Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > Como fazer frango grelhado com patê de picles

Como fazer frango grelhado com patê de picles

Categoria: Alimentação
Visitas: 2
Comentários: 1
Como fazer frango grelhado com patê de picles

Como fazer frango grelhado com patê de picles

Frango grelhado é um prato muito gostoso, e com picles então, fica ainda melhor. Às vezes você está retornando do trabalho e se lembra que logo mais à noite receberá convidados para o jantar, mas o tempo está curto. E agora? O mais correto seria, antes de chegar em casa, passar num supermercado para comprar filés de peito de frango, picles em conserva e os ingredientes da receita ensinada aqui. Pronto! O prato será um grelhado com patê de picles. Leve para se comer à noite. O acompanhamento pode se aquele arroz branquinho com uma salada “esperta”, ou seja, bastante variada.

Mas, agora, imagine outra situação: você está apaixonado (a) por alguém muito especial, porém, não tem aquela experiência na cozinha. Não se preocupe, pois com esta receita a conquista estará garantida. Afinal, o estômago de muita gente é o calcanhar de Aquiles, entendeu? Cozinhar é como tocar um instrumento, quanto mais se pratica, mais harmonioso e agradável é o som.

No entanto, uma nota errada aqui outra ali é comparável ao ingrediente que não combinará com determinado prato. E, certamente, o resultado final não será satisfatório. Música é arte, e culinária também. Você é o anfitrião e o artista, os convidados, a platéia para aplaudi-lo após saborear uma deliciosa refeição preparada por ti. Metáforas à parte, vamos ao que interessa.

Ingredientes
2 xícaras: picles (sem a água da conserva)
4 colheres de sopa: maionese
4 colheres de sopa: requeijão cremoso
4 colheres de sopa: creme de leite sem soro
2 dentes de alho (ou mais, se preferir)
1 cebola de cabeça
1 colher de chá: pimenta do reino branco
Sal a gosto (não esquecer que os picles já possui sal)
2 colheres: cheiro verde (salsa, coentro, cebolinha)
1 colher de gergelim (decoração do patê de picles)
1 colher de nozes ou amêndoas (picadinha)
Passo a Passo
1) Coloque no liquidificador os ingredientes, mas deixe separados alguns picles para fazer a decoração do prato. Bata tudo junto, coloque numa travessa com tampa. Guarde na geladeira.
Ingredientes do peito de frango
400 g: filé de frango
2 dentes de alho (amassados)
1 porção: pimenta do reino
3 colheres de azeite de oliva
1 colher de molho inglês
Sal a gosto

Modo de fazer
1) tempere o filé de frango com alho, a pimenta e o sal
2) mergulhe o filé no molho inglês misturado com o azeite. Deixe-os marinar por 10 minutos. Mexa-os para pegar o gosto do tempero.
3) Passados os 10 minutos, aqueça a frigideira antiaderente (ou grelha) A frigideira deverá estar bem quente.
4) coloque o filé de frango pra grelhar (aproximadamente por 5 minutos)

Dicas
Arranje uma travessa aberta. Coloque os filés já grelhados. Esparrame o patê generosamente sobre eles. Salpique o gergelim, amêndoas e nozes. Com os picles que foram reservados, decore-os a seu gosto.

Levando-se em conta tudo que foi apresentado, a receita está bem explicada. Mas é de suma importância prestar atenção no passo a passo. O uso adequado dos temperos poderá fazer a diferença no sabor. Algumas pessoas apreciam determinados pratos mais picantes, outras nem tanto. O importante é buscar a harmonia e a combinação perfeita para agradar o paladar mais exigente.
Abraço

Obs: Vendo artigos no meu blog. Preço: 10 reais


Elcias Monteiro do Nascimento

Título: Como fazer frango grelhado com patê de picles

Autor: Elcias Monteiro Nascimento (todos os textos)

Visitas: 2

602 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãoto

    09-09-2013 às 21:14:40

    me ajudou muito....obrigado

    ¬ Responder

Comentários - Como fazer frango grelhado com patê de picles

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Cães e Humanos: Amizade por interesses

Ler próximo texto...

Tema: Animais Estimação
Cães e Humanos: Amizade por interesses\"Rua
Não é de hoje que os cães são considerados nossos melhores amigos, porém como toda amizade ela não é totalmente incondicional e livre de interesses, pense bem, você pode discordar a princípio, mas analise a fundo e verá que tenho razão.

Cães convivem conosco a mais de 10mil anos, foi lá atrás na pré história que essa amizade começou, uma das mais duradouras da história. Teorias dizem que essa conexão iniciou pois ambas as espécies precisavam de algo que não possuíam e juntos se completaram.

Em plena era do gelo onde a sobrevivência estava sendo testada a todo vapor, aquele lobo considerado mais corajoso se encontrou com um homem também corajoso e resolveram unir forças, talvez não conscientemente, mas deu certo para ambos, e ali iniciava uma amizade que duraria por milênios.

Nesse estágio da nossa história, corríamos perigo de sobrevivência; faltava comida, segurança e energia ! ... E então percebemos que esses lobos simpáticos poderiam nos dar uma vantagem na corrida contra a morte, afinal eles caçavam muito bem , coisa que tínhamos dificuldade em fazer pela falta de energia naquele momento; então pensamos, eles nos ajudam a caçar, nós dividimos o alimento e em troca eles ganham segurança e afeto, e foi assim que essa amizade nos ajudou a enfrentar todos os percalços do caminho, e hoje evoluímos tanto que não precisamos mais de seus serviços e ainda sim continuam sendo nossos melhores amigos, posso dizer então que realmente é uma amizade verdadeira, que surgiu da dificuldade e interesses mas que não se deixou abalar por nada.

Então, agora quando virmos alguém maltratar esses animais, desdenhar deles dizendo que "não prestam pra nada", "não fazem nada de útil", como a galinha que põe ovos, ou a vaca que dá leite, lembremo-nos o quão útil eles foram na nossa caminhada, não só no quesito físico mas também no emocional, numa época em que as aparências não importavam e nem o QI para se fazer um amigo, bastava ser corajoso o bastante pra ultrapassar barreiras e conhecer mais o outro, do jeito que ele viesse, garanto que vantagens incríveis nascerão dessa amizade, e não pense em vantagens como algo ruim, quando digo penso em a vantagem da gente se sentir o humano mais importante do mundo quando esses seres peludos nos olham nos olhos sem pedir mais nada em troca, damos e recebemos carinho como nunca, uma retribuição silenciosa a quem sempre esteve do nosso lado, no pior e melhor momento.

O maior interesse em uma amizade é que ela dure para sempre, e acho que com os Cães conseguimos isso.

Pesquisar mais textos:

Lara Lavic

Título:Cães e Humanos: Amizade por interesses

Autor:Lara Lavic(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios