maturação. Conservar significa bloquear o processo de degradação dos alimentos. Isso consegue-se através de diferentes processos:

- Utilizando ingredientes conservantes: água salgada, açucar, vinagre, sal, etc.
- Através da cozedura.
- Através da esterilização.
- Através da secagem.
- Etc.

As panelas a utilizar para cozinhar os vegetais e a fruta devem ser de aço inoxidável, porque na utilização de certos metais, como o alumínio, os ingredientes ácidos (principalmente o vinagre) podem desencadear reações químicas prejudiciais. Mas, são outros os utensílios necessários:

- Coadores de diferentes tamanhos
- Passador
- Jarro graduado
- Colheres de vários tipos
- Funil de boca larga
- Tábuas de cortar
- Facas
- Balança
- Recipientes de plástico como bacias, alguidares, etc
- Misturadora
- Centrifugadora

O vidro é o melhor material para se fazer conservas de fruta e legumes. Pois é higiénico, resistente aos micróbios no exterior, permite verificar se o produto sofreu eventuais alterações e não transmite odores nem sabor aos produtos.
É importante escolher os recipientes com a medida certa, para que, uma vez abertos, o conteúdo possa ser consumido o mais rápido possível, evitando que se deteorem em contacto com o ar. Em todo o caso, os recipientes depois de abertos devem ser conservados no frigorífico.
Os frascos e as tampas devem ser cuidadosamente lavados e limpos antes de serem utilizados. É aconselhado que sejam esterilizados em água com algumas gotas de limão ou vinagre, durante aproximadamente dez minutos, retirando eventuais partes de borracha. Posteriormente, devem ser cuidadosamente secos para que, no interior, não fique humidade que poderá fomentar o processo de fermentação e a criação de bolores. Para isso, deve-se deixa-los secar completamente ao ar ou colocá-los durante algum tempo dentro do forno morno. Caso haja vedações de borracha, estas devem ser passadas por água fria abundante, depois imersas em água morna e secas.

Conselho: Os recipientes de boca larga são aconselhados, de modo a que se possa colocar os alimentos no interior de forma mais rápida.

O local onde se deve guardar os frascos e garrafas deve garantir as condições ideais, tendo que ser suficientemente fresco, ventilado, seco e escuro.
É indispensável que sejam colocados rótulos que permitam identificar o produto e a data em que o legume ou fruta foi colocada em conserva.


Cristina Sousa

Título: Conservar Alimentos

Autor: Cristina Sousa (todos os textos)

Visitas: 0

629 

Comentários - Conservar Alimentos

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O meu instrumento musical avariou!

Ler próximo texto...

Tema: Instrumentos Musicais
O meu instrumento musical avariou!\"Rua
É inevitável que, mais cedo ou mais tarde, um instrumento musical precise de reparação.

Mesmo que conheçamos bem o nosso instrumento e o consigamos arranjar, na maioria das vezes é necessário um técnico para o fazer com a melhor das qualidades.

Eventualmente, nem será necessário existir um problema com o instrumento, poderá ser apenas uma questão de manutenção. 

No caso de uma guitarra, por exemplo, qualquer instrumentista é perfeitamente capaz de substituir uma corda partida e tirar da guitarra o mesmo som que ela tinha.

No entanto, existem reparações, seja uma amolgadela no tampo ou uma tarraxa arrancada, que convêm ser feitas por técnicos especializados.

Por norma, as próprias casas que vendem instrumentos musicais efectuam essas reparações ou são capazes de aconselhar técnicos para as fazer.

Mediante o instrumento musical em questão, a reparação ou manutenção poderá ser mais cara. É sempre mais fácil arranjar um técnico que repare um piano do que um que arranje oboés.

Apesar de ser normal cuidar do nosso instrumento musical regularmente, os percalços acontecem todos os dias. Para os contornar, há sempre alguém que nos poderá aconselhar melhor do que nós próprios.

Apesar de poder sair mais caro, temos também a certeza de que o nosso instrumento foi arranjado por especialistas no assunto.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:O meu instrumento musical avariou!

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • luiz fabiano 18-02-2012 às 15:48:28

    boa tarde amigos preciso de um cabo flex da lcd da camera g70 se aulguem tiver mande um email obrigado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios